em

Indicações da luz intensa pulsada e cuidados a ter

Se você está querendo melhorar o aspecto da pele do seu corpo, fale com seu dermatologista sobre esse método

luz intensa pulsada
Crédito: Freepik

Quem gosta de saber sobre tratamentos estéticos, já ouviu falar da luz intensa pulsada que faz parte de vários métodos para tratar da pele. Essa luz é gerada por um aparelho que produz calor e atinge a área do corpo a ser tratada, conforme o objetivo. Saiba agora para que serve, como funciona e qual é a diferença dela para o laser.

Veja também: tratamentos para uma pele bonita e saudável

Para que serve?

As finalidades de uso variam conforme o objetivo a ser alcançado. Pode ser aplicada para tratar manchas, vasinhos, flacidez, rugas e sardas, por exemplo. Para cada tratamento o profissional irá realizar um método específico, programando a máquina com intensidades diferentes de luz para atingir profundidades diferentes da pele.

Depilação

Uma das aplicações é para fazer a depilação, que é mais conhecida pelo método a laser quando se faz a definitiva. Com a luz pulsada, a depilação não é definitiva, mas é capaz de reduzir bastante o volume e a coloração dos pelos, deixando-os bem mais discretos.

Clareamento de manchas

Esse é um dos tratamentos mais procurados, pois há vários motivos para surgirem manchas da pele. Antes de tudo, converse com o médico para saber qual tipo de mancha você tem e se esse tratamento pode resolver.

Redução de linhas de expressão

Quem fica tenso só de imaginar as linhas de expressão tomando conta da pele do rosto, tem nesse tratamento uma solução de alívio e prevenção. O tratamento vai aumentar a produção de colágeno e de elastina, fazendo a pele ficar mais lisa e firme por mais tempo. O ideal é começar cedo, pois é mais fácil prevenir do que eliminar as rugas mais profundas.

Tratamentos para problemas de pele

Doenças como a rosácea e a telangiectasia também podem ser tratadas, seguindo todas as orientações do médico. A quantidade de sessões varia conforme cada caso, mas o objetivo é reduzir a quantidade de vasinhos de sangue que ficam bem aparentes na região do nariz e das bochechas.

Acne

Existem muitos graus de acne, sendo que alguns são tão sérios que só um tipo de tratamento pode não resolver. Nesses casos, a luz pulsada pode ser aplicada para tratar as bactérias causadoras das inflamações e também para reduzir as cicatrizes deixadas. Fique atento na consulta médica, pois o tratamento não pode ser feito se estiver usando determinados medicamentos para acne.

Tratamento de estrias com luz intensa pulsada

Assim como essa luz é usada para minimizar linhas de expressão, manchas e acne, ele também é útil para reduzir as cicatrizes deixadas pelas estrias. Quanto mais novas elas forem, do tipo avermelhadas, mais fácil de remover. Já as mais antigas, que deixam aquele vinco branco, necessitam de um tratamento mais intensivo ou combinado com outros métodos.

Cuidados

cuidados com luz intensa pulsada
Crédito: Freepik

Depois de realizar qualquer tipo de tratamento com luz intensa pulsada é muito importante seguir todas as recomendações do médico para evitar problemas. As complicações que podem ocorrer são dor, irritação, inchaço e vermelhidão no local tratado.

Em muitos casos esses efeitos são normais e desaparecem dentro de uma semana, mas deve manter o acompanhamento médico para saber o que é normal ou não.

Também, antes mesmo de fazer qualquer tratamento como esse, pesquise sobre um dermatologista que seja referência nessa área. De preferência, busque a recomendação de pessoas da sua confiança que já tenham feito e gostado do resultado.

Contraindicações

As contraindicações de qualquer tratamento feito com essa técnica são para:

  • Gestantes;
  • Pessoas com infecções ativas na pele a ser tratada;
  • Pessoas com vitiligo;
  • Quem usa medicamento que aumenta a sensibilidade à luz;
  • Pessoas com pele negra têm maior risco de complicações por causa da absorção do feixe luminoso por parte da melanina que dá cor à pele.

Essas contraindicações são gerais, mas é necessário que você consulte um dermatologista para saber se pode ou não realizar um tratamento com esse método.

Diferença entre laser e luz intensa pulsada

A diferença entre a luz intensa pulsada e o raio laser é a que a primeira opção oferece intensidades e comprimentos diferentes de ondas de luz. Já o laser é bem focado e específico. Mas os dois tipos têm em comum o fato de serem fontes de energia luminosa.

berberina

Berberina: para que serve e como usar esse fitoterápico

preso injustamente

Preso injustamente luta por indenização depois de ter contraído HIV em estupro na cadeia