em

AmeiAmei HahahaHahaha FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho TristeTriste

Como cozinhar macarrão e dicas de receitas

Será que você sabe o jeito certo de dar o ponto perfeito para a massa? Aprenda agora todos os truques
como cozinhar macarrão
Crédito: Pixabay

Fazer macarrão é muito simples. Teoricamente só precisa colocar a massa para cozinhar, esperar amolecer, escorrer e misturar o molho. Isso não significa que você sabe mesmo cozinhar macarrão, pois ele pode ficar mole ou duro demais.

Então, se você tem dúvidas quanto ao ponto certo, a quantidade por pessoa, tipos de massa e quer sugestões de molhos e receitas, veja tudo isso a seguir.

Como cozinhar o macarrão perfeito passo a passo

como cozinhar macarrao passo a passo
Crédito: Pxhere

O segredo de cozinhar macarrão está em prestar atenção nos detalhes. Depois que acerta uma vez e repete o procedimento pelo menos uma vez por semana, não esquece mais, A partir daí você vai fazer um macarrão mais gostoso que o outro. Veja essas dicas e passo a passo:

1. Quantidade de água

Você até pode simplesmente encher uma panela de água e colocar o macarrão dentro, mas o ideal é que faça na quantidade certa para cozinhar macarrão e fazer com que ele fique com boa textura. O adequado é contar 1 litro de água para cada 100 gramas de massa.

Outra dica importante é usar água filtrada, sempre que possível. Assim garante que os produtos e possíveis impurezas da água direto da torneira não afetem o sabor da sua massa.

2. Deixe a água ferver antes de colocar o macarrão

Há quem coloque o macarrão dentro da panela enquanto a água ainda está esquentando, mas assim corre o risco de que fique muito mole. O ideal para cozinhar macarrão perfeito é colocá-lo na água assim que ela começar a ferver.

A dica aqui é que, antes de colocá-lo na água fervente, você adicione sal. Assim ele vai salgar a massa de forma mais homogênea. Não coloque o sal ainda no início com a água fria, pois ela vai demorar mais para ferver.

3. Consulte a embalagem da massa para saber o tempo de cozimento

Enquanto você ainda não tem muita prática, a melhor forma de cozinhar macarrão e garantir que ele fique no ponto certo é consultando o que diz a embalagem. Não há exatamente um padrão, pois cada tipo de massa é diferente e pode levar mais ou menos tempo para cozinhar. Respeite esse tempo.

4. Mexa a massa durante o cozimento

Conforme a massa começa a cozinhar, os fios grudam os nos outros. Então, de vez em quando, você deve soltá-los com um garfo, mexendo de leve e separando. Se não fizer isso, eles vão ficar mal cozidos.

5. Escorra assim que estiver cozido

Quando der o tempo de cozimento recomendado na embalagem, desligue o fogo e escorra na hora em um escorredor para que ele não continue cozinhando. Não tem necessidade de passar por água fria para interromper o cozimento.

Se for servir com um molho separado, que não vá misturar na massa antes de servir à mesa, dissolva um pouco de manteiga e misture no macarrão para ele ficar soltinho. Tem que ser manteiga de boa qualidade, não margarina. Pode ser azeite de oliva também. Cuidado para não exagerar.

Macarrão “Al dente”: o que é e como acertar

“Al dente” é o nome que se dá ao ponto da massa quando ela não fica nem muito mole, nem dura. É o ponto perfeito para sentir a textura dela nos dentes, por isso tem esse nome.

O segredo desse ponto está em seguir a primeira dica que você viu na hora de colocar a quantidade certa de água na panela. O ideal é mesmo 1 litro de água para cada 100 gramas de massa e, claro, respeitar o tempo de cozimento recomendado na embalagem.

Tipos da pasta

Pasta é como se chama a massa do macarrão na Itália, local de sua origem. Existem muitos tipos de pasta, basicamente divididas entre massas longas e massas curtas. Cada uma delas tem um nome específico original e o nome popular, mais prático e que tem a ver com o formato da massa.

1. Massas longas

tipos de massas longas
Crédito: Receitas de Minuto

Os tipos de massas longas mais comuns são o espaguete, o pappardelle, o ninho, o talharim e o cabelo de anjo, mais usado em sopas.

2. Massas curtas

tipos de massas curtas
Crédito: Receitas de Minuto

No grupo das massas curtas entram o gravatinha (o mesmo que farfalle), a conchinha, a concha grande (o mesmo que conchiglione) o parafuso (o mesmo que fusilli), o rigatoni, o penne, a argolinha, as letrinhas para sopas e as estrelinhas, também para sopas.

Como calcular a quantidade por pessoa?

quantidade de macarrao por pessoa
Crédito: Pixabay

Bem, cada pessoa tem um apetite. Alguns comem pouquinho e outros repetem três vezes, mas se você for receber convidados, precisa determinar uma média. Leve em consideração se vai servir mais pratos, se vai ter petiscos, entradas, pois tudo isso influencia.

De modo geral, calcule 80 gramas de massa por pessoa, considerando que não vai ter acompanhamentos. Pense também que as massas curtas rendem menos, então para muitas pessoas prefira servir massas longas e molhos mais pesados, que vão satisfazer mais rápido.

Tipos de molho para cada massa

tipos de molhos de macarrao
Crédito: Pixabay

Depois de aprender a cozinhar macarrão, também é bom saber quais são os tipos de molhos mais comuns e que melhor combinam com cada tipo de massa. Isso porque eles podem se misturar melhor na massa, fazendo seu prato ficar mais saboroso.

  • Molhos para massa longa: para as massas longas escolha molhos mais leves que se misturem bem à massa, como carbonara e ervas;
  • Molhos para massa curta: já para as massas curtas pode escolher os molhos mais encorpados, com pedaços de carne, de tomate, cogumelos ou legumes. O béchamel também entra na lista, bem como o sugo, o pesto e bolonhesa.

Alguns dos molhos mais tradicionais para massas, são:

  • À Carbonara: leva pancetta, azeite de oliva, ovos, queijo pecorino, queijo grana padano, sal e pimenta;
  • Pesto de manjericão: leva alho, manjericão fresco, azeite de oliva, pinóli, queijo parmesão e sal;
  • À Matriciana: leva bacon defumado, tomate, queijo pecorino, azeite de oliva, pimenta calabresa e sal;
  • Ao limão: leva limão siciliano, manteiga, azeite de oliva e sal;
  • Bolonhesa: leva bacon, carne moída, azeite de oliva, manteiga, salsão, cebola, cenoura, molho de tomate, vinho branco, leite, sal, pimenta e noz-moscada;
  • Béchamel: leva leite, cebola, noz-moscada, sal, pimenta e roux.

Opções de receitas com macarrão

Para finalizar, agora que já sabe como cozinhar macarrão e tem ideia de quais molhos combinam com cada tipo de massa, veja algumas receitas para se inspirar:

1. Macarrão ao molho bolonhesa

receita de macarrao a bolonhesa
Crédito: Tudo Gostoso

Para quem come carne, essa escolha não tem erro. É o clássico macarrão com carne moída, mas com um molho mais especial.

2. Espaguete à carbonara

receita de macarrao a carbonara
Crédito: Panelinha

Se gosta da mistura de bacon com creme de leite e um molho que pode ser apimentado, essa é a opção perfeita para experimentar.

3. Macarrão ao molho branco de camarão

receita de macarrao com camarao
Crédito: Ana Maria Brogui

Esse molho é simplesmente incrível para os amantes de camarão. Fica super cremoso, com requeijão, creme de leite e muito camarão envolvido na massa.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

76 Comments Leave a Reply
  1. Eu sou italiano e moro na Italia! Sou cozinheiro formado na escola de gastronomia desde 1968! A maneira de vc cozinhar o macarrão, se chama ” cozimento risotado”, mas a forma para cozinhar os macarrões é em agua fervente! Não é absolutamente errado, cozinhar a massa dessa forma, em Italia são seculos que nos cozinhamos a massa em agua fervente salgada!!!!

  2. Acho curioso pois se colocarmos a massa quando a água ainda não ferveu, simplesmente ficará totalmente grudada…tipo: unidos venceremos. E na água em temperatura ambiente não seria o mesmo???

  3. Bom dia! Fui conferir, porque achei que encontraria algo novo.Bem, há muito tempo deixei de cozinhar macarrão em muita água. Simplesmente porque foi mais fácil para mim, que na ocasião não podia pegar panelas pesadas para escorrer. E, ao contrário do que disseram nos comentários, meu macarrão fica com o cozimento perfeito. Al dente. Tanto que utilizo também para saladas, como meus netos apreciam, quando está calor.

  4. ter um outro método de cozinhar massa tudo bem…agora dizer que o método tradicional é errado é um verdadeiro absurdo. Eu até respeito o post mas vou continuar com o método antigo onde pela minha experiência acho mais adequado, muito mais fácil de acertar. Se um principiante cozinhar massa nesse método aí vai dar uma gororoba isso sim, massa inchada e molenga. eca

  5. grandes coisas…o macarrão cozido com uma caçarola …pouca água…afinal de contas, o que interessa é o molho! eu como tudinho e o meu paladar nunca reclamou! kkkkkkk

  6. Quanta crítica!!! Não sou boa na cozinha, mas sempre gosto de receber dicas. Eu cozinho como a maioria … água em abundância com um pouquinho de sal (modéstia a parte, é meu prato mais saboroso). Mas nem por isso vou criticar a dica dada.
    Acho que na cozinha não existe certo ou errado, Existe o jeito que cada um “aprendeu” ou que “prefere” fazer.

  7. Cada um tem um gosto,por isso não achei que necessitava de uns comentários ignorantes como os que vi.Já fiz assim e gosto se você não gosta respeite a sugestão do outro

  8. só um americano besta poderia ter inventado um horror destes!!! Para quem gostar de macarrão como o servido em hospitais, ou seja, BEM MOLE e inchado de tanto cozinhar, o método é perfeito! Agora, para uma italiana (eu, no caso!), deu nojo…. mamma mia! Che schifo!!! 🙁 Acho gozado existirem pessoas que querem modificar coisas que já existem e dão certo! Querem modificar a roda… e inventam uma roda quadrada! Pelo amor de Deus! 🙁

  9. Sou fã do Marco Polo que levou a receita de massas da China para a Itália, mas sou adepta do cozimento de massas de grão duro com água em abundância, salgada com sal marinho ou sal grosso, salgada como a água do mar. Este é o segredo dos meus antepassados italianos. Sempre foi a forma correta de se cozinhar uma massa de grão duro ou massa fresca. Eu tenho vasta experiência que me foi passada pela minha avó italiana, fora os anos que morei no sul da Itália, onde aprendi a forma correta de se preparar e cozinhar uma massa, Vou experimentar este novo procedimento, mas com certa relutância, pois geralmente estas inovações não dão muito certo em receitas antigas.

    • Concordo totalmente com você Annamaria. Minha nonna me ensinou a fazer a massa e cozinhá-la da maneira correta, como se fazia no sul da Itália, aonde morei, portanto estas novas formas de cozimento em pouca água, é quase uma heresia. kkkk

    • O cozimento ideal que conheci quando morei na Itália, sempre foi “al dente”. A massa cozida do tipo unidos venceremos, é típica do Brasil. A massa sempre se cozinha em muita água e salgada com sal grosso ou sal marinho, salgada como a água do mar, e de preferência massas de grão duro.

    • cada um tem a sua maneira de cozimento eu prefiro All Dente, uma Dica quando retiramos do fogo e escorremos,se não degustar em seguida,ele grudará,porem ,basta ferver um pouco de água ,jogar sobre o mesmo e escorrer em seguida,fica soltinho novamente aí então se coloca o molho de preferência,em porção individual,fica bem melhor,ok

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

4 Receitas de suco de mamão
chia faz mal
Chia faz mal?