em

O que faz um oftalmologista?

Você sabe quando deve procurar um oftalmologista? Descubra o que esse profissional faz.
oftalmologista
Designed by Freepik

Pelo menos uma vez na vida todo mundo precisa de um oftalmologista. Este é o médico especialista em cuidar dos olhos. Mas ele não trata apenas quem precisa usar óculos. Existem diversas especialidades que se dividem nessa área, para tratar vários problemas.

O que faz um oftalmologista?

O médico oftalmologista é o médico que se especializou em tratar e orientar sobre a prevenção de doenças que acontecem nos olhos, relacionando as pálpebras, glândulas lacrimais e cada integrante da anatomia dos olhos.

Quando você vai ao oftalmologista ele irá fazer perguntas de acordo com os sintomas que o levaram a procurar ajuda e também pode realizar alguns exames no consultório mesmo ou outros mais específicos, conforme a necessidade.

Entre os problemas mais comuns que ele trata, estão:

  • Defeitos refrativos (miopia, hipermetropia e astigmatismo);
  • Glaucoma (degeneração do nervo ótico);
  • Catarata (opacidade do cristalino);
  • Retinopatia diabética (lesão nos vasos sanguíneos da retina);
  • Degenerescência Macular (degeneração da retina);
  • Alergia ocular;
  • Ambliopia (olho preguiçoso);
  • Blefarite (inflamação nas pálpebras);
  • Conjuntivite (inflamação do tecido conjuntivo);
  • Estrabismo (desalinhamento entre um olho e outro);
  • Olho seco;
  • Pterígio (crescimento de membrana da lateral para o centro do olho);
  • Terçol (inflamação na parte externa das pálpebras);
  • Uveíte (inflamação pero da íris);
  • Daltonismo (problema na distinção de cores).

Cada um destes problemas relacionados à visão possui diferentes causas e tipos de tratamentos. De modo geral, veja abaixo quando deve procurar ajuda do oftalmologista.

Você sabe qual médico consultar nas diversas situações da vida?

Quando consultar um oftalmologista?

Cada fase da vida necessita de cuidados específicos, então veja quando deve procurar esse médico para:

Recém-nascidos

Quando o bebê completa um mês de vida os pais já podem levá-lo ao oftalmologista para fazer o “teste do olhinho”.

Assim o médico pode verificar se existe alguma alteração ocular e o tratamento pode ser feito precocemente, caso necessário.

Crianças e adolescentes

Nessa fase as crianças podem apresentar problemas de visão, mas como não conhecem outra forma de enxergar, não identificam que algo está errado.

Por isso, se a criança ou adolescente estiver reclamando que está mal na escola, sente dores de cabeça ou tiver muita coceira e vermelhidão nos olhos, é hora de marcar consulta.

Jovens e adultos

Os principais sintomas que levam os adultos ao oftalmologista são dores de cabeça sem causa pré-existente, olho seco, ardência nos olhos, vermelhidão, coceira, dificuldade para enxergar ou mesmo se usa óculos e deseja operar a vista para não usar mais.

Idosos

Nessa fase os sistemas e órgãos do corpo começa a apresentar falhas naturais, o que também atinge a visão.

É importante visitar o esse médico uma ou duas vezes ao ano, mesmo sem estar com algum sintoma, para verificar a saúde ocular e o possível surgimento de problemas como catarata ou glaucoma.

Diferença entre oftalmologista e oculista

Se você achava que o “oculista” era só um jeito mais prático de se referir ao oftalmologista, acaba de descobrir que não é.

Eles são profissionais que trabalham na mesma área (cuidados com a visão), mas em funções bem diferentes.

O oculista é o profissional para quem você vai levar a receita dos seus óculos, ele vai interpretá-la, te ajudar a escolher as lentes adequadas e vai fazer o seu óculos.

O oftalmologista é o médico que você consulta quando tem algum problema relacionado à visão. Ele pode receitar remédios e prescrever tratamentos, o oculista não.

Dica: Alimentos bons para a visão

Embora não seja possível prevenir algumas doenças, manter os olhos bem nutridos certamente colabora para mais anos de visão perfeita. Veja quais são os alimentos que ajudam nesse sentido:

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

tipos de letra personalidade
A sua letra é bonita? Saiba o que ela diz sobre você
como transformar roupa básica em roupa de festa
Ideias para transformar roupa básica em traje de luxo para festa