em

AmeiAmei

14 Sintomas de anemia que você precisa conhecer

Saiba identificar os sinais de anemia que o seu corpo dá

sintomas de anemia
Crédito: Freepik

Aquele cansaço extremo e as dores musculares que insistem em incomodar sem origem aparente podem ser sintomas de anemia. A doença se caracteriza pela fraca concentração de glóbulos vermelhos no sangue, células responsáveis pelo transporte de oxigênio no corpo. Essa deficiência tem um impacto direto na saúde. E quanto maior for essa deficiência, mais a saúde fica debilitada.

As causas da anemia são as mais variadas e podem ir desde hemorragias à carência de ferro, passando por questões hereditárias. É fundamental estar atento aos sinais dados pelo corpo e encará-los como indicadores de que é necessário procurar auxílio médico.

Quais são os sintomas de anemia

quais os sintomas de anemia
Crédito: Freepik

Os sintomas de anemia podem facilmente ser confundidos com os de outras doenças. Por esse motivo, o diagnóstico final é feito por meio de um exame de sangue. Só com esse resultado é possível identificar a causa e a intensidade da doença para, assim, o especialista fazer a prescrição do tratamento adequado.

Se identificar mais de três sinais listados abaixo, deve recorrer a um profissional de saúde para que o seu caso seja corretamente analisado.

1. Palidez

Esse é um dos sintomas de anemia mais comuns. No entanto, nem sempre é fácil identificá-lo em estágios iniciais da doença. A palidez da pele, que se estende também às mucosas, tem a ver com menor circulação de sangue pela pele, uma vez que o organismo está mais preocupado em garantir o suprimento sanguíneo dos órgãos vitais.

Outra razão possível para o mesmo efeito é a drástica redução no número de hemácias, o que acaba por tornar o sangue mais diluído. O tom naturalmente avermelhado perde um pouco da sua vivacidade e isso é visível justamente através da pele e das mucosas.

2. Unhas quebradiças

A anemia mais comum é aquela causada pela deficiência de ferro, também conhecida como anemia ferropriva. É o ferro que atua na produção das hemoglobinas. Por isso, uma quantidade insuficiente desse nutriente é sinal de desequilíbrio.

O corpo logo começa a manifestar externamente que algo está errado e uma das formas de fazer isso é por meio das unhas. Quando elas estiverem quebradiças, frágeis ou até mesmo deformadas, pode ser sintoma de anemia ferropriva.

3. Constante sensação de cansaço

O organismo não está funcionando em condições normais. Assim, precisará focar seus esforços para manter o pleno funcionamento de tudo aquilo que for “mais importante”. Por si só, isso já representa um desgate que transparecerá em forma de fadiga e de cansaço constantes.

Além disso, a falta de oxigênio suficiente para todas as células do corpo acabará por deixá-lo “a meio gás”. Dessa forma, nem todo o descanso do mundo será suficiente para acabar com esse sintoma de anemia. Vale ressaltar que, quanto mais grave for a deficiência, mais incapacitante é a fadiga.

4. Redução da capacidade de concentração

Um sintoma de anemia conduz ao outro. A concentração é facilmente comprometida pelo cansaço, o que cria um verdadeiro ciclo de baixíssima produtividade que marca o dia a dia de quem sofre com essa pertubação no organismo. É importante saber que um corpo em desequilíbrio raramente rende tanto quanto se gostaria. Para aqui, vale a máxima “corpo são, mente sã”.

5. Fraquejos e tonturas

Se as tonturas começaram a fazer parte do seu dia a dia, talvez seja a hora de procurar um médico. Este é mais um dos possíveis sintomas de anemia e que geralmente surge quando o quadro está mais agravado. Buscando compensar as falhas no fornecimento de oxigênio, o corpo pode ter pequenos apagões.

6. Dores musculares

Os músculos são facilmente afetados por uma oxigenação ineficiente. Os tecidos não recebem uma quantidade adequada da substância e o resultado é o seu mau funcionamento. As dores que surgem, sem que tenha existido qualquer esforço ou lesão prévios, são a forma que os músculos têm de mostrar que há algo errado.

7. Falta de apetite

O quadro geral de uma pessoa com sintomas de anemia é de desestímulo total, até para comer. A má circulação pode afetar também o palato e dificultar a identificação dos sabores dos alimentos. Assim, alimentar-se torna-se muito menos atrativo.

8. Dificuldades respiratórias e falta de ar

Esses são sintomas que podem ser agravados em pessoas que já tenham problemas respiratórios, como asma. Na tentativa de equilibrar a quantidade de oxigênio circulante, o corpo acelera a frequência respiratória, o que pode pode resultar em falta de ar e em outras dificuldades semelhantes.

9. Taquicardia

A taquicardia tem uma origem muito parecida com a da falta de ar, citada no item anterior, além de ser mais comum também em pacientes que já tenham algum problema cardíaco. Surge em decorrência da tentativa do organismo de suprir o déficit de oxigênio.

10. Cãibras

As cãibras são sintomas de anemia muito desagradáveis e até dolorosos. Acontecem com mais intensidade quando o corpo está em repouso. Como as células não recebem oxigênio suficiente e a circulação de sangue está comprometida, o resultado é um funcionamento anormal dos músculos. Falta de sensibilidade também é uma queixa frequente.

11. Hipotensão

A hipotensão se caracteriza pela baixa pressão do organismo, devido à grande perda de qualidade do sangue. Em casos de anemia com hipertensão, é necessário que se vá o quanto antes a um médico.

12. Queda de cabelo

A queda frequente de cabelo pode ser um dos sinais da presença de uma anemia mais severa. A pessoa que tiver isso pode monitorar a sua situação e checar se bate com os outros sintomas. Se bater, é importante marcar um exame.

13. Problemas renais

As pessoas anêmicas também podem possuir problemas renais. Porém, esse sintoma é mais presente em anemias com um grau mais severo. Desse modo, urina mais escura com certa frequência pode ser um sinal.

14. Baixa libido

Por conta da diminuição do fluxo sanguíneo, a irrigação dos órgãos sexuais fica comprometida. Isso pode levar à diminuição da potência sexual e também, como consequência da fraqueza, falta de vontade de fazer sexo.

Sintomas de anemia profunda

Quando o quadro de anemia está bem instalado, os sintomas anteriormente citados agravam-se ou tornam-se ainda mais persistentes. Um portador dessa condição está em um constante estado de exaustão e com uma aparência cada vez mais fragilizada. A queda de cabelo pode ser uma marca do período em que a situação começa a ficar mais grave.

Além dos sintomas de anemia que já existiam, podem surgir outros mais preocupantes quando a doença se tornar profunda. A hipotensão, ou seja, uma série de baixas de pressão ao longo do dia, é um sinal que merece atenção urgente. Se a anemia for confirmada, o paciente pode precisar até mesmo de transfusões de sangue.

Entre os outros sintomas de anemia profunda que podem surgir estão também problemas renais, muitas vezes identificados por meio da produção de urina escura, e dores abdominais agudas. Nessas situações, uma intervenção médica deve ser realizada o mais rápido possível.

Sintomas de anemia em crianças

sintomas de anemia em crianças
Crédito: Freepik

As crianças também podem sofrer com sintomas de anemia. Alguns deles são muito semelhantes aos dos adultos. O primeiro que acende o sinal de alerta nos pais é a apatia. Como são seres naturalmente cheios de energia, é de desconfiar quando passam a ficar mais quietos, sem vontade de participar nas brincadeiras ou sempre com “preguiça”.

A pele e as mucosas também podem assumir um tom mais pálido ou amarelado. Há falta de apetite, o que deixa muitos pais de cabelo em pé. Em estágios mais avançados dessa condição, as crianças podem ter dificuldades de aprendizagem.

A anemia mais frequentemente detectada tanto nas crianças quanto nos adultos é a ferropriva. Esse tipo ainda é o que pode ser mais facilmente tratada e prevenida. Uma alimentação equilibrada, rica em alimentos que contenham ferro ou que favoreçam a sua absorção, como carnes, feijão e vegetais verdes, é a chave para a cura. Investir em sucos para anemia pode ser a saída para crianças com dificuldade de aceitar vegetais.

O seu especialista poderá também recomendar alguns complementos nutricionais, em forma de medicamento, que deverá tomar segundo a orientação do médico.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

5 Malefícios do açaí

bolo de banana integral

Bolo de banana integral: as melhores receitas para fazer e provar