infecção dentária
Crédito: Freepik
em

Infecção dentária: quais os sinais e como tratar

Desconforto, sensibilidade e dores frequentes nos dentes podem ser sinais de infecção dentária, conhecida também como abscesso

O acúmulo de pus devido a uma infecção, seja ela no dente ou na gengiva, pode ocorrer por inúmeros fatores e em diferentes regiões da boca. Quando esta se apresenta na ponta da raiz do dente, é chamada de periapical. Já o abscesso periodontal caracteriza-se por surgir apenas nas gengivas, junto à raiz dentária. Esses são casos de infecção dentária.

7 Sinais de infecção dentária

infecção dentária sinais
Crédito: Freepik

Com o tempo, o organismo para de combater a infecção dentária. Isso pode fazer com que a polpa da raiz morra e a pessoa passa a não apresentar mais sensibilidade na região.

Contudo não sentir mais a dor não significa que a infecção dentária foi curada. Ela pode estar camuflada e pode estar se espalhando para as demais partes do tecido em torno do dente.

Tudo isso pode ser ocasionado pela falta de uma boa escovação ou até mesmo o uso excessivo de açúcar e alimentos acidificantes na alimentação, surgindo então os focos de gengivite e cáries.

Alguns sinais ajudam a identificar o abcesso ou infecção dentária.

1. Dores ao mastigar os alimentos

Se, ao mastigar um alimento, mesmo que mais macio, você sente uma dor aguda, isso pode ser sinal de abcesso.

Em casos mais graves, até mesmo o contato da água com a região afetada pode causar desconforto.

2. Mau hálito

Por se tratar de uma inflamação, a região irá ficar repleta de bactérias. No seu processo de alimentação, as bactérias eliminam toxinas que causam mau cheiro na boca.

3. Dor de dente aguda e latejante

Mesmo sem se alimentar ou até mesmo se movimentar, há uma dor muito forte na região.

Além disso, a sensação de calor e de que o dente está latejando é muito forte, sendo muitas vezes necessária uma intervenção emergencial.

4. Vermelhidão nas gengivas

Ainda em estágios mais iniciais, um dos sintomas da infecção dentária é a aparência das gengivas. Elas tendem a ficar mais vermelhas e inchadas do que o normal, começando inclusive a ficarem mais sensíveis.

5. Inchaço na bochecha

O abcesso pode causar o inchaço da região, o que leva também a um aumento da bochecha, por fora. Esse é um sinal de que a doença já está em um estágio mais avançado, precisando de cuidados imediatos.

6. Dificuldade em engolir

A inflamação pode tomar proporções muito maiores, quando não tratada, inflamando outras partes correlatas, como a garganta.

Além disso, se o abcesso estiver nos últimos dentes, a sensibilidade é maior, tornando a passagem dos alimentos mais difícil.

7. Febre

Com uma propensão à propagação das bactérias, consequentemente da infecção, a pessoa pode apresentar quadros mais sérios como a febre. Isso acontece em graus mais avançados e pessoas com a imunidade mais reduzida.

Como tratar

infecção dentária como tratar
Crédito: Freepik

Quando em estágio avançado, a única alternativa é procurar ajuda médica. Se ainda estiver em estágio inicial, pode – com a autorização do especialista – utilizar métodos naturais para melhorar da infecção dentária.

1. Água e sal

Aconselhada por muitos dentistas, o sal possui propriedades antibacterianas e antissépticas. Por isso ajuda a aliviar a inflamação e combate a proliferação de bactérias e infecções.

Ingredientes

Água: 1 copo (morna);
Sal: ½ colher (chá).

Modo de preparo

  1. Coloque o sal na água morna e misture até que esteja totalmente dissolvido;
  2. Faça um bochecho e depois cuspa;
  3. Repita de três a quatro vezes por dia para aliviar a dor, desconforto e combater a infecção.

Pessoas hipertensas devem evitar esse tratamento devido a presença do sódio.

2. Enxágue com óleo

Antigo remédio, é um balsamo curador para diminuir a quantidade de bactérias e toxinas da boca.

Ingredientes

Água: suficiente para bochechar (morna);
Óleo de coco: 1 colher (sopa).

Modo de preparo

  1. Coloque uma colher (chá) de óleo de coco extra virgem em sua boca, bocheche e depois cuspa;
  2. Em seguida, enxágue a boca com a água morna.

Repita duas vezes ao dia, durante um mês. A primeira deve ser feita ainda em jejum, pela manhã.

3. Alho

Rico em propriedades anti-inflamatórias e antibióticas, o alho ajuda a aliviar a dor e o inchaço.

Ingredientes

Alho: 3 ou 4 dentes.

Modo de preparo

  1. Descasque e lave bem os dentes de alho;
  2. Amasse para extrair o sumo;
  3. Coloque o sumo sobre o dente afetado.

Repita esse procedimento duas vezes por dia. Pode também, mastigar o dente de alho cru.

4. Chá preto

Possui ação antioxidante e ação poderosa contra infecções, muito eficazes na absorção de pus e toxinas do abscesso dental.

Ingredientes

Chá preto: 1 saco;
Água morna: 1 xícara (chá).

Modo de preparo

  1. Coloque o saco de chá preto em água morna por alguns minutos;
  2. Em seguida, aperte um pouco o saco de chá, para tirar o excesso de água, e aplique sobre as gengivas inchadas, enquanto as propriedades são absorvidas.

O tratamento deve ser realizado durante a noite, depois enxágue com sal e água uma vez por dia, por algumas semanas. Importante: hipertensos devem enxaguar sem o sal.

5. Água oxigenada 10 volumes

Este produto possui propriedades antimicrobianas e antibacterianas poderosas, e também age como um desinfetante que mata as bactérias dos dentes infeccionados.

Ingredientes

Bicarbonato de sódio: 1 colher (chá);
Água oxigenada 10 volumes: 2 colheres (chá);
Água morna: 1 colher (chá).

Modo de preparo

  1. Misture uma colher de água oxigenada com a água morna;
  2. Enxágue a boca completamente com a solução e, em seguida, cuspa;
  3. Feito isso, misture o bicarbonato de sódio com uma colher de água oxigenada para fazer uma pasta;
  4. Depois aplique a pasta na área afetada por alguns minutos;
  5. Enxágue a boca com água morna e repita isso por algumas semanas.

6. Vinagre de maçã

Rico em ácido acético e ácido málico, é um excelente antibacteriano, antimicrobiano e antifúngico.

Ingredientes

Vinagre de maçã: 1 colher (sopa).

Modo de preparo

  1. Coloque vinagre de maçã em sua boca;
  2. Bocheche por cinco minutos e cuspa;
  3. Enxágue com água morna;
  4. Repita o processo de duas a quatro vezes por dia, durante um mês.

7. Açafrão-da-terra

Abundante em propriedades antissépticas, antibióticas e anti-inflamatórias, também ajuda a promover a saúde da flora bucal.

Ingredientes

Água morna: 3 colheres (chá);
Açafrão-da-terra em pó: 1 colher (chá).

Modo de preparo

  1. Misture o açafrão-da-terra com um pouco de água para fazer uma pasta;
  2. Aplique diretamente sobre o dente afetado;
  3. Deixe agir por 15 minutos;
  4. Enxágue.

Outra opção é misturar 14 colheres (chá) de açafrão-da-terra com 1 colher (chá) de azeite de oliva. Deixe a mistura agir por 15 minutos e depois enxágue.

8. Óleo de orégano

Ação poderosa e com diversas propriedades antibacterianas, antioxidantes e antimicrobianas, que ajudam a eliminar infecções. Ele alivia a dor quase imediatamente.

Ingredientes

Óleo essencial de orégano: 2 ou 3 gotas;
Cotonete: 1 unidade.

Modo de preparo

  1. Coloque as gotas de óleo de orégano diretamente sobre o cotonete;
  2. Aplique o cotonete diretamente sobre o dente afetado e deixe ficar por cerca de 5 minutos.

Outra opção

  1. Misturar de três a cinco gotas com ¼ de xícara de água morna;
  2. Bocheche a mistura por cinco minutos e depois cuspa.

Repita três ou quatro vezes por dia.

9. Óleo de menta

Possui propriedades antibacterianas e anti-inflamatórias, ajudam a reduzir a inflamação e aliviar a dor.

Ingredientes

Óleo essencial de menta: 2 a 4 gotas;
Cotonete: 1 unidade.

Modo de preparo

  1. Coloque o óleo de menta sobre o cotonete e aplique na área afetada;
  2. Segure contra seu dente por alguns minutos.

Repita este processo três ou quatro vezes por dia durante, pelo menos, um mês.

10. Batata

Rica em propriedades antissépticas, ajuda a eliminar as células mortas e outras toxinas.

Ingredientes

Batata: 1 fatia (crua).

Modo de preparo

  1. Coloque a fatia de batata contra as áreas afetadas;
  2. Deixe agir por 30 minutos ou durante a noite;
  3. Retire a batata e enxágue.

Infecção dentária

Entenda mais sobre no vídeo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

campanha janeiro peludo

Janeiro Peludo: o que é essa campanha

saber se estou na menopausa

Como saber se estou na menopausa