em

AmeiAmei HahahaHahaha FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

15 Benefícios do óleo de hortelã para o seu corpo e sua saúde

Saiba como esse poderoso óleo pode trazer diversas vantagens para a saúde e bem-estar
óleo de hortelã
Crédito: Freepik

O óleo de hortelã, extraído da hortelã-pimenta, vem cada vez mais sendo utilizado em tratamentos terapêuticos. Possui excelência no alívio das dores, melhora na digestão e doenças respiratórias. No entanto, os efeitos medicinais da planta já são conhecidos desde a antiguidade.

Rico em vitaminas A, C, B2 e importantes minerais como magnésio, cálcio e ferro, o óleo de hortelã tem um agradável cheiro mentolado. Por esse motivo, é também amplamente utilizado na indústria cosmética. É ainda possível encontrá-lo em forma de cápsulas, especialmente destinadas ao tratamento de doenças.

Aqui você encontra:

Benefícios para a saúde

óleo de hortelã benefícios para a saúde
Crédito: Freepik

Um detalhe interessante sobre esse óleo é que ele está na lista de plantas medicinais recomendadas pelo Ministério da Saúde para uso, tendo inclusive sua planta estudada para esse fim pelo SUS para implementação em maior escala.

Além disso, nesse mesmo arquivo do Ministério da Saúde, há a descrição de uma pesquisa, na qual constatava o poder da hortelã para o combate de parasitas. Portanto, se você quer conhecer mais sobre essa planta medicinal e quais são os benefícios que o seu óleo propicia para o corpo, vale a pena conferir abaixo.

1. Auxilia no tratamento de herpes

A herpes é uma condição muito comum e que se torna cada vez mais resistente aos medicamentos habituais vendidos em farmácias. Esse óleo é uma forma fácil, mais barata e eficaz de tratar a doença.

A substância possui um efeito antimicrobiano poderoso fundamental na recuperação. Basta aplicar uma gota diretamente na lesão, repetir o processo enquanto for necessário e aguardar os resultados.

2. Previne e trata problemas estomacais

Indigestão, gases, acidez e enjoos podem ser facilmente tratados com seu auxílio. O seu efeito antiespasmódico, fruto principalmente do magnésio, garante uma digestão mais fluida e sem sintomas negativos.

3. Possui ação analgésica e anti-inflamatória

Quem sofre com dores de cabeça, especialmente as temíveis enxaquecas, sabe que existem poucos medicamentos que realmente atenuam a dor. Além disso, a ingestão descontrolada desses remédios pode trazer mais prejuízos que benefícios. Nesse cenário, o óleo surge como herói, pois é natural e combate a dor, graças ao seu teor de vitamina B2.

Para esses casos, ele pode realmente fazer a diferença. Além de induzir o relaxamento, uma massagem com o produto na testa durante uma crise provoca o esfriamento da região e, consequentemente, o alívio da dor.

4. Tem efeito energizante

Atualmente, difícil é conhecer alguém que não esteja estressado. Há uma aceleração exarcebada que conduz à ansiedade e a grandes pressões ou ao contrário, ao desinteresse, à apatia, ao desgaste. Para ambos os casos, esse óleo essencial pode ajudar a recuperar o foco e a calma, graças à sua ação energizante. Ele também melhora a concentração por estimular as funções cognitivas.

5. Ajuda a tratar problemas respiratórios

Algumas gotas do óleo no peito são suficientes para combater tosses originadas pelos mais diversos fatores. A presença da vitamina C nesse ingrediente colabora para combater inflamações que possam ocorrer nas vias aéreas e nos brônquios e pulmões. Assim, esse óleo auxilia no combate de doenças como bronquite, sinusite e bronquiolite.

6. Fortalece o sistema imunológico

Antiviral, antibacteriano e anti-fúngico. Essas três características fazem do óleo de hortelã um composto praticamente imbatível. E, justamente por isso, ele melhora a imunidade do organismo, evitando o surgimento constante de doenças.

7. Melhora a circulação sanguínea

Um excelente vasoconstritor, o óleo de hortelã promove uma circulação sanguínea mais saudável. As consequências diretas disso são a redução de problemas como varizes, uma maior oxigenação do órgãos e estímulo do metabolismo.

8. Elimina inflamações na pele

Os efeitos calmante e anti-inflamatório do óleo de hortelã atuam não apenas nas cefaleias, já que a pele também beneficia-se disso. O produto auxilia a resolver e a tratar problemas que vão desde irritações simples e pruridos até acnes, dermatites, sarnas e micoses.

9. Auxilia no combate à depressão

O óleo é uma rica fonte de magnésio e, por isso, consegue ser um excelente agente para auxiliar no combate da depressão. Isso se deve ao fato de esse mineral auxiliar no estímulo da serotonina no organismo, hormônio ligado à felicidade.

10. Protege os olhos

Ele consegue proteger a visão devido ao teor de vitamina A presente nele, pois essa vitamina protege contra a degeneração macular e previne a formação de cataratas precocemente.

11. Alivia dores musculares

O magnésio é um mineral útil também para aliviar as dores musculares. Como o óleo dessa planta é rico nesse nutriente, ele colabora diretamente para a prevenção de espasmos musculares indesejados que possam ocorrer e para o alívio das dores.

12. Rejuvenesce a pele

Esse óleo é maravilhoso para a pele, pois é rico em vitamina C que colabora para a correta ação do colágeno que deixa a pele mais firme, saudável e é rico em vitamina B2 que também colabora para a manutenção da saúde da derme. Assim, a pele fica mais firme e protegida contra os efeitos desgastantes do tempo.

13. Previne a anemia

Por ser rica em ferro e em vitamina B2, a hortelã proporciona ao óleo um enorme poder para a fabricação e proteção dos glóbulos vermelhos. Assim, esses glóbulos conseguem transportar, em maior quantidade e com maior eficácia, o oxigênio que é essencial para diversas partes do corpo.

Devido ao fato de a anemia ser uma doença que atinge de modo primário os glóbulos vermelhos, o ferro e a vitamina B2 desse óleo, conseguem combate-la com eficácia.

14. Ajuda a evitar o mal de Alzheimer

A aplicação do óleo de hortelã previne o mal de Alzheimer e suas consequências, como a perda de memória. Isso se deve ao fato de que esse óleo é rico em vitamina B2 que é essencial para a proteção da bainha de mielina, responsável por revestir as fibras nervosas.

15. Formação óssea

Esse óleo também colabora para o fortalecimento de qualquer formação óssea presente no organismo. Isso se deve ao fato dele ser rico em vitamina A, responsável por estimular a testosterona no organismo. Portanto, a testosterona relacionada a essa vitamina contribui diretamente para a saúde da formação óssea.

Pode ser ingerido?

Sim, o óleo de hortelã é um dos poucos óleos que podem ser ingeridos sem apresentar problemas ao corpo. Assim, se você sofre com problemas gastrointestinais e respiratórios, por exemplo, ingeri-lo se apresenta como melhor solução.

É bom destacar que também existem cápsulas com esse óleo disponíveis para consumo. Desse modo, consegue-se concentrar mais os efeitos desse componente na área desejada com maior eficácia. Lembre-se sempre de consultar um especialista para saber se é o seu caso e qual dosagem seguir.

Cuidados a ter

óleo de hortelã cuidados
Crédito: Freepik

O óleo de hortelã é um produto natural, sem a presença de aditivos, de conservantes ou qualquer outro tipo de substância prejudicial à saúde. No entanto, algumas precauções são necessárias. É preciso ter noção de quantidade, se há potencial alergênico e se existem restrições ao uso.

Diluído e em baixas quantidades, ele não é tóxico e o seu uso não traz qualquer consequência negativa. Porém, pessoas que tenham tendências alérgicas ou sensibilidade a determinadas substâncias podem não tolerar bem a utilização. O elevado teor de mentol é responsável por esse possível efeito negativo. Pelo mesmo motivo, o produto não deve ser utilizado nos olhos.

O uso não é recomendado para grávidas, para mulheres em período de amamentação e para crianças menores de 6 anos. Pessoas que sofrem de doenças crônicas e que tomem medicação diariamente devem consultar um profissional de saúde antes da utilização do óleo. Isso porque ele pode interagir com o remédio e anular ou modificar a sua ação.

Como fazer óleo de hortelã

É fácil encontrá-lo em qualquer loja de aromaterapia, mas também dá para produzir o seu próprio em casa de forma simples. O único inconveniente é o tempo, uma vez que, para obter um bom resultado, é preciso aguardar pelo menos cinco dias. Confira abaixo a receita para fabricar o produto caseiro e tê-lo sempre à disposição.

Ingredientes

Hortelã-pimenta: 200 gramas;
Óleo vegetal: 250 ml.

Modo de preparo

  1. Em uma pilão, esmague boa parte das folhas de hortelã. Reserve um ramo para a próxima fase;
  2. A seguir, adicione metade do óleo vegetal e misture um pouco;
  3. Coloque a mistura em um frasco com tampa e verta o restante do óleo. Feche bem o frasco e deixe-o repousar por 3 dias;
  4. Depois do período de descanso, coe o óleo para retirar as folhas;
  5. Ponha outra vez tudo no frasco, dessa vez com as folhas de hortelã reservadas no início da receita. Deixe a mistura descansar por mais 2 dias, no mínimo;
  6. Coe novamente e coloque na embalagem que desejar, desde que seja de vidro e com tampa para conservar.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
desperdício de alimentos
Como evitar desperdício de alimentos
tratamento caseiro para eczema
Tratamento caseiro para eczema: 10 remédios para combatê-la