em

Conheça as principais doenças do sono

As doenças do sono têm as mais diferentes causas e podem atingir qualquer pessoa. Saiba se você tem alguma delas
doencas do sono
Crédito: Pexels

Hoje em dia é muito comum encontrar alguém no seu círculo social que tenha alguma das doenças do sono. Com o estresse do dia a dia, é difícil relaxar completamente e deixar as preocupações de lado na hora de dormir. Veja aqui quais as principais doenças do sono, seus sintomas e causas.

Quais são as principais doenças do sono?

doencas do sono tipos
Crédito: Medical News Today

As principais doenças do sono são extremamente comuns e perturbadoras. Elas podem causar consequências à qualidade do sono e à qualidade de vida da pessoa de modo geral, deixando-a sem energia, de mau humor e até dar início a problemas de saúde por não conseguirem ter um sono reparador.

1. Apneia do sono

A apneia do sono é uma das doenças do sono e um dos distúrbios potencialmente graves em que a pessoa para de respirar por alguns segundos diversas vezes durante a noite. Muitas vezes a pessoa com apneia pode não estar ciente de que tem esse problema.

Suas causas mais comuns são a obstrução do canal respiratório, insuficiência cardíaca, excesso de álcool, alterações hormonais e excesso de peso.

2. Bruxismo

Bruxismo é uma desordem funcional caracterizada por ranger ou apertar os dentes durante o sono ou mesmo durante o dia. Suas causas mais comuns são o estresse, ansiedade e refluxo. Como resultado, a pessoa começa a sentir dor na mandíbula, os dentes se desgastam, a mordida fica torta, aparecem dores de cabeça com mais frequência, além de processos inflamatórios nas gengivas.

Para tratar,o ideal é ir ao dentista para que ele avalie o caso e faça uma placa de silicone que vai impedir o contato direto entre os dentes durante o sono, reduzindo os sintomas. Resolvida essa etapa, também é interessante ir ao psicólogo e verificar se a causa do problema pode ser emocional, assim conseguirá cortar o mal pela raiz.

3. Insônia

A insônia é caracterizada por ser um distúrbio que prejudica a capacidade de uma pessoa adormecer ou, ainda, de permanecer dormindo durante toda a noite. Ela geralmente faz as pessoas começarem seu dia se sentindo cansadas, com mau humor e falta de energia. Suas causas mais comuns são:

4. Sonambulismo

É uma das doenças do sono que consiste em se levantar da cama, andar ou praticar alguma atividade enquanto ainda está dormindo. Cientificamente, no sonambulismo suas funções motoras despertam, mas sua consciência permanece inativa.

As causas mais comuns são a fadiga, ansiedade, irregularidade repentina de sono, abuso de álcool ou outras doenças do sono que podem desencadear o sonambulismo.

5. Roncopatia

A roncopatia, ressonar ou ronco é resultado de um som originado pela vibração do palato e das paredes da faringe. Pode ser a fase inicial da síndrome de apneia do sono e é mais comum entre os homens do que entre as mulheres. Suas causas mais comuns são o desvio de septo, cansaço, abuso de álcool e problemas respiratórios.

6. Narcolepsia

É quando uma pessoa pega no sono repentinamente e em diversas ocasiões, como numa mesa de bar, durante um jantar, no trabalho ou mesmo enquanto está caminhando. Apesar de ser uma doença muito rara, pode levar a consequências desastrosas, como acidentes de trânsito.

A narcolepsia ainda não tem uma causa cientificamente comprovada, porém cientistas acreditam que possa ter relação com a predisposição genética e ser desencadeada por processos inflamatórios ou lesões cerebrais.

7. Paralisia do sono

A paralisia do sono ocorre quando o cérebro acorda, porém a musculatura do corpo continua relaxada, como se ainda estivesse em sono profundo. A pessoa tem consciência de que está acordada, mas não consegue se mexer. Na maioria das vezes essa paralisia vem acompanhada de alucinações e pode durar até cinco minutos.

Essa é uma das doenças mais perturbadoras por conta da sensação de impotência e das possíveis visões assustadoras que pode causar. Os médicos indicam para que as pessoas que tenham essa doença entendam como ela funciona, pois assim é possível identificar o que está acontecendo e evitar o estado de choque e pânico. Suas causas mais comuns são o sono irregular, estresse, bipolaridade, uso de medicamentos excessivos e pode ser um dos sintomas na narcolepsia.

8. Enurese noturna

A enurese noturna é quando ocorre a micção involuntária durante o sono em pessoas que estão na idade de possuir total controle da urina e que, a princípio, não teriam motivos para a incontinência urinária, como por exemplo aquelas que passaram por cirurgias recentes. Para ser diagnosticada a doença, a micção involuntária deve ocorrer pelo menos duas vezes por semana.

As causas são avaliadas pelo médico e podem estar relacionadas a fatores genéticos, atraso no desenvolvimento da fisiologia do aparelho excretor ou causas psicológicas. Somente após determinar a causa é o tratamento é definido, podendo vaiar entre terapia comportamental, medicação e alarme noturno.

9. Distúrbio de comportamento do sono REM

Esse distúrbio faz com que a pessoa faça movimentos violentos com os membros enquanto está na fase do sono REM, que é a fase quando os olhos fazem movimentos mais rápidos. A causa é um defeito no mecanismo de movimentação dos músculos e é mais comum em homens de meia idade.

10. Sexomnia

Pessoas com esse problema têm comportamentos sexuais inadequados enquanto dorme e não lembra do que fez quando acorda. É como um sonambulismo, mas voltado para o comportamento sexual. Existem vários fatores a serem analisados para o diagnóstico e tratamento mais adequado, pois não necessariamente representa a manifestação de desejos reprimidos, como muitas pessoas pensam.

11. Síndrome das pernas inquietas

Essa síndrome faz com que a pessoa sinta uma necessidade incontrolável de mexer as pernas. Ocorre tanto durante o sono, podendo machucar quem está dormindo ao lado, quanto durante o dia, basta sentar ou deitar. Outros sintomas relacionados são a privação do sono, pois os movimentos fazem a pessoa acordar, a irritabilidade e a fadiga matinal.

12. Síndrome da cabeça explosiva

Nesse distúrbio a pessoa acorda assustada ouvindo sons como trovões, batidas de portas, fogos de artifício ou tiros. Algumas vezes pode também ver clarões que a despertam repentinamente. Os sons altos dão a sensação de descontrole, como se a cabeça fosse explodir, daí o nome da doença. Normalmente a causa é a exaustão física e emocional, junto do excesso de situações estressantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
bolo de leite
9 Receitas de bolo de leite para servir no café da tarde
tipos de saladas
5 Tipos de saladas deliciosas para incluir no cardápio