em

AmeiAmei HahahaHahaha FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

Fibromialgia: o que é e como tratar?

Essa é uma doença ainda misteriosa, mas há muita pesquisa científica acontecendo para tentar desvendá-la
fibromialgia
Crédito: Freepik

A fibromialgia é uma síndrome que provoca dores constantes e espalhadas pelo corpo, principalmente em músculos e tendões. Geralmente são acompanhadas de cansaço, exaustão, insônia, ansiedade e depressão. Porém, nem todos os pacientes possuem essas manifestações.

No Brasil, a Sociedade Brasileira de Reumatologia estima que a doença afeta cerca de 3% da população, sendo a maior parte mulheres entre 30 e 55 anos. Cada caso é diferente do outro e necessita de avaliação médica para tratar. Vários tratamentos são oferecidos gratuitamente pelo SUS.

Sintomas de fibromialgia

sintomas de fibromialgia
Crédito: Freepik

A variedade dos sintomas faz com que a síndrome seja incompreendida ou associada a outros males. O que a comunidade médica sabe é que essa doença ocorre porque o cérebro do paciente interpreta o sinal de dor com muito mais intensidade, provocando as crises de diferentes intensidades e duração.

Dores intensas nos músculos e tendões

Essas dores são o principal sintoma da doença. Elas podem durar por dias, semanas ou meses, leves ou fortes, atrapalhando a qualidade de vida da pessoa, pois não param.

Grande esgotamento físico

A pessoa que sente as dores da doença também sente-se constantemente cansada, já que é exaustivo ficar o tempo todo sentindo dor sem ter o controle de fazê-la parar.

Contração dos músculos

Como os músculos são diretamente afetados pela doença, mesmo se não sentir dores intensas nos músculos, observe se percebe suas contrações. Não é normal que isso ocorra sem ter elevado o estresse.

Perda do sono ou sonhos ruins

É realmente difícil ter boas noites de sono quando sente dor o tempo todo. Assim, pessoas com a doença vão apresentar esse sintoma antes do tratamento.

Cansaço incomum ao praticar atividades físicas

Quando uma pessoa tem essa doença, ela costuma se manifestar ao praticar atividade física intensa. Embora o exercício seja recomendado para que os músculos, tendões e articulações estejam sempre funcionando, precisa cuidar com o exagero.

Além desse sintomas, também é possível o paciente apresentar nariz entupido, bexiga sensível, sufocamento, sentir a pele esquentar, cefaleia e dores maxilares, bloqueio da atenção, batimento cardíaco rápido, tontura, irritação a odores, comidas e barulhos, boca e olhos com secura, muito suor e labirintite.

Pontos dolorosos

A fibromialgia é como sentir uma dor generalizada no corpo, mas existem pontos em que a dor é mais intensa, como nas articulações de braços, pernas e pescoço. Os músculos também sentem bastante nas crises.

Causas da fibromialgia

Essa síndrome afeta principalmente as mulheres, mas homens e crianças também podem sofrer com ela. Assim que é detectada, deve ser tratada por um especialista.

Sua causa ainda é um mistério, mas pode estar relacionada à ansiedade, depressão, alimentação inadequada (principalmente açúcar em excesso), falta de vitamina D, sensibilidade genética ou traumas, sejam físicos ou psicológicos.

Tem cura? Pode matar?

Como não se sabe a causa, esse transtorno ainda não tem cura. As pessoas diagnosticadas com a doença não vão morrer por causa dela. Não se sabe exatamente de onde a dor vem, mas a princípio ela não é um sintoma de algo mais grave que coloque a vida em risco ou que deixe deformações no corpo.

Como é feito o tratamento?

tratamento da fibromialgia
Crédito: Freepik

Mesmo não tendo cura, existem tratamentos para fibromialgia que visam reduzir a frequência e a intensidade das crises de dor do paciente e permitir que ele tenha mais qualidade de vida.

Os profissionais que podem ser responsáveis pelos tratamentos são o reumatologista, o fisioterapeuta ou o psiquiatra, já que as causas do transtorno estão relacionadas com todas essas áreas.

Medicamento

Uma das formas de tratar a fibromialgia, fazendo testes para ver como o paciente reage, é com medicação anti-inflamatória e analgésica ou mesmo medicação voltada para o tratamento de Parkinson ou depressão, com efeito mais forte sobre o sistema nervoso central.

Fisioterapia

A fisioterapia é outra forma de tratar a doença e pode ser feita de diferentes maneiras. Entre as formas mais recomendadas estão a hidroterapia e a natação, em que o paciente pode fazer atividade física sem causar nenhum impacto, além de se beneficiar da pressão que a água da piscina exerce sobre o corpo. Tudo isso reduz o risco de surgirem crises de dor.

Acupuntura

Acupuntura também pode ser muito eficiente no tratamento, devendo ser realizada por um profissional habilitado. Essa é uma terapia alternativa já aceita na medicina tradicional, pois de fato as pequenas agulhas inseridas em pontos estratégicos do corpo por alguns minutos são capazes de aliviar dores e tratar doenças.

Alimentação saudável

Alimentar-se com os nutrientes necessários é um hábito que a pessoa com fibromialgia precisa adotar. Ela deve comer o suficiente de ômega-3, de potássio e de magnésio, pois são nutrientes que ajudam a relaxar os músculos, melhorar a circulação, evitar a fraqueza muscular e aliviar a dor com efeito analgésico natural.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
vitamina A
Saiba para que serve e onde encontrar vitamina A
plantas alimentícias não convencionais
PANC: 8 plantas alimentícias não convencionais