em

Bepantol para estrias: será que realmente funciona?

Descubra se Bepantol é tão bom para estrias como é para o cabelo!

bepantol para estrias
Designed by Freepik

Será que Bepantol para estrias dá resultado? Essas marcas são um grande motivo de insatisfação das mulheres, que representam 75% dos casos graças às grandes mudanças hormonais por que passam ao longo da vida. No entanto, esse verdadeiro incômodo estético também afeta os homens.

Dentre os principais motivos para o surgimento estão rompimento das fibras de colágeno que sustentam a pele devido ao crescimento, ao ganho de peso (gestação e “efeito sanfona” são grandes causadores) ou hipertrofia muscular (regime intenso de exercícios, levantamento de peso). Durante muitos anos, o problema foi visto como sem solução, mas o cenário mudou.

Bepantol para estrias funciona?

Inicialmente são bem vermelhas e inchadas, mas, com o tempo, as cores das estrias se aproximam do tom da pele e ficam mais uniformes e discretas. O ideal é evitar que elas apareçam, já que os tratamentos para eliminá-las são pouco eficazes e muito caros. No entanto, Bepantol para estrias tem sido apontado como uma solução barata e com resultados visíveis.

Há quem diga que Bepantol para estrias pode eliminá-las totalmente. Por outro lado, alguns garantem que a eficácia do produto é de até 60%. O certo é que a substância realmente funciona e, ainda que não acabe totalmente com o problema, já ajuda bastante no aspecto visual. O Bepantol para estrias pode ser usado em qualquer lugar do corpo: barriga, quadris, pernas, braços e costas.

Mas como um simples medicamento para assaduras pode resolver a questão? Simples. O Bepantol tem uma função cicatrizante, e a estria nada mais é do que uma cicatriz. A sua aplicação sobre a estria faz com que ela vá clareando e se aproximando ao máximo da textura da pele. Por esse motivo, as diferenças são mais notórias quando o tratamento começa ainda em estrias recentes.

Veja também: Bepantol para rugas funciona?

Como usar Bepantol para eliminar estrias

Bepantol para estrias realmente funciona, mas é fundamental saber como fazer uso do produto. Os seus componentes não são nocivos, por isso o risco de fazer mal à pele é nulo. No entanto, o que pode acontecer é você simplesmente não notar qualquer resultado.

Existem várias formas de usar Bepantol para estrias. Normalmente, ele será misturado com outras substâncias que potencializem o seu efeito e contribuam para o clareamento e a cicatrização. Importante ressaltar que todas as peles são diferentes e algumas podem reagir melhor e mais rapidamente ao produto, enquanto outras nem tanto.

Bepantol para estrias com vitamina A

A vitamina A é conhecida por auxiliar na formação do colágeno, de extrema importância quando o assunto é estria. Esse fator, aliado à capacidade regenerativa do dexpantenol ou pró-vitamina B5, é fundamental para a obtenção de resultados. Veja como preparar a mistura que promoverá uma melhoria do aspecto da sua pele.

Ingredientes

  • Bepantol Dherma líquido: 2 medidas da tampa do frasco;
  • Óleo de amêndoas doces: 1 frasco de 100 ml;
  • Vitamina A (Arovit): 1 ampola.

Modo de preparo

1. Acrescente a ampola de vitamina A e as medidas de Bepantol ao óleo de amêndoas;

2. Agite um pouco para misturar e está pronto para ser utilizado;

3. Use diariamente após o banho.

Bepantol puro para estrias

O Bepantol também pode ser usado diretamente na pele, sem misturas, com a intenção de suavizar as estrias. Para esse efeito, a melhor versão é a em pomada/creme. É preciso também que a pele esteja limpa para facilitar a absorção e a ação do produto.

Depois do banho, aplique uma boa quantidade da pomada nas zonas afetadas. Vá sempre massageando esses locais suavemente em sentido circular. Esse simples gesto favorece a circulação sanguínea. O procedimento deve ser repetido duas vezes por dia, preferencialmente de manhã e à noite.

Bepantol para estrias com óleo de semente de uva

O óleo de semente de uva e o Bepantol são é extremamente versáteis e auxiliam tanto em hidratações profundas no cabelo como na revitalização da pele. Juntos, esses produtos possuem um efeito ainda mais intenso no clareamento das estrias. Em uma semana já é possível ser resultados significativos com o uso deste procedimento.

Você vai precisar basicamente de Bepantol pomada, óleo de semente de uva e uma esponja vegetal. Não existem medidas fixas, pois a quantidade varia de acordo com a área afetada. Misture uma quantidade de óleo na pomada até que se forme uma mistura leve e homogênea.

Durante o banho, massageie as partes do corpo com estrias suavemente, até que fiquem avermelhadas. Mais uma vez, a intenção é estimular a circulação. A mistura deve ser aplicada logo a seguir, já com o corpo seco. Repita o processo todos os dias até obter resultados.

Bepantol é indicado para gestantes?

As grávidas estão ainda mais propensas ao aparecimento de estrias devido ao aumento de peso normal da gravidez. Mesmo que o ganho de peso seja controlado, a pele estica. É nesse momento que as indesejadas marcas começam a surgir, especialmente na barriga, nos seios e no quadril da futura mãe.

Nesses casos, as mulheres podem sim usar Bepantol para estrias. Existe inclusive uma marca específica para a gravidez, chamada Bepantol Mamy. O creme tem na sua composição, além de pró-vitamina B5, dois dos grandes responsáveis pela regeneração da pele: glicerina e centella asiática.

Esses dois componentes possuem uma intensa ação hidratante, importante para aumentar a eslasticidade da pele em um período tão crítico. Vale ressaltar, no entanto, que o Bepantol Mamy não elimina as estrias. Foi especialmente desenvolvido para evitar seu surgimento.

Confira no vídeo uma das formas de uso do Bepantol para estrias.

3 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

Atenção ao comportamento do seu animal de estimação. Ele pode estar em risco.

Truques com sal para poupar dinheiro e facilitar as suas rotinas