frutas exóticas
Crédito: Pixabay
em

Frutas exóticas do Brasil: conheça 8 variedades para experimentar

No Brasil há frutas de todas as partes do mundo, várias delas, conhecidas por poucos

A população brasileira tem o privilégio de estar cercada pela Floresta Amazônica e Mata Atlântica onde é possível encontrar uma grande variedade de frutas exóticas, pouco conhecidas em vários estados e totalmente desconhecidas em algumas partes do mundo. Será que você conhece algumas delas? Veja essa seleção e experimente quando tiver a oportunidade.

Conheça também as frutas do Cerrado para experimentar

8 Frutas exóticas

Frutas exóticas são aquelas consideradas diferentes do comum, desconhecidas por muita gente. Algumas apresentadas a seguir são nativas do Brasil, mas também há outras que foram plantadas em terras brasileiras por estrangeiros e acabaram se adaptando bem ao clima, mas continuam sendo diferentes aos olhos de muitos. Aproveite para conhecer os benefícios de algumas delas.

1. Longan

frutas exóticas tipo longan
Crédito: Divulgação

Essa é uma das frutas exóticas que precisa ser mencionada, pois é facilmente confundida com a pitomba, nativa da Mata Atlântica. O nome científico da Longan é Dimocarpus longan e ela é nativa da China e da Tailândia, pouco encontrada no Brasil.

Seu sabor é adocicado e seus benefícios à saúde estão relacionados ao fortalecimento do sistema imunológico, à produção de glóbulos vermelhos, à cicatrização e ao fornecimento de ferro, potássio, vitaminas A, B e C.

2. Mangostão

frutas exóticas tipo mangostão
Crédito: Divulgação

Essa é outra fruta bastante comum na Ásia e também na África, de nome científico Garcinia mangostana, mas como é uma planta tropical, está sendo cultivada em algumas partes do Brasil com alto valor agregado.

Seus benefícios à saúde são muitos, pois é uma fruta rica em fibras, com muita vitamina C, do complexo B, cálcio, magnésio, sódio e fósforo. É um ótimo antioxidante, tem efeito contra o câncer, é anti-inflamatória, protege o coração e fortalece o sistema imunológico.

3. Rambutão

frutas exóticas tipo rambutão
Crédito: Divulgação

De nome científico Nephelium lappaceum, a parte da polpa do rambutão tem certa semelhança com a longan, também originária da Tailândia. Na década de 1980 foi inserida na Amazônia e é encontrada no Acre, Roraima, Pará, Bahia e Rondônia. A polpa é bem carnuda e suculenta, adocicada e levemente ácida.

Essa fruta tem vitamina C essencial para o sistema imunológico, vitamina B6 (ácido fólico) essencial para o cérebro, minerais, proteínas, além da propriedade antifúngica e de redução do colesterol alto.

4. Tamarilho

frutas exóticas tipo tamarilho
Crédito: Divulgação

A planta que dá a fruta tamarilho, de nome científico Solanum betaceum, é originária da Bolívia, Equador, Colômbia, Chile e Peru, onde o clima é subtropical, como em várias partes do Brasil. O fruto tem um formato oval, casca fina, dentro há várias sementes duras presas em uma polpa gelatinosa que tem uma semelhança com o tomate.

As cores podem ser amarelo, laranja, vermelho ou roxo. É rico em fibras, vitamina A, B6 e C, além de fornecer cálcio, ferro, potássio, magnésio e fósforo.

5. Banana-de-macaco

frutas exóticas banana-de-macaco
Crédito: Divulgação

Essa é uma fruta que se encontra com mais facilidade em Goiás, Bahia, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina e Paraná, pois faz parte do bioma do cerrado brasileiro.

O seu sabor é adocicado, mas tem pouca polpa comestível. Há quem conheça por pixiricum que em tupi significa “fruta com forma de dedos que se abre”.

6. Cambuci

frutas exóticas tipo cambuci
Crédito: Divulgação

Nativa da Mata Atlântica, essa fruta de nome científico Campomanesia phaea é rica em fibras, cálcio, fósforo, sódio, potássio, magnésio, betacaroteno, atuando no organismo como antioxidante, adstringente, fortalece o sistema imunológico e trata problemas respiratórios.

Tem sabor ácido e fresco, por isso a fruta é muito usada para fazer suco, conservas, compotas e também usada como condimento em pratos salgados.

7. Mandacaru

frutas exóticas tipo mandacaru
Crédito: Divulgação

O mandacaru é uma planta nativa do Brasil, de nome científico Cereus jamacaru, encontrada principalmente no Nordeste, mas é encontrada em outros estado também. A planta tem formato de cacto e sua fruta tem o interior semelhante à pitaya.

Tem muitas propriedades medicinais, como no tratamento de bronquite, prisão de ventre e desidratação. A polpa da fruta é rica em cálcio, fósforo e magnésio com eficiência também no combate a bactérias e vermes.

8. Pitaya

frutas exóticas tipo pitaya
Crédito: Divulgação

Essa fruta está se popularizando no Brasil, embora sua origem seja mexicana e de outros pontos da América Central. Em São Paulo, Minas Gerais, Bahia e Paraná já há o seu cultivo para atender à demanda brasileira.

O tipo mais comum tem a casca rosa com polpa branca cheia de sementinhas pretas, mas também é encontrada com casca e polpa rosa ou com casca amarela e polpa branca. É uma fruta pouco calórica, com muitos antioxidantes, fibras, vitamina C e zinco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

vinagre nas unhas benefícios

Vinagre nas unhas: descubra quais são os benefícios e como usá-lo

lasanha de frigideira

7 Receitas de lasanha de frigideira