em

5 Tipos de alimentos proibidos na gravidez

As futuras mamães precisam ter cuidados extras para manterem a boa saúde delas e dos seus bebês

alimentos proibidos na gravidez
Crédito: Unsplash

Cuidar da saúde é um hábito importante para qualquer em pessoa, em todas as fases da vida. Mas durante a gestação é importante que as mulheres tomem cuidados extras, evitando enjoo, mal estar, azia, inchaço e problemas mais sérios como pressão alta e diabetes gestacional. Então, veja quais são alguns dos mais importantes alimentos proibidos na gravidez.

Veja também: melhores exercícios para praticar na gravidez

Quais são os alimentos que devem ser evitados na gravidez?

os tipos de alimentos proibidos na gravidez
Crédito: Freepik

Um cuidado geral que as gestantes devem ter ao longo de toda a gravidez é com a higienização e o preparo adequado dos alimentos. O jeito ideal de lavar frutas e verduras é deixando de molho em uma mistura de 1 litro de água com 1 colher de sopa de água sanitária por 10 minutos. Na hora de comprar a água sanitária, leia no rótulo se tem essa indicação de uso para os alimentos.

Quando estão crus e mal lavados, há um risco muito maior de estarem contaminados com parasitas que causam doenças graves, podendo colocar mãe e bebê em risco.

Sendo assim, lembre-se de sempre higienizar muito bem todos os vegetais que for consumir. Tenha cuidado quando for comer fora de casa, escolhendo sempre bares, lanchonetes, cafés e restaurantes de sua confiança. Melhor ainda é comer apenas em casa e na casa de amigos e familiares que zelam por esse mesmo cuidado.

Quanto aos tipos de alimentos proibidos na gravidez, tenha atenção nessa lista:

1. Adoçantes

Os adoçantes podem ser os substitutos do açúcar em muitas dietas, mas estão na lista dos alimentos proibidos na gravidez. Em alguns tipos de adoçantes há substâncias como o ciclamato e a sacarina que podem prejudicar o desenvolvimento do bebê. É preferível optar por açúcares ou adoçantes naturais, como mel, melaço de cana, açúcar de coco ou stevia.

2. Cafeína

Se você é uma gestante viciada em café, não precisa simplesmente parar de tomar. Mas prefira consumir no máximo 300 microgramas por dia, equivalente a 3 xícaras de 240 ml de café passado ou 2 de café expresso.

Ultrapassar essa dose é ruim, porque estimula a produção de ácido gástrico, aumentando as crises de azia, caso tenha. Também deve evitar a cafeína à noite porque atrapalha o sono, que já não está dos mais tranquilos. Lembre-se que não é só o café que tem cafeína. Controle o consumo de refrigerantes de cola e guaraná, chocolate preto, chá verde, chá branco, preto e mate.

3. Bebidas gaseificadas

As bebidas gaseificadas mais comuns são os refrigerantes e algumas alcoólicas. Dessas, as gestantes devem manter distância não só pelo gás, mas principalmente pelo álcool, os açúcares e aditivos químicos.

Mas no caso do gás das bebidas, até mesmo da água, ele deve ser evitado porque enche o estômago de ar. Como o estômago da gestante já está apertado, tendo que ocupar um espaço bem menor do que o habitual, vale mais esperar o bebê nascer e, até lá, manter-se longe das bebidas com gás.

4. Carnes cruas ou mal passadas

Da mesma forma que os vegetais precisam ser lavados com água sanitária antes de serem consumidos, as carnes cruas ou mal passadas também oferecem risco à saúde. Podem estar contaminadas com parasitas que o organismo até conseguiria eliminar sozinho, mas na gestação o sistema imunológico sofre mudanças, então não faz sentido correr o risco. Prefira carnes bem-passadas, sempre.

5. Industrializados processados

O grupo de produtos industrializados processados é imenso, chegando ao ponto de você consumir vários sem nem perceber. Se for retirar dos armários todos os alimentos que passaram por algum processo industrial para chegar à sua casa, o que sobraria?

É importante fazer essa pergunta durante a gestação, pois esses produtos contêm um excesso de conservantes, além de serem muito pobres em nutrientes. Além do mais, também costumam ter muito mais sódio do que o recomendado em uma dieta saudável e também muitos tipos de açúcares que não vão contribuir em nada com a saúde do seu filho.

Sendo assim, entre os alimentos proibidos na gravidez estão biscoitos prontos, salgadinhos, achocolatados, molhos prontos, bolinhos prontos, congelados, sopas em pó e temperos prontos. Prefira fazer tudo em casa, veja essas sugestões:

Por fim, lembre-se que cada organismo é único e a dieta ideal para cada gestante deve ser prescrita pelo médico e pelo nutricionista, de acordo com seu estilo de vida e necessidades nutricionais.

Saiba mais sobre os alimentos proibidos na gravidez por causa do risco de contaminação:

ensinar cachorro a fazer necessidades

Como ensinar cachorro a fazer necessidades no lugar certo

evitar rugas

Como evitar rugas: será que é possível?