catarata
Crédito: Pixabay
em

Catarata: o que é, quais os tipos e principais sintomas

A catarata pode ser caracterizada por uma película ou mancha branca nos olhos, dificultando a visão

O nossos olhos possuem uma lente natural transparente chamada cristalino. Sua função é focar os raios de luz que entram na retina para formar as imagens que enxergamos. Mas quando o cristalino começa a ficar opaco, com uma mancha esbranquiçada, é sinal de que foi acometido pela catarata. Ela atrapalha a sua função de focar os raios de luz e pessoa começa a ter distúrbios da visão.

O surgimento da catarata acontece quando há um acúmulo de proteínas na região, formando a camada espessa. Veja as causas, a seguir.

Tipos de catarata

catarata
Crédito: Oftálmica

A catarata é sempre a mesma, mas pode acontecer por vários motivos, desde o nascimento até a terceira idade. Sua intensidade também é diferente, conforme o caso. Basicamente existem 4 tipos:

1. Congênita

Quando a criança nasce com a doença ou desenvolve nos primeiros seis meses de vida. Pode ocorrer em um ou nos dois olhos.

2. Adquirida

Esse tipo de catarata acontece ao longo da vida, seja como consequência de uma doença ou da idade. Sendo assim, ela é dividida entre:

  • Senil (pessoas acima de 65 anos);
  • Diabética (causada por medicamentos);
  • De ordem traumática (após um acidente que afetou o olho).

3. Incipiente

De baixo grau, que não oferece risco à visão nem necessidade de cirurgia, a menos que evolua para o nível madura ou hipermadura.

4. Espacial

Tem esse nome porque as características variam conforme a parte do olho afetada. Pode ser dividida entre:

  • Subcapsular;
  • Nuclear;
  • Cortical.

Causas e fatores de risco

catarata
Crédito: Hospital Ernesto Dornelles

O surgimento da catarata acontece quando há um acúmulo de proteínas na região, formando a camada espessa. Quando se fala em catarata congênita, as causas são as infecções, doenças genéticas ou reações alérgicas severas.

No caso da catarata adquirida, os fatores de risco são diabetes, pressão alta, excesso de radiação solar, tabagismo, obesidade, abuso de álcool, outros problemas oculares, terapia de reposição hormonal, uso de corticoides e outros medicamentos.

Aprenda como cuidar da saúde dos olhos

Sintomas

A catarata começa pequena e discreta, mas com o tempo vai crescendo e começando a ter sintomas.

  • A visão começa a embaçar e perder o foco;
  • As cores perdem a intensidade;
  • O excesso de lux atrapalha para enxergar;
  • Os óculos param de funcionar e precisa trocar com mais frequência;
  • Existe a dificuldade em realizar tarefas do dia a dia (dificuldade de enxergar).

Tem cura?

A catarata tem cura através da cirurgia de retirada do cristalino doente e a colocação de uma lente substituta. Mesmo assim o ideal é procurar um médico antes que o caso se agrave e atrapalhe a visão.

Tratamentos

catarata
Crédito: Medium

Após o diagnóstico do tipo, entre os já mencionados acima, o médico poderá orientar o paciente para usar óculos e manter a saúde ocular, sem necessidade imediata de operação.

Em outros casos, quando a catarata atrapalha a rotina, é feita uma rápida cirurgia e em menos de uma hora o paciente está livre do problema, é claro, se mantiver todos os cuidados pós-operatórios. Depois de operada, a catarata não volta mais.

Conheça alguns tratamentos naturais para prevenir catarata

Prevenção

Considerando os fatores de risco, a catarata pode ser prevenida ou pode-se evitar seu desenvolvimento mantendo uma rotina saudável, com alimentação balanceada, exercício físico e visitando seu médico anualmente para fazer um checkup.

Evitar a exposição solar excessiva, utilizar óculos de proteção em atividades que requeiram seu uso, evitar esfregar os olhos, principalmente em crises alérgicas também pode ajudar a evitar o desenvolvimento da doença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

óleos essenciais para sinusite

Os 10 melhores óleos essenciais para sinusite e como usá-los

tragedias de 2019

Tragédias de 2019: o que pensam religiosos e esotéricos