em

Remédio para o colesterol aumenta riscos de diabetes

As estatinas diminuem a presença insulina no sangue, aumentando os riscos de diabetes

Publicidade

Um recente estudo realizado na Finlândia tinha como objetivo verificar a ação da estatina no corpo humano.

Então, foi realizada uma pesquisa, na qual acompanharam 8.749 participantes durante seis anos, todos do sexo masculino entre 44 e 73 anos e inicialmente não diabéticos. Eles fizeram uso de drogas como sinvastatina (como o Zocor), atorvastatina (Lipitor) ou a rosuvastaina (Crestro).

Foi constatado que, um pouco mais dos 2000 participantes, isso quer dizer 11,1% dos que fizeram uso da droga, desenvolveram diabetes.

Para quem não sabe, as estatinas são fármacos utilizados para diminuição de colesterol, para prevenção de angina, infartos, derrames e outras doenças cardiovasculares.

Publicidade

Os pesquisadores ainda não sabem explicar como isso ocorreu, mas lógico que outros fatores estão associados, como: obesidade, histórico familiar, fumo, uso constante de diuréticos e betabloqueadores.

Porém, mesmo descontando esses dados, isso significa um risco de 46% maior entre os usuários de estatina.

Ainda o estudo apontou que quem consumia esses medicamentos, excretava 12% menos insulina do que os demais, além de ter uma perda significativa desse hormônio.

Publicidade

Considerada como a “nova aspirina”, as estatinas agora apresentam um novo risco associado. Em média, um terço dos seus usuários reclamam de dores e desconfortos musculares e de mau funcionamento do fígado e dos rins.

Algumas opções estão em fase de estudo, a ezetimiba, vista como uma alternativa para o uso das estatinas, impede a absorção de gordura pelo intestino, evitando assim a formação de colesterol.

Outra alternativa, é o uso injeções de anticorpos contra a enzima PCSK9, que atua na formação do colesterol ruim.

Publicidade

A estatina ainda é a principal alternativa a doenças cardiovasculares, recomendada pelos profissionais da área de saúde, e graças a ela, houve uma redução significativa do número de mortes.

E se você faz uso desse medicamento e sente algum desconforto, para redução dos efeitos colaterais, consulte seu médico, para que ele indique a quantidade necessária ou realize uma redução.

Importante: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico!

Publicidade

Compartilhe!

Fonte: Folha de S. Paulo

Perca até 1 kg por dia com essa super bebida

2 receitas fantásticas para tratar varizes em 30 dias