em

Dor nos seios, o que pode ser? Veja as causas do desconforto

Menstruação, sutiã apertado, gravidez e pílula… Diversas coisas podem causar o problema.
causas da dor nos seios
Crédito: Freepik

O seio é a parte mais sensível do corpo feminino. Qualquer tipo de pressão ou acidente nessa região pode causar um incômodo muito grande. Muitas mulheres sentem dor nos seios com frequência e não sabem qual é a razão do desconforto.

Se você sente um desses sintomas, o mais indicado é procurar um médico para saber se é algo comum ou grave. Porém veja abaixo algumas das principais mais comuns razões que causam dor nos seios.

Causas da dor nos seios

Sentir dor nos seios pode ser normal em alguns casos, mas também pode representar o aparecimento de uma doença ou problema de saúde. Somente um médico pode dar o diagnóstico preciso e definitivo do que está acontecendo com o seu corpo.

Contudo, convém saber que algumas coisas que você faz ou processos que passa podem estar causando esse sintoma. Confira abaixo o que causa dor nos seios e porquê.

1. Menstruação

menstruação causa dor nos seios
Crédito: Freepik

Durante o período menstrual e, para algumas mulheres, no período pré-menstrual, é comum que os seios fiquem inchados e doloridos. Isso acontece devido às mudanças hormonais que ocorrem rapidamente no corpo.

O processo é natural e não é motivo de preocupação. Para aliviar esse sintoma, você pode fazer uma massagem nos seios com óleos essenciais ou vegetais, por exemplo.

2. Período de lactação

Assim como durante a menstruação, no período de lactação, a mulher pode sentir dores e coceiras nos seios decorrentes de uma inflamação do tecido mamário chamada de mastite. Além desses sintomas, é comum que a mulher sinta também muito cansaço e febre.

É preciso tratar para que esses sintomas desapareçam e os seios voltem a ser saudáveis. O tratamento, recomendado pelo seu médico, normalmente consiste em tomar antibióticos para desinflamar o tecido.

Também pode ser porque quando a mulher vai começar a amamentar, o seio passa por mudanças como ocasionadas pela irrigação de sangue na região, principalmente nos mamilos. É um sintoma que costuma diminuir à medida que o seu organismo vai assimilando essa alterações.

Se os sintomas não diminuírem ou aparecerem em apenas uma mama, consulte seu ginecologista para ter certeza de que isso é normal.

3. Alergia a cosméticos

O problema é bem mais comum do que você imagina. Algumas mulheres desenvolvem alergias a produtos cosméticos, como hidratantes, desodorantes ou sabonetes, que entram em contato com os seios.

Isso pode gerar uma coceira intensa acompanhada por vermelhidões na pele. Se for o seu caso, suspenda o uso dos cosméticos que vem utilizando imediatamente. E procure um dermatologista para saber qual componente está lhe causando alergia para poder evitá-lo.

4. Falta de hidratação e cuidado com o seio

Os seios fazem parte de uma região bastante sensível e com uma camada de pele muito fina. Muitas mulheres têm a pele seca e esquecem de hidratar também essa pele.

Se a sua pele é seca, você precisa hidratar o seu corpo todo, pois o seu seio pode ficar ressecado e aparecer uma coceira intensa, podendo até rachar a pele (em especial do bico do peito). Aplique com frequência óleos vegetais, cremes hidratantes ou óleo de coco.

5. Sutiã muito apertado

sutiã apertado causa dor nos seios
Crédito: Pexels

Os sutiãs já são normalmente um item que causa desconforto, portanto é importante que você escolha o tamanho certo para o seu seio com um material suave e não abrasivo. Alguns sutiãs de má qualidade ou de certos tecidos, como renda, por exemplo, podem causar coceiras e dor nos seios.

Prefira os modelos mais esportivos, que são livres de aros de metal e possuem tecido mais suave e apropriado para esse tipo de pele.

6. Aumento de peso

O aumento de peso afeta os seus seios diretamente. Quando você sobe uns números na balança, o seu peito aumenta, porque o tecido na região é em grande parte adiposo. Por isso os seu seios podem ficar mais caídos e doloridos.

Quando é essa a causa da dor, o único jeito é mesmo emagrecer. A perda do excesso de peso e exercícios localizados para firmar os seios podem resolver o problema em poucos meses.

Pode ser gravidez?

Sim! No início da gravidez, a dor nos seios é um dos principais sintomas indicativos. Porém ela não é constante. Geralmente ela está ligada com o aumento das glândulas mamárias, que começam a preparar o corpo no início da gestação para a produção de leite.

Em algumas mulheres isso pode começar nos primeiros sintomas de gravidez e ir até a paragem da lactação. Contudo a dor vem e vai e pode ser aliviada com cremes, massagens e exercícios.

Anticoncepcional causa dor na mama?

anticoncepcional causa dor
Crédito: Pixabay

É possível que a causa da sua dor esteja relacionada com o anticoncepcional. Como a dor nos seios pode ser hormonal, a dosagem da pílula afeta diretamente os seus hormônios. Nesse caso, o melhor é falar com o seu médico.

A dor nos seios provocada por anticoncepcionais deve estar também associada com o período da menstruação. Se esse não for o caso, busque ajuda o quanto antes.

Como tratar e que médico consultar?

O tratamento da dor é relativo, pois ele vai depender das causas, como você já viu no texto acima. Na maioria dos casos, a dor é aliviada com massagens, cremes e pomadas. Quando é o caso, o ginecologista pode recomendar o uso de hormônios paliativos.

O médico responsável por essa região do corpo é o mastologista. Mas no caso das mulheres, o ginecologista também pode ser consultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

Aprenda a cortar franja em casa como um profissional
10 piores alimentos para a sua saúde (e por que você não deve consumi-los)