em

Olhos vermelhos: causas e o que fazer

Muitas razões podem levar os olhos a ficarem vermelhos e cada uma exige uma atitude

olhos vermelhos
Crédito: Freepik

Olhos vermelhos são sintomas que aparecem nas mais diferentes enfermidades, podendo causar desde um leve desconforto até mesmo impedindo as atividades diárias. Como eles têm diversas causas, podem ter diferentes ações para solucionar.

De acordo com o Ministério da Saúde, muitos podem ser os sinais de que problemas visuais estão se desenvolvendo, como “dor de cabeça, sensibilidade excessiva à luz, dor e/ou coceira ocular,  olhos inchados com ou sem secreções e lacrimejamento e/ou olhos vermelhos”.

Razões pelas quais você tem olhos vermelhos

olhos vermelhos razões
Crédito: Freepik

Normalmente, qualquer alteração na aparência dos olhos é causada por uma doença, não necessariamente um que esteja localizada neles. Veja quais são as principais causas e entenda melhor.

1. Visão de computador

Você passa o dia trabalhando em frente a uma tela, com o brilho acima de 50% e sem as pausas de descanso recomendadas? Saiba que isso pode causar a visão de computador, doença moderna e fácil de tratar.

O Ministério da Saúde explica que “o uso excessivo da máquina pode causar ardência, vermelhidão, dificuldade de manter o foco, lacrimejamento dos olhos, além de dores de cabeça e sensibilidade à luz”.

2. Conjuntivite

Esse é velho conhecido e a primeira preocupação de quem percebe que seus olhos estão ficando vermelhos. A conjuntivite pode ser causada tanto por infecção bacteriana quanto viral, levando entre sete e 15 dias para ficar totalmente curada.

Os principais sintomas da doença são olhos avermelhados, lacrimejamento, pálpebras inchadas, secreção purulenta de coloração amarelada nos cantos dos olhos ou nas margens das pálpebras, fotofobia, sensação de areia nos olhos, pálpebras grudadas ao despertar, visão borrada devido ao lacrimejamento e secreção, entre outros.

3. Olhos secos

Quando os olhos não estão devidamente lubrificados, pode ocorrer a vermelhidão. A síndrome dos olhos secos é uma doença ocular crônica caracterizada pela diminuição da produção de lágrima ou deficiência em alguns de seus componentes, define o Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO).

Entre seus sintomas estão o ardor, irritação, sensação de areia nos olhos, dificuldades para ficar em lugares com ar-condicionado ou em frente ao computador, olhos embaçados ao final do dia, coceira, vermelhidão, lacrimejo excessivo e sensibilidade à luz.

4. Alergias

Diversas alergias podem ocasionar a vermelhidão dos olhos, inclusive as que afetam o trato respiratório. De acordo com o CBO, existe também a alergia nos olhos, que é uma série de respostas exageradas do organismo a uma determinada substância, chamada de alérgeno, que acometem os olhos ou as estruturas próximas a ele, como as pálpebras.

Para o conselho, o que normalmente causa essa vermelhidão por alergia é a exposição à poeira, fumaça, ácaros e outros alérgenos, causando  também coceira, lacrimejamento, ardência, fotofobia e irritação.

5. Remédios

Alguns medicamentos também podem causar reações, principalmente se forem tomados todos os dias, como é o caso dos remédios para alergia, para dormir, contra a ansiedade e analgésicos, como o ibuprofeno.

Isso acontece pois eles acabam diminuindo a quantidade de sangue que é enviada para os tecidos, como o que reveste os olhos, gerando irritação e ressecamento. Nesses casos, pode ser interessante usar o colírio de lágrimas artificiais até o fim da utilização dos medicamentos.

6. Menopausa

De acordo com o estudo publicado nos Estados Unidos, os olhos vermelhos podem ser mais comuns na menopausa, pois os hormônios “influenciam a produção de todos os componentes do filme lacrimal, incluindo camada aquosa, lipídio e mucina”. Ou seja, auxiliam na lubrificação dos olhos e sua falta pode deixá-los ressecados e vermelhos.

Nesses casos, pode ser interessante fazer a reposição hormonal para equilibrar a taxa e normalizar a lubrificação dos olhos. Existem também alimentos que ajudam durante a fase da menopausa, reduzindo o desconforto e providenciando ferramentas para que seu corpo equilibre-se de forma saudável.

7. Cansaço

Dormir pouco ou trabalhar demais também pode deixar seus olhos vermelhos ao final do dia, como um sinal bem claro de que alguns pontos precisam ser ajustados o quanto antes. Além da vermelhidão nos olhos, pode se manifestar com coceira, sensação de peso nas pálpebras, ardor e até a sensação de areia nos olhos.

Para aliviar, tente usar as lágrimas artificiais, mas o ideal é que você consiga manter pelo menos sete horas de sono, para que seus olhos possam se recuperar, e também que dê pausas no trabalho, pelo menos a cada hora, para fazer exercícios com os olhos ou simplesmente deixá-los soltos no horizonte por um tempo. Isso dará um descanso para todo o corpo.

8. Uso de lentes de contato

O uso incorreto de lentes de contato pode causar inflamações na conjuntiva (aquela membrana bem fina e transparente que cobre os olhos), deixando os olhos vermelhos e muito irritados.

Isso pode acontecer por causa da falta de higiene ao manusear a lente, bem como por uma colocação de forma inadequada, além de poder estar fora do prazo de validade ou mal conservada. O ressecamento dos olhos também favorece a vermelhidão em olhos com lente de contato.

9. Presença de corpos estranhos

Existem as infecções mais graves, como a conjuntivite, que devem ser tratadas o mais rápido possível. Outras vezes, quando algum elemento estranho entra nos olhos normalmente a situação é resolvida apenas com higienização do local e compressas de água gelada ou soro fisiológico gelado, com algodão ou gaze.

O depósito de corpos estranhos, como cílios, areia, ciscos e outros elementos podem infeccionar, mas quando removidos e tratados com a diminuição da temperatura, logo se resolve.

10. Uso de entorpecentes

Ao utilizar alguns tipos de entorpecentes, como as bebidas alcoólicas ou cocaína, por exemplo, os olhos tendem a ficar avermelhados, pois há um relaxamento excessivo dos vasinhos que circundam a região, aumentando a quantidade de sangue no local.

O ideal é consumir bebida alcoólica em pequenas quantidades, para evitar esse e outros problemas para o seu organismo, além de cumprir a legislação que proíbe o uso de drogas no país, evitando assim problemas ainda maiores.

O que fazer

olhos vermelhos o que fazer
Crédito: Freepik

Para evitar a formação dos olhos vermelhos, você tem que evitar a causa dos 10 fatores citados acima. De acordo com o CBO, algumas dicas podem ajudar a manter a saúde dos seus olhos:

  • Para evitar alergia, pegue todas as roupas de frio e mantas e lave-as bem, deixando secar ao sol antes de usar;
  • Não deixe sua casa ou escritório acumular poeira;
  • Lave sempre muito bem seu rosto e mãos;
  • Não compartilhe toalhas de rosto, esponjas, máscara de cílios, delineadores ou qualquer outro produto de beleza;
  • Limpe o filtro do ar condicionado e mantenha o ambiente úmido;
  • Quando estiver com qualquer problema nos olhos, não use lentes de contato e não coce, para não piorar a doença.

Além disso, procure dar pausas durante o trabalho para deixar os olhos descansarem e aproveite para fazer uma ginástica laboral. Deixe também a tela na altura dos seus olhos e com uma distância de cerca de 50 cm.

Uma boa alimentação e a prática de atividades físicas também podem ajudar, pois deixarão seu corpo mais protegido de todas as doenças. Lembre-se se consultar um médico oftalmologista assim que perceber o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

pão de mel de liquidificador

Pão de mel de liquidificador: 10 receitas saborosas e práticas

pudim de limão

Receitas de pudim de limão deliciosas