em

Plantas medicinais de A a Z: o guia completo e definitivo

Conheça 33 plantas com propriedades medicinais para você conhecer e usar para diversos fins
plantas medicinais
Crédito: Pixabay

Antigamente, antes do desenvolvimento da medicina que há hoje e da criação dos medicamentos sintéticos (feitos em laboratório), todas as tribos e sociedades do mundo utilizavam as plantas medicinais para tratar doenças e ferimentos.

Aliás, é a partir dessas plantas medicinais que os remédios são criados nos laboratórios, o que prova que elas ainda são essenciais para a manutenção da nossa saúde. Então, para que você conheça um pouco mais sobre o assunto, fizemos uma lista com plantas medicinais de A a Z.

O que são plantas medicinais?

As plantas medicinais são aquelas que fornecem benefícios para a saúde do organismo através dos seus princípios ativos (combinações químicas). Elas podem participar de tratamentos médicos ou mesmo promover a cura sozinhas.

Elas podem ser desde ervas a árvores frutíferas. Cada uma exerce seu papel na natureza e no corpo humano. As formas mais comuns e naturais de consumo são por infusão (chá) e compressa.

Para que servem?

Cada uma das plantas medicinais possui diferentes qualidades que auxiliam no melhor funcionamento de um ou mais sistemas do corpo. Elas podem ser diuréticas, digestivas, desintoxicantes, emagrecedoras, calmantes, anti-inflamatórias, antissépticas e muito mais.

O importante é saber utilizar cada uma com muita cautela, pois mesmo sendo plantas, quando ingeridas de forma errada, em excesso ou por pessoas alérgicas, podem causar efeitos colaterais desagradáveis e até perigosos.

Tenha sempre o cuidado de consultar um médico e conhecer seu organismo para fazer uso de plantas que realmente vão lhe beneficiar.

Plantas medicinais de A a Z

Seria impossível listar todas as plantas medicinais já catalogadas, pois são milhões. Aqui estão só algumas, numa sequência de A a Z para que você conheça e escolha quais cultivar na sua casa ou comprar pronta para consumo em farmácias e lojas especializadas.

1. Acácia negra

Tradicional no nordeste brasileiro, essa planta é um excelente remédio natural. O seu uso é muito eficaz para o combate da asma, além de ser um adstringente natural.

2. Açoita cavalo

Entre as plantas medicinais, ela é utilizada em banhos e é poderosa no combate às hemorragias, artrite e reumatismo. Sua folha também pode ajudar a combater inflamações.

3. Alcachofra

Essa planta é recomendada para tratamento de psoríase, problemas do fígado, hemorroidas, bronquite, anemia, erupções na pele, colesterol e bronquite. A alcachofra pode ser utilizada por diabéticos, é diurética e por isso também auxilia na saúde do trato urinário e na redução do ácido úrico.

4. Alecrim

O alecrim é medicinal, além de ser uma excelente opção para temperos, chás e até para a fabricação de sabonetes. É eficaz para o sistema digestivo, para fortalecer a imunidade e também para a memória.

5. Babosa

Existem diferentes tipos de babosa e eles servem para fazer sabonetes, xampus, tratar varizes, hidratar a pele e os cabelos. É uma planta muito poderosa e multifuncional.

6. Boldo

Muito popular para o alívio de problemas estomacais, o boldo também estimula as funções do fígado (produção de bílis), a produção de saliva, alivia cólicas, gases, cistite, dor de cabeça e ajuda a limpar o sangue. Ajuda a desinchar, é antibacteriano, antisséptico, estimulante, sedativo e vermífugo.

7. Cagaita

Essa planta é originária do cerrado e é eficaz contra diarreias, além de possuir efeito diurético e adstringente.

8. Camu-camu

Essa frutinha brasileira é a mais rica fonte de vitamina C do mundo. Ela possui 100 vezes mais vitamina C que o limão, 10 vezes mais ferro e 50% mais fósforo que a laranja.

Os ácidos cítricos da vitamina C são poderosos antioxidantes que ajudam a eliminar os radicais livres e permitir que as células do corpo estejam sempre se renovando, mantendo o organismo fortalecido.

9. Carqueja

A carqueja é uma planta muito popular, possuindo diversas propriedades, como o controle da ansiedade e do desequilíbrio do sistema nervoso, incluindo o esgotamento emocional e a insônia.

Além disso, o seu uso na área externa do corpo é recomendado para cicatrização de ferimentos, devido a suas propriedades.

10. Cipó mil homens

Essa planta é excelente para problemas internos, sendo muito utilizada em chás ou compressas com argila. Foi batizada pelo sanitarista Carlos Chagas, que a usou para tratar vários operários contaminados por um tipo de malária. Seu uso de ser feito com muito cuidado e sob recomendação médica, pois ele pode ser bastante tóxico.

11. Damiana

Possui ação bem variada no organismo: é afrodisíaca, diurética, estimulante, laxante e antisséptica. Pode fazer parte do tratamento do alcoolismo, da anorexia, asma, cistite, bronquite, depressão, reumatismo e várias outras doenças, mas é contraindicada para gestantes, lactantes e pessoas com hipoglicemia.

12. Erva-doce

Muito popular, a erva-doce é consumida muitas vezes por ter um sabor agradável, não necessariamente para tratar algum problema de saúde. Ao mesmo tempo, ela é ótima para problemas gástricos, lactação, enxaquecas de origem digestiva, cólica de crianças, asma e bronquite, além de ser benéfica para aliviar gases e os efeitos da TPM.

13. Fucus

Fucus é uma alga utilizada para o tratamento de asma e problemas de pele. Ela estimula as glândulas tireoide, é diurética e auxilia no tratamento da obesidade. Por ativar o metabolismo também melhora o trânsito intestinal. Não é recomendada por quem tem sensibilidade ao iodo, problemas cardíacos, hipertireoidismo, gestantes e lactantes.

14. Garcínia

Essa planta é excelente para combater a obesidade. Isso porque ela aumenta o metabolismo de quem possui essa doença. Por isso, é um excelente complemento para uma dieta de reabilitação.

15. Gervão

Essa planta medicinal possui efeitos poderosíssimos contra diversas enfermidades. Ele previne e combate úlceras, problemas hepáticos, parasitoses e bronquite. Por isso, é considerada uma planta multifuncional.

16. Ginkgo biloba

É uma árvore muito antiga, mencionada nas escrituras orientais de 2.800 a.C. e considerada sagrada.

Como planta medicinal ela é um poderoso antioxidante das células, estimula a circulação e o controle de plaquetas no sangue e é recomendada para aliviar sintomas de tontura, zumbido no ouvido, artrite e cansaço nas pernas.

17. Hibisco

Essa planta é muito popular. Suas “estrelas” são vendidas sozinhas ou junto de outras especiarias prontas para fazer infusão. Como planta medicinal, o hibisco ajuda na digestão, é calmante e diurético. Age também como anti-inflamatório, reduz a pressão alta, é antioxidante, auxilia nas dietas de emagrecimento e no tratamento de problemas respiratórios.

18. Ipê roxo

Essa planta é considerada um antibiótico natural, tem ação analgésica e anticoagulante. É utilizado no tratamento de problemas respiratórios, estomacais, de pele, sífilis e até de determinados tumores. Suas propriedades medicinais encontram-se na casca da árvore.

19. Jasmim

Conhecida como flor ornamental, a jasmim também é uma planta medicinal que ajuda a aliviar o estresse, a ansiedade e acalma os nervos e favorece o sono. Como consequência, alivia dores de cabeça e reduz a tensão nervosa. Em forma de compressa é utilizada para conjuntivite e problemas de pele.

20. Kava-kava

O uso medicinal da kava-kava é feito há mais de 3 mil anos. Ela oferece efeitos sedativos e relaxantes, parecidos com o da jasmim. Seus princípios ativos (kavalactonas) atuam no relaxamento dos músculos e ela também melhora enxaqueca, sintomas de reumatismo e resfriado.

21. Linhaça

A linhaça tem sido muito usada como ingrediente de receitas saudáveis e não é para menos: ela ajuda a prevenir e reduzir sintomas da menopausa, pois suas lignanas auxiliam no equilíbrio hormonal. O óleo de linhaça é rica fonte de ômega-3, 6, 9 e vitamina E, essenciais para o fortalecimento do sistema imunológico.

22. Macela

A macela é utilizada por seu efeito calmante, analgésico e sedativo. Atua no alívio de cólica, problemas digestivos, do pâncreas, da vesícula, náuseas e distúrbios menstruais, além de reumatismo e dores musculares. Alguns estudos mostram que a planta pode ter ação antiviral, antitumoral e estimulante do sistema imunológico.

23. Nogueira

A árvore nogueira é a produtora das nozes. Seu chá tem efeito sobre problemas de útero, ovários, bexiga, anemia, diabetes, gota e hemorroidas, além de ser vermífuga, calmante e afrodisíaca. Em forma de compressa ajuda a tratar erupções na pele e outras feridas.

24. Oliveira

A oliveira é a árvore que produz a azeitona, uma das mais antigas de que se tem registro. Suas folhas contêm muitos antioxidantes, magnésio, potássio, fósforo, manganês, zinco, cobre e selênio, todos importantes para o funcionamento de diferentes sistemas do corpo. Possui efeito termogênico que acelera o metabolismo e estimula o emagrecimento.

25. Physalis

Conhecida pela sua fruta, a physalis fornece uma rica quantidade de vitamina A, C, ferro e fósforo. Ela ajuda a purificar o sangue, fortalece o sistema imunológico, reduz o colesterol e alivia dor de garganta. Além do fruto, também consome-se as folhas e raízes da planta para diabetes, reumatismo, problemas de bexiga, rins e fígado.

26. Quebra pedra

O chá de quebra pedra é recomendado por ter ação diurética, atuar no controle da glicemia e como antibactericida. Também ajuda na eliminação de pedra nos rins, ácido úrico e desobstrução da uretra. Não é recomendado para gestantes.

27. Romã

Outra árvore conhecida pela sua fruta é a romã. O chá das folhas é recomendado para desinflamar a garganta, aliviar cólica e eliminar parasitas. A romã é muito antiga, mencionada na Bíblia, e antigamente também era usada como afrodisíaco, consagrada à Afrodite, deusa da fertilidade.

28. Sálvia

A sálvia tem ação antisséptica, estimulante, fungicida e adstringente, além de poder ser usada como desodorante por reter o suor e eliminar bactérias que causam o mau odor. Para sinusite é recomendado cheirar suas folhas.

O chá auxilia na digestão, inflamação e dores na boca e garganta, além do controle da diabetes e sintomas da menopausa. Não é recomendada na gestação e lactação.

29. Tília

A tília é um planta que oferece efeito descongestionante, sudorífico e relaxante. É recomendada para aliviar febre, bronquite, resfriado, tosse e dor de estômago. Também ajuda no alívio de dor de cabeça e tensão nervosa. Tanto a flor quanto a casca da árvore oferecem ação levemente vasodilatadora.

30. Unha-de-gato

Essa planta é recomendada para aliviar sintomas de problemas reumáticos, como artrite, além de herpes, gastrite, problemas intestinais e ação anti-inflamatória para gripe. A unha-de-gato fortalece o sistema imunológico e com recomendação médica pode entrar no tratamento de tumores.

21. Valeriana

Essa planta milenar atua sobre a ansiedade e desequilíbrio do sistema nervoso, que envolve o esgotamento emocional e a insônia. Costuma ser benéfica para pessoas hiperativas e também é usada como sedativo natural. Todo o seu efeito está ligado a essas causas e seu uso tópico (externo) é recomendado para cicatrização de ferimentos.

32. Yacón

Planta originária dos Andes, é recomendada para tratar colesterol alto e diabetes. Possui efeito antioxidante e melhora o funcionamento do intestino. Sua principal utilidade é para o controle de açúcar no sangue.

33. Zimbro

As bagas do zimbro contêm glicose e também são depurativas, ou seja, ajudam na limpeza dos rins, eliminando os líquidos que o corpo não precisa, inclusive o ácido úrico. Pode atuar no tratamento de insuficiência renal, bronquite crônica, reumatismo e psoríase. Não é recomendado para gestantes.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Fonte: Guia das Plantas Medicinais

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
mulher deixa criança na porta de estranhos
Polícia esclarece história da mulher que deixou criança na porta de estranhos
banho diario ajuda a combater a depressao
Por que o banho diário ajuda a combater a depressão?