em

AmeiAmei HahahaHahaha FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

Asma pode matar, sim ou não?

Perceber os sinais da doença e saber o que fazer numa crise pode salvar vidas
Crédito: Freepik

Quando você respira é possível ouvir um chiado em seu peito? Você sente falta de ar e precisa do auxílio de aparelhos para se sentir melhor? A asma pode matar e é importante saber que esses são alguns dos seus sintomas.

Essa doença respiratória atinge cerca de 40 milhões de pessoas só no Brasil. De acordo com o pneumologista e professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Mauro Gomes, o nome correto da asma é asma brônquica e por isso é normal que seja confundida com a bronquite. “Não se trata da mesma doença e é muito importante que os pacientes compreendam as especificidades de cada uma para que seja possível encontrar os tratamentos e medicamentos adequados”, afirma ele.

O que é a asma?

Seu desenvolvimento geralmente está associado a distúrbios genéticos. Ela é uma doença inflamatória das vias aéreas que prejudica a entrada e saída de ar dos pulmões, por isso seu principal sintoma é o chiado respiratório.

asma pode matar como
Crédito: Dr. Pereira.com.br

De acordo com o especialista, a maioria das pessoas só realiza o tratamento durante as crises, mas ele explica que, realizando um tratamento correto, é possível evitar as crises e ter uma vida normal.

O problema é que existem 5 graus da enfermidade e, em casos mais graves, é necessário desembolsar até R$ 6 mil por mês em medicamentos, que não são oferecidos para a população gratuitamente.

Pesquisadores da doença afirmam que praticar esportes como basquete, futebol ou qualquer atividade constante aumenta o condicionamento físico e melhora a qualidade respiratória.

Veja também: como fortalecer o coração com exercícios e alimentação.

Crise de asma pode matar?

Sim, crise de asma pode matar!

A crise pode impedir a passagem do ar pelas vias aéreas superiores, fazendo com que falte oxigênio em funções vitais, levando assim a óbito. O ideal é que o paciente seja levado logo para um hospital, pois pode ser necessária a utilização de aparelhos específicos para respiração. A negligência com a asma pode matar.

O ideal é não deixar chegar ao ponto de se estabelecer a crise, pois ela dá diversos sinais. Saiba perceber quando uma está se aproximando:

  • Sentir falta de ar, chiado no peito e muito cansaço por pelo menos duas vezes na semana, mesmo que não sejam dias consecutivos;
  • Acordar no meio da noite sem ar ou com um susto que te deixe ofegante (pode ter sido somente a falta de ar);
  • Ter que usar medicamentos mais fortes ao menos duas vezes em uma semana, para aliviar alguns sintomas;
  • Deixar de realizar algumas atividades por excesso de cansaço.

Estes são sinais da chegada da crise, sendo a hora de começar a buscar tratamento, que pode ser realizado de forma natural, com o acompanhamento médico.

Como?

O excesso de secreção acaba fechando as passagens, fazendo com que o ar não consiga chegar nos pulmões, consequentemente faltando oxigênio para as células e suas funções vitais.

Como uma forma de tentar contornar, o corpo produz a tosse excessiva, o peito fica chiando e ocorre uma terrível falta de ar, como se os pulmões tentassem de todas as formas tomar ar, sem conseguir, podendo causar dores no peito e nas costas.

O que fazer em caso de crise de asma?

É fundamental manter a calma e acalmar quem está sofrendo a crise, dessa forma, siga os seguintes passos:

  1. Sente a pessoa em uma cadeira, em frente a uma mesa ou outro local mais elevado, onde possa apoiar os braços;
  2. Incline o corpo dela para a frente e faça com que ela apoie os cotovelos e antebraços na mesa;
  3. Converse calmamente com ela, para tranquilizar e não agravar o quadro;
  4. Caso ela tenha, a ajude a usar a bombinha;
  5. Se não notar melhora e se ela estiver com os lábios e as unhas roxas, chame imediatamente uma ambulância;
  6. Se ela perder a consciência, coloque-a em uma posição de segurança;
  7. Em caso de parada cardíaca, se você tiver experiência, faça a massagem, caso contrário, siga as instruções dos médicos responsáveis pela ambulância enviada, que devem estar com você ao telefone.

Veja melhor essas técnicas no vídeo abaixo:

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
5 Alimentos a evitar por quem tem asma
amendoim faz mal sim ou não
Amendoim faz mal, sim ou não?