chas para combater a depressao
Crédito: Pixabay
em

AmeiAmei

10 Melhores chás para combater a depressão e a ansiedade

sxsxsdwsdsdsd

Os sintomas da depressão podem ser aliviados com esses produtos naturais e caseiros

A depressão tem sido cada vez mais estudada por médicos e por cientistas das mais diversas áreas. Considerada um dos maiores males do século XXI, essa doença atinge milhões de pessoas em todo o mundo. Além dos tratamentos médicos convencionais, você pode usar, ainda, alguns chás para combater a depressão e aliviar os sintomas desse problema.

10 Melhores chás para combater a depressão

O uso de chás não substitui o tratamento médico, mas o complementa. É importante que a pessoa afetada por essa doença consulte um médico antes de começar a incluir os chás em sua vida, pois cada organismo é único e pode ter um resultado diferente. Veja abaixo quais são eles.

1. Camomila

chas para combater a depressao camomila
Créditos: Opas

A camomila é conhecida pelas suas propriedades calmantes, que ajudam a dormir e a reduzir a ansiedade. Essa planta também é muito utilizada em cosméticos, que ajudam a tratar a pele e o couro cabeludo. Devido a essa capacidade, o chá de camomila pode ser um dos chás para combater a depressão, aliviando a irritabilidade, a ansiedade e a insônia.

2. Chá de açafrão

O açafrão verdadeiro é uma especiaria de altíssimo valor agregado, devido ao fato de que o seu cultivo e a colheita serem feitos de forma manual, o que faz levar muito tempo para que esteja pronto ao comércio. Mas suas propriedades medicinais compensam o investimento.

Essa planta ajuda a estabilizar o humor de quem está sofrendo com as oscilações de humor causadas pela depressão. Basta misturar 1 colher de chá de pistilos de açafrão em meio litro de água fervida para beber o chá ao longo do dia.

3. Alecrim

chas para combater a depressao alecrim
Créditos: Saber Viver

O alecrim ajuda a regular a temperatura do sangue, a tratar anemia e a melhorar o fluxo sanguíneo. Essa erva é capaz de atingir o sistema nervoso e por isso é considerada benéfica para amenizar os efeitos da depressão. Além disso, o chá de alecrim é antioxidante, ajuda a tratar o fígado e regula os níveis de açúcar no sangue.

4. Damiana

Outra planta que entra na lista dos chás para combater a depressão é a damiana, de nome científico Turnera diffusa. Essa planta ajuda a aliviar os sintomas depressivos em combinação com o tratamento médico adequado, pois as suas folhas contêm substâncias que ajudam a dormir melhor e estimulam o bem-estar.

5. Erva-de-são-joão

chas para combater a depressao hipericao
Créditos: Ervanária Palmeira

Essa erva já é muito conhecida por sua capacidade de combater a depressão, no entanto deve ser consumida com o auxílio de um profissional da saúde, pois o consumo em excesso pode gerar efeitos colaterais. É recomendado que a quantidade não ultrapasse os 300 ml por dia e o ideal é que o chá não seja adoçado.

6. Raiz de valeriana

A valeriana é muito popular na medicina alternativa por causa do seu efeito sedativo que ajuda a acalmar o corpo e a mente. Então esse chá favorece a uma boa noite de sono, tranquiliza nos momentos de estresse e de ansiedade, aliviando também alguns dos sintomas da depressão quando estão deixando a pessoa inquieta.

Outra atividade que essa planta exerce no cérebro é impedir a rápida eliminação do hormônio chamado acetilcolina, que atua na atenção, na memória e no aprendizado.

7. Jasmim

chas para combater a depressao jasmim
Créditos: Glicerinas

O jasmim tem um cheiro muito perfumado e seu chá também pode ser incluído como um dos chás para combater a depressão. Essa planta é considerada calmante e sedativa, sendo capaz de combater a ansiedade, a insônia e o estresse. Além disso, o jasmim também é conhecido por melhorar a concentração do indivíduo, dando-o mais ânimo, pois tem propriedades estimulantes.

8. Salgueiro branco

Essa planta tem um efeito semelhante ao chá de alecrim, ajudando a equilibrar a temperatura corporal e a tratar dores de cabeça frequentes causadas pelos incômodos da depressão. O chá pode ser tomado até três vezes ao dia, dependendo de quais outras medicações o paciente toma e de qual é o nível da doença no seu organismo, por isso que o melhor é ter a recomendação médica para que o uso do chá seja realmente eficiente. A mistura do preparo é de 30 gramas de planta para cada litro de água fervida.

9. Erva-cidreira

chas para combater a depressao erva cidreira
Créditos: Tua Saúde

A erva-cidreira é um calmante natural, que ajuda a combater insônia, ansiedade e depressão. Essa erva pode ser consumida a partir da preparação de chás, que ajudam a aliviar a tensão nervosa, tendo ação relaxante no organismo. Além disso, a erva-cidreira também é uma planta analgésica que ajuda a melhorar sintomas de cólicas e dores de cabeça, por exemplo.

10. Erva-príncipe

Um chá de erva-príncipe é um bom alívio para os sintomas da depressão, oferecendo ação analgésica e calmante do sistema nervoso. Além desse efeito, a erva também atua como bactericida, antitranspirante, alivia tosse, dor de cabeça e problemas respiratórios.

Outras dicas para aliviar a depressão

A depressão está diretamente ligada ao estilo de vida humano moderno. Para lidar com essa doença foram desenvolvidos alguns métodos e também concluiu-se que alguns tratamentos naturais poderiam servir de grande ajuda durante o tratamento realizado pela medicina tradicional.

Uso de medicamentos

Os antidepressivos são medicamentos compostos por serotonina, dopamina e noradrenalina. Esses componentes são responsáveis por reduzir a depressão e devem ser utilizados regularmente para que seja possível a recuperação dos sintomas da doença.

Para realizar o uso de medicamentos é necessário ter um acompanhamento do médico psiquiatra, que será capaz de gerir a quantidade de remédio e avaliar o uso do medicamento correto a ser utilizado.

Sessões de psicoterapia

A psicoterapia é feita por um psicólogo ou psicoterapeuta, e é importante para que o paciente possa ter uma jornada de autoconhecimento para solucionar seus conflitos emocionais. As sessões podem ser realizadas em diferentes frequências e é importante que sejam feitas mesmo durante o uso de algum medicamento para que o tratamento seja realmente eficiente.

Terapias alternativas

Algumas terapias alternativas são capazes de ajudar o tratamento da depressão como forma de complemento, porém essas não devem substituir o tratamento médico. Algumas delas são:

  • Acupuntura: ajuda a aliviar sintomas como ansiedade e insonia;
  • Meditação: é capaz de reduzir a ansiedade, pois promove um autoconhecimento e é focada no viver o agora. Além disso pode ajudar a controlar os sentimentos, melhorar a autoestima e confiança;
  • Reiki: essa prática promove bem-estar e é relaxante, sendo capaz de aliviar sintomas da depressão como a ansiedade;
  • Alimentação: alguns alimentos são capazes de produzirem serotonina e dopamina, sendo eles, principalmente, as frutas, verduras, oleaginosas, chás naturais, cacau e peixe. Enquanto os alimentos que podem piorar a depressão são os industrializados, fritos, as bebidas alcoólicas e bebidas industrializadas como os refrigerantes.

Exercícios físicos

O hábito de exercitar-se aumenta a quantidade de endorfina no organismo, a qual é responsável pela sensação de bem-estar. A endorfina promove o bom humor, a boa disposição física e mental, melhora a memória e a concentração. Por isso, praticar exercícios com regularidade pode ajudar a baixar os níveis de ansiedade e auxiliar no tratamento da depressão.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para obter os resultados esperados também é preciso aliar o uso dos chás a uma alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

remédios caseiros para dores nas articulações

6 Remédios caseiros para dores nas articulações

colágeno hidrolisado

Colágeno hidrolisado: para que serve e como tomar