em

AmeiAmei EstranhoEstranho

O que são e como tirar olheiras?

Veja tudo sobre as olheiras e como tirá-las. Entenda por que elas aparecem e quais as suas causas.
o que são olheiras e como tratar
Crédito: Freepik

Seja por dormir mal, por doença ou por questões hereditárias, as olheiras aparecem de tempos em tempos e tiram o seu sossego. Elas dão um ar horrível a sua aparência e podem até afetar a sua autoestima.

E você faz de tudo para removê-las, porém nada adianta? Talvez você não esteja usando a solução certa para o seu tipo de problema. As bolsas ou círculos escuros ao redor dos olhos ocorrem por muitos motivos. Cada problema terá, por consequência, uma solução diferente.

Confira abaixo o que são olheiras e quais os motivos que as levam a aparecer.

O que causa olheiras?

As olheiras têm muitas causas. Elas podem ser constantes ou ocasionais, isso vai depender de cada pessoa. Independente do tipo, todas têm algo em comum: ninguém gosta delas! Além disso, muitas vezes elas são doloridas ou incômodas.

Tipos de olheiras

tipos de olheiras
Crédito: Notícias ao Minuto

Como dito acima, são muitas as coisas que levam você a ficar com os olhos inchados e manchados. É fácil identificar algumas delas, pois as cores das olheiras dizem muito sobre elas!

  • Constitucionais: são aquelas de cor marrom, mais comuns em pessoas de pele mais escura e decendentes de índios, árabes e outros povos característicos. São genéticas/hereditárias e não têm cura.
  • Sanguíneas: São as olheiras arroxeadas e acontecem quando há um acúmulo de hemoglobina na pele.
  • Vasculares: Azuladas, elas aparecem quando você retém líquidos. Podem ocorrer por estresse, cansaço e fadiga.Também são comuns em quem dorme pouco.
  • Melânicas: Também são de cor marrom, contudo não ocorrem diariamente. Elas aparecem ocasionalmente por fatores hormonais ou por muita exposição ao sol.
  • Sulco: não necessariamente tem cor, mas sim uma depressão abaixo do olho. Isso acontece durante o processo de envelhecimento.

Além disso, há ainda as manchas avermelhadas. Contudo elas podem ser resultado da pele muito fina abaixo dos olhos, em pessoas de tez clara. É que essa pele não possui uma camada de tecido adiposo por baixo, como a maior parte do corpo.

Existe ainda uma condição de saúde chamada hiperpigmentação periorbital. Essa doença causa um aumento na produção de melanina, principalmente em regiões como abaixo dos olhos. Nesses casos, alguns tratamentos podem resultar, bem como uma cirurgia específica.

Você também pode ter olheiras por conta de outros problemas de saúde, como procedimentos nasais ou no septo, por conjuntivite ou traumatismo. O consumo excessivo de sal também leva a uma maior retenção de líquidos, fazendo com que os inchaços aumentem.

Como remover olheiras?

como remover olheiras
Crédito: Freepik

Olheira tem cura? Na maioria das vezes não. Quando o problema é crônico ou genético, a única forma de se livrar delas de vez é pela cirurgia ou micropigmentação. Mas existem algumas medidas diárias que você pode tomar para evitar que elas surjam, como dormir bem, beber muito líquido e ter uma alimentação equilibrada.

Veja abaixo alguns truques de beleza para amenizar o problema conforme a origem. Confira também quais deles são seguros e eficazes e quais podem causar danos a sua pele.

1. Como tirar olheiras com bicarbonato

Eliminar as olheiras com uma ajudinha do bicarbonato de sódio funciona e sai bastante barato. O bicarbonato de sódio é um clareador natural. Você pode, antes de dormir, limpar a volta dos olhos com um algodão embebido em água morna e um pouco da substância.

Basta diluir uma colher de chá em um copo de água, mexer bem e aplicar. Mas isso vale para as olheiras crônicas e constitucionais. Naquelas mais ocasionais é melhor evitar o procedimento, visto que você pode estar assim por excesso de sal e o bicarbonato é um tipo de sal.

Na dúvida, converse com o seu dermatologista a respeito. Somente um profissional poderá adequar um tratamento ao seu problema.

2. Bepantol e Hirudoid

Ambas as pomadas possuem propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Se você está com olheiras sanguíneas ou vasculares, pode ser uma ótima saída aplicar qualquer uma das pomadas. O Bepantol pode até ser menos eficaz que o Hirudoid, pois seu uso oficial não é para esse tipo de incômodo.

Massagear ao redor dos olhos, com cuidado e um pouquinho de Hirudoid, por alguns dias acaba por ser muito mais eficiente. A pomada auxilia na melhor circulação do sangue na região. Também é indicada em pós-operatórios de cirurgias faciais.

Se você tem a pele muito acneica, pegue leve com essas pomadas e cremes. O uso excessivo pode entupir poros e piorar o problema de pele.

3. Borra de café para olheiras

borra de café nas olheiras
Crédito: ReNicolau

A borra de café é muito utilizada nos tratamentos caseiros para se livrar do problema. Todavia, esse método é repudiado pelos dermatologistas. De acordo com os médicos, são poucos os estudos sobre o assunto publicados e muitos deles são ainda inconclusivos.

Alguns profissionais alertam ainda para a possibilidade da esfoliação com a borra de café machucar a pele e causar inflamações. Eles recomendam o uso do café verde para a beleza, já que esse extrato ajuda na melhora do fluxo sanguíneo.

Você encontra o café verde para moagem em diversas lojas especializadas. Pode adicionar o pó em seus tratamentos de beleza ou em cremes. Mas a eficiência maior é no combate à celulite.

4. Leite de rosas

O leite de rosas é antiquíssimo. Você com certeza deve se lembrar da sua avó usando o produto literalmente para tudo. Era muito comum usá-lo como desodorante, demaquilante e muitas outras funções.

Com o tempo, o produto caiu em desuso. Porém algumas blogueiras têm tentado reviver essa moda. O leite de rosas para olheiras não é uma boa ideia por conta de um único ingrediente: etanol. O álcool tem efeito vasodilatador, fazendo com que o sangue circule com menos dificuldade na região.

Mas como nem tudo são flores, muito menos rosas, o produto não é nada indicado pelos profissionais para o rosto. Isso porque a vasodilatação faz com que os vasinhos sanguíneos fiquem ainda mais aparentes.

Quando você passa a substância no rosto, remove a camada de oleosidade natural, deixando sua pele exposta a diversos fatores. Além disso, pode queimar a pele com facilidade.

Não é à toa que o leite de rosas foi aposentado!

5. Pepino para olheiras

pepino para olheiras funciona
Crédito: Freepik

Um dos melhores tratamentos naturais e caseiros. Sem falar que sai extremamente barato para você, pois tudo que precisa são algumas rodelas de pepino geladinhas e nada mais! Tudo que é geladinho provoca vasoconstrição, que faz com que as veias embaixo dos olhos diminuam e fiquem menos aparentes.

O pepino é ótimo também porque contém vitamina C, flavonoides e ácido fólico. Assim como ele é composto de 90% água. Tudo isso contribui para a redução de qualquer inflamação na pele, melhorando seu aspecto quase que imediatamente.

6. Batata crua

Na falta do pepino, muita gente usa batata crua para tratar os círculos de inchaço ao redor dos olhos. Geladinha ela também faz vasoconstrição.

Porém a batata não possui os mesmos nutrientes que o fruto e assim é menos recomendada. Se você não tiver opção, pode apelar pelo tubérculo. Agora, se tiver tempo, compre um pepino, pois os efeitos são melhores e maiores a longo prazo.

7. Óleo de coco para olheiras

Rico em antioxidantes e com poder hidratante, o óleo de coco é outra solução diretamente da natureza para o seu problema. Você pode massagear a região arroxeada com o óleo diariamente.

Uma das maiores vantagens da substância é que ela tem Fator de Proteção Solar (FPS) e pode ser usada durante o dia, sem riscos de manchar ainda mais a sua pele. Você também pode usá-lo para remover a maquiagem, evitando outros produtos abrasivos que podem ser a origem das suas olheiras.

8. Mudança de hábitos

Às vezes, o único jeito de ter uma pele luminosa e perfeita é mudando seu estilo de vida. As olheiras podem ser provocadas por diversas coisas, não só a falta de sono. Beber álcool todos os dias, por exemplo, contribui para isso. Não ter os devidos cuidados diários com a sua pele também!

Comer menos sal, se exercitar, beber líquidos e ter uma dieta balanceada podem ser muito mais eficazes que cremes caros. Experimente mudar por alguns dias e veja se nota a diferença.

Como esconder olheiras?

como esconder olheiras
Crédito: Unsplash

Quando elas são genéticas e nenhum tratamento caseiro funciona, o melhor é partir para outras saídas. Existem muitos tratamentos estéticos permanentes que podem dar fim a essa aparência constante de sono.

Para eliminar as marcas provocadas pela idade, usa-se laser de CO2 ou peelings químicos. Pode sair caro, porém o resultado é permanente e fantástico. Já as bolsas só podem ser retiradas cirurgicamente.

As pigmentações podem ser resolvidas de formas variadas. Há peelings, laser e luz intensa pulsada. A micropigmentação da região é outra alternativa, contudo é um procedimento mais doloroso.

E os sulcos profundos geralmente são preenchidos com ácido hialurônico. Isso pode ser feito em um consultório dermatológico e é bem rapidinho.

Na emergência do dia a dia também vale apelar para o corretivo e outros tipos de maquiagem. Confira como fazer isso!

Corretivo para olheiras

O que muitas mulheres não sabem é que é preciso escolher bem a cor do corretivo. E essa cor vai variar de acordo com a pigmentação em volta dos seus olhos. Por exemplo, se suas marcas são azuladas, o melhor é utilizar maquiagem cor coral ou avermelhada para neutralizar as marcas.

Se for marrom, o ideal é apostar em um corretivo amarelo. Já a olheira roxa se tapa com maquiagem laranja ou esverdeada. E você não precisa ter corretivos específicos, pode usar batons ou até sombras misturados com um pouco de óleo de coco ou um fixador.

Depois de cobrir a olheira, você coloca a base e o pó normalmente, finalizando sua maquiagem. Entenda mais vendo o vídeo abaixo.

Tatuagem para esconder olheiras funciona?

A nova moda é tatuar a região ao redor dos olhos com a cor da sua pele. Diversos famosos, como a Gretchen, a Carol Nakamura e a Viviane Araújo, já fizeram. É como maquiagem permanente. O recurso já é usado para disfarçar estrias e cicatrizes.

O problema é o valor do procedimento, que varia entre R$ 7 mil e R$ 15 mil. E o risco de infecção é grande também, uma vez que a tatuagem raspa as camadas de pele para depois pigmentá-la.

Fontes: Universa, Redelyc e Uniarp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

5 utilidades do azeite que você desconhece. Ele serve para mais do que cozinhar!
Incrível: aprenda a cortar melancia, com este truque!