em

Refluxo tem cura, sim ou não?

Veja quais são as formas de tratamento, os remédios caseiros para aliviar os sintomas e como prevenir que eles aconteçam
refluxo tem cura
Crédito: Freepik

Muitas pessoas sofrem com o refluxo, que é quando o alimento retorna do estômago para o esôfago. É considerado doença quando está associado a outros sintomas e gera complicações para a saúde. Então, quem é afetado por esse problema certamente quer saber se o refluxo tem cura. Veja a resposta a seguir e outras dicas de como tratar e prevenir.

Refluxo tem cura?

resposta se refluxo tem cura
Crédito: Freepik

De forma mais específica, o refluxo é quando o suco gástrico do estômago alcança o esôfago, que está mais acima, durante um período de tempo após as refeições. Ele causa queimação e mal estar por conta da acidez, e a longo prazo pode evoluir para úlceras, aftas, rouquidão e problemas respiratórios. Muitas vezes não é só o suco que volta, mas também a comida, o que é muito desconfortável.

Esse efeito de subida do suco gástrico para o esôfago não acontece com a maioria das pessoas, porque existe uma válvula de proteção nesse órgão impedindo esse contato. Em quem tem refluxo, essa válvula não funciona corretamente.

Mesmo assim, existem diversas formas de fazer os sintomas desaparecerem, de acordo com o que faz ele ser desencadeado em cada paciente. Essas formas são cuidados diários que precisam ocorrer durante toda a vida. Se a pessoa se cuidar corretamente e nunca mais ter os sintomas, então sim, pode-se considerar que o refluxo tem cura.

Porém a única forma, teoricamente, de resolver o problema de maneira física e permanente, é através de uma cirurgia chamada fundoplicatura de Nissen. Entretanto, poucos pacientes se enquadram nos requisitos para realizá-la e boa parte não fica satisfeito com o resultado. Muitos até voltam a precisar de remédios alguns anos depois, por isso que ela é a cura mais em teoria no que na prática.

Tratamentos para o refluxo

Entre as possibilidades de tratamentos para refluxo estão, em primeiro lugar, os bons hábitos alimentares. Em qualquer caso de refluxo, o médico sempre vai recomendar que o paciente comece a fazer uma dieta adequada, pois alguns alimentos estimulam o refluxo a ser mais forte.

Muitas vezes é necessário fazer tratamento com medicação em paralelo aos cuidados alimentares. Essa decisão é tomada pelo médico, após avaliar a causa do problema. Por isso, ao sentir sintomas do refluxo com frequência, deve ir ao gastroenterologista assim que possível.

De modo geral, esses são os pilares do tratamento, que é uma doença crônica. Apenas depois desse tratamento é que o médico avalia outras possibilidades, como mudança de medicação e cirurgia.

Remédios caseiros

remédios caseiros para refluxo
Crédito: Freepik

Os remédios caseiros para refluxo não eliminam a necessidade dos tratamentos mencionados, nem dos cuidados diários que você vai ver no próximo tópico. Eles podem ajudar a aliviar os sintomas quando acontecem. Isso porque são usados ingredientes que neutralizam a acidez do estômago. Alguns bons remédios são:

1. Água com limão

Tomar meio copo de água misturado com uma colher de sopa de suco de limão em jejum, antes das refeições.

2. Vinagre de maçã

O vinagre, assim como o limão, neutraliza a acidez, pois após ingerido ele se torna alcalino. Pode tomar 2 ou 3 colheres de sopa junto com as refeições principais.

3. Chá de gengibre

O gengibre é digestivo, ajudando o alimento a digerir mais rápido, prevenindo que o refluxo aconteça. Rale-o e adicione 2 colheres de sopa em 1 litro de água para beber ao longo do dia.

4. Suco de babosa

O suco de babosa alivia os sintomas da queimação no estômago e esôfago. Pode bater o liquidificador o gel de 2 folhas de babosa junto com uma maçã e um pouco de água.

5. Chá de camomila

Justamente pelo seu efeito calmante, a camomila ajuda a tratar problemas digestivos. Pode fazer o chá, de preferência com as flores desidratadas, e beber 2 ou 3 xícaras por dia.

Como prevenir

Só vai tentar prevenir e, então saber se o refluxo tem cura, quem descobre o que já possui. Nesse caso, não tem como prevenir, pois a doença já existe. O que se pode fazer é manter os cuidados necessários para evitar que os sintomas aconteçam.

Sendo assim, a principal forma de prevenção é com bons hábitos alimentares, da mesma forma que é recomendado para o tratamento e para descobrir se, no seu caso, o refluxo tem cura. Esses bons hábitos significam:

  • Alimentar-se a cada 3 horas;
  • Reduzir a porção de alimento em cada refeição para não encher o estômago e ter excesso de suco gástrico;
  • Controlar o consumo de frutas cítricas, café, bebida alcoólica, com gás, alimentos muito condimentados, chocolate e comidas gordurosas.

Além dos cuidados alimentares, também é importante:

  • Manter-se no peso ideal;
  • Evitar roupas apertadas;
  • Não deitar pelas próximas 3 horas depois de comer;
  • Não fumar;
  • Não fazer exercício depois de comer;
  • Usar travesseiro antirrefluxo para dormir, caso já tenha incômodos frequentes com a doença.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
enfeites de natal com CD
10 Ideias de enfeites de Natal com CD
bolo de pote
20 Receitas de bolo de pote fáceis e deliciosas