em

10 dicas para fazer a dieta funcionar de uma vez por todas

Saiba quais são as medidas necessárias para que a sua dieta seja realmente eficaz
dieta funcionar
Crédito: Freepik

Você já deve ter percebido o quanto é cansativo se disciplinar em uma dieta e não obter resultados desejáveis. Para reverter esse cenário, você aprenderá técnicas práticas e eficazes para fazer a dieta funcionar e finalmente conseguir obter os resultados que deseja.

Como fazer a dieta funcionar melhor

dieta funcionar
Crédito: Top Santé

Existem algumas técnicas que as pessoas não conhecem que facilitam e otimizam os resultados de maneira exponencial. Essas técnicas não são dicas “milagrosas” e sensacionalistas que você pode encontrar em qualquer lugar, mas métodos certificados pela área da nutrição.

1. Comer de 3 em 3 horas

Nada de dietas malucas em que você fica sem comer por muito tempo. Nessas dietas, o resultado imediato é maravilhoso em relação à perda dos quilinhos extras, mas depois de um tempo, o peso volta ao normal.

Por outro lado, não adianta ingerir alimentos toda hora. Afinal, desse modo você sempre se manterá o superavit calórico. Termo referente ao excedente de calorias necessárias para um dia.

Aprenda os melhores truques para sentir menos fome na dieta

2. Coma proteínas e fibras

As fibras promovem a saciedade, além de organizar o sistema digestório. Já as proteínas são responsáveis por estimular os níveis de serotonina, controlando a ansiedade e o desejo de ingestão de açúcar, fazendo a dieta funcionar.

Isso não quer dizer que você necessite aplicar uma das dietas da moda, como por exemplo a Dukan. Ela predomina o consumo de proteína e despreza o consumo de carboidratos e lipídios.

De acordo com a cartilha produzida pela Universidade Federal de Minas Gerais e o Ministério da Saúde, para os profissionais da saúde, sobre nutrição e alimentação, a dieta Dukan não funciona. Cerca de 75% das pessoas observadas voltaram ao peso original.

3. Consuma muita água

por que beber água para melhorar saúde
Crédito: Freepik

Muitas pessoas possuem a sensação que estão perdendo peso. Porém, essa sensação se trata de desidratação do organismo, um  emagrecimento não saudável e ineficaz. Além disso, o consumo de água consegue estimular a saciedade e reduzir a vontade frequente de comer. Muitas pessoas confundem sede com fome.

4. Coma normalmente no jantar

Sim, comer com regularidade é uma das formas da dieta funcionar. Nada de comer muito durante o dia e quase nada à noite. Esse processo é apenas desgastante para o seu organismo.

O emagrecimento se dá pelo deficit calórico no decorrer do dia. Assim, comer mais ou menos de noite não importa, desde que você se mantenha essa meta.

Porém, prefira alimentos ricos em fibras e proteínas, pois a metabolização do organismo durante a noite é mais lenta. Essa metabolização mais lenta faz com que se você comer demais, tenha dificuldades na hora de dormir.

5. Comece suas refeições pela salada

Antes do almoço ou do jantar, você pode optar por comer uma porção de salada (veja algumas receitas de saladas). Por serem ricas em fibras, ajudam a promover a saciedade, além de dispor diversas vitaminas e minerais essenciais para o funcionamento do corpo.

Portanto, o consumo antes de uma grande refeição faz com que você sinta-se com menos fome e sem a necessidade de ingerir alimentos ricos em carboidratos simples, como arroz e macarrão, responsáveis pelo ganho de peso.

6. Opte por carboidratos complexos

receitas com inhame
Crédito: Wikimedia Commons

Talvez você tenha a mania de comer muito pão em cafés ou lanches, mas saiba que existem substitutos mais baratos e saudáveis do que o pão para essas refeições.

A sugestão é que se substitua o pão por batata-doce, mandioca, inhame ou aveia. A semelhança entre todos esses alimentos é que todos eles são ricos em carboidratos complexos e geram saciedade no organismo.

Aprenda como substituir carboidratos no cardápio para emagrecer

7. Leia o valor nutricional

Aprender a ler a tabela nutricional é um dos pontos mais importantes para o emagrecimento. Afinal, sabendo disso, você já poderá separar desde o mercado, alimentos que irão contribuir para o seu emagrecimento ou não.

Normalmente os produtos possuem o valor médio para cada 100 gramas do alimento em questão. São valores de nutrientes como  proteínas, fibras, carboidratos e gorduras totais. Você também poderá saber se o alimento possui glúten ou não.

Veja como identificar alimentos transgênicos

8. Utilize uma balança para alimentos

Esse tipo de balança é essencial para se controlar bem o quanto você está consumindo. Com ela poderá regular a quantidade de nutrientes ingerida, conforme a quantidade de cada alimento específico colocado no prato.

9. Pratique exercícios mistos

Crédito: Freepik

Se você quer fazer a dieta funcionar de verdade precisa fazer alguma atividade física. A prática desses exercícios estimula a queima de calorias em excesso e o ganho de massa magra. Procure intercalar exercícios aeróbicos com exercícios de definição muscular.

Conheça um Guia Prático de alimentação e informações para quem pratica exercícios

10. Anote o seu progresso

Verifique o seu peso com frequência e utilize a fita métrica para medir a cintura. Anote os seus resultados em um caderninho ou planilha para acompanhar o seu desempenho. Vale destacar que é normal que hajam oscilações, por conta do consumo de água.

Gostou dessas dicas para fazer a dieta funcionar de vez? Compartilhe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
usar pimenta rosa
6 Benefícios da pimenta rosa à saúde
grãos integrais
Os benefícios dos grãos integrais à saúde