em

O que garantem as cores dos alimentos?

As cores dos alimentos indicam a predominância de certos nutrientes específicos contidos neles.
cores dos alimentos
Créditos: Pixabay

Ter uma alimentação equilibrada e saudável é essencial para ter qualidade de vida. Os pratos além de nutritivos devem ser bonitos e saborosos. As cores dos alimentos são essenciais para identificar os seus nutrientes. É muito importante consumir pratos diversificados e coloridos para garantir que vários nutrientes indispensáveis sejam consumidos. Isso evita a carência de vitaminas no organismo.

Benefícios das cores dos alimentos

cores dos alimentos beneficios
Créditos: autossustentavel

Os fitoquímicos ou fitonutrientes estão presentes nos vegetais. São substâncias protetoras e um dos fatores que dão às plantas as características sensoriais, como cor, cheiro e sabor. Esses nutrientes são antioxidantes, ou seja, previnem o envelhecimento e fortalecem o sistema imunológico.

Cada cor corresponde a um grupo de nutrientes específicos. É possível recorrer a elas quando precisamos de determinada substância. Por exemplo: a vitamina C é encontrada em alimentos na cor laranja, então se a imunidade da pessoa estiver baixa, é bom consumir acerola, que é uma ótima fonte desse nutriente.

Verde: desintoxica

O limão, o kiwi, a alface, o brócolis, o pepino, o chuchu, a ervilha, a vagem, o abacate, entre outros. Contém vitaminas A e C, cálcio, fósforo e ferro. Os vegetais de cor verde, tanto os de folhas quanto os legumes, têm poderes desintoxicantes, melhoram o sistema imunológico e cardiovascular. Além disso, os alimentos verdes ajudam a emagrecer e na reparação de pele, cabelo e ossos.

Amarelo: aumenta a imunidade

As frutas de polpa amarela contém quantidades significativas de vitamina C que
aumentam a imunidade e previne resfriados. Também são antioxidantes e protegem as paredes dos vasos sanguíneos. Entre elas estão o maracujá, o melão, o abacaxi e a laranja.

Laranja: previne infecções

Suas principais fontes são: damasco, cenoura, abóbora, mamão e manga. A substância responsável pela cor laranja de algumas verduras e frutas é o betacaroteno, que também tem uma função antioxidante.

O betacaroteno é quem dá origem à vitamina A no organismo. Essa substância melhora a visão, o vigor da pele, a força de cabelos e unhas e ainda previne de infecções. Além disso, mantém o bronzeado mais bonito.

Vermelho: circulação e saúde do coração

As antocianinas, a capsaicina e o resveratrol são encontradas nos alimentos vermelhos. Essas substâncias ajudam a acelerar o metabolismo, combater as inflamações e retardam o envelhecimento das células.

Mas o principal nutriente de alimentos como tomate, pimentão e morango é o licopeno. Essa substância além de combater os radicais livres que aceleram o envelhecimento, protegem o coração.

Roxo: previne envelhecimento

Ameixa, beterraba, figo e uva são alguns exemplos de alimentos roxos, cujo principal nutriente é o ácido elágico. Essa substância retarda o envelhecimento e neutraliza substâncias cancerígenas. Os alimentos de cor roxa têm um pigmento chamado antocianina, que protege o corpo de infecções, combate os radicais livres e as doenças cardiovasculares.

Redigido por Natalia Fontenele

Paulistana, cidadã do mundo e, como uma boa sagitariana, alucinada por viagens. Não só redatora, mas também estudante de Design Industrial e amante do empreendedorismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
substituir ovo na receita
Como substituir ovo na receita de sete maneiras
alimentos embutidos
O que são e quais os riscos dos alimentos embutidos