em

6 Tipos de cogumelos comestíveis para incluir nas suas refeições

Os cogumelos comestíveis são ricos em fibras, pouco calóricos e cheios de sabor. Veja seus benefícios.
cogumelos comestíveis
Crédito: Pixabay

Até pouco tempo atrás os cogumelos comestíveis não atraiam muito a simpatia dos brasileiros. Com aparência estranha e sabor e textura peculiares, costumavam ser associados à culinária exótica ou muito específica, como a asiática. Tudo mudou de alguns anos pra cá, e agora esses fungos são populares até nos pratos do dia a dia e encontrados com facilidade no mercado.

6 Tipos de cogumelos comestíveis

Ricos em fibras e em proteínas e pouco calóricos, esses alimentos substituem a carne para aqueles que não consomem comida de origem animal. São, ainda, ótimos aliados da perda de peso e de ganho de massa muscular. Vale lembrar, no entanto, que nem todos são próprios para consumo, portanto saiba em quais você pode confiar.

1. Shimeji

cogumelo shimeji
Crédito: Pixabay

Se você já comeu em restaurante japonês deve conhecer o shimeji, um dos cogumelos comestíveis mais populares e saborosos. Eles crescem em cachos, tem a cabeça arredondada e pequena, além de hastes finais e longas. Seu preparo geralmente é feito com shoyu ou manteiga e é muito usado em molhos, risotos, omeletes e acompanhamento de carnes.

Existe em diferentes tipos e cores, mas todos oferecem os mesmos benefícios: combate a diabetes e o colesterol ruim e fortalece o sistema imunológico e cardiovascular.

2. Shiitake

cogumelo shiitake
Crédito: Unsplash

Com sabor amadeirado e levemente defumado, o shiitake tem uma cabeça larga e marrom e hastes mais curtas e grossas, que não devem ser consumidas por serem fibrosas.

É mais comum consumi-lo desidratado, e por ser exposto ao sol contém muita vitamina D, além de compostos que combatem os radicais livres e evitam o envelhecimento precoce e o câncer. Acompanha molhos e sopas, principalmente carnes, e os talos não devem ser descartados, pois dão sabor a caldos.

3. Champignon/Paris

cogumelo champignon
Crédito: Pixabay

Provavelmente o mais popular dos cogumelos comestíveis no Brasil, é vendido geralmente em conserva e quando fresco é branco-amarelado e de sabor suave. É pequeno e tem uma cabeça bem redonda, além da haste curta, e pode ser consumido por inteiro. Entre seus benefícios, o principal é o bom funcionamento do intestino.

Pode ser consumido cru ou cozido e é muito usado em estrogonofes e pizzas. No entanto, também fica ótimo com queijos, saladas e recheio de massas.

4. Portobello

cogumelo portobello
Crédito: Unsplash

O Portobello tem o visual mais exótico entre os cogumelos comestíveis. Com haste curta e pequena, sua cabeça tem até seis centímetros de diâmetro, e quando vista de baixo tem alguns riscos mais escuros.

A textura lembra muito a carne vermelha e é um alimento muito consumido por vegetarianos. Geralmente é grelhado, como churrasco, ou recheado com vegetais e queijo.

Assim como seus irmãos, fortalece a imunidade e controla os níveis de colesterol. Sua versão menor é chamada de cremini.

5. Porcino/Porcinni

cogumelo porcini
Crédito: Pixabay

Mais comuns na culinária italiana e francesa, são marrom avermelhados e também chamados de funghi secchi. No geral, são encontrados desidratados, o que faz com que seus níveis de açúcar e de gorduras seja ainda mais baixo.

De textura suave e aroma amadeirado, são ricos em proteínas e aminoácidos que aceleram o metabolismo. Para reidratá-los basta deixar de molho em água quente por meia hora e reaproveitar o líquido em sopas, caldos e risotos. Já o cogumelo pode ser aproveitado em massas, recheios e risotos, além de ser preparado salteado.

6. Cantarello

cogumelo cantarello
Crédito: Unsplash

Difícil de ser encontrado, esse cogumelo selvagem surge nas versões amarela, laranja, marrom, branca e preta, tem a cabeça em forma de funil e rugas na parte de baixo, que devem ser lavadas antes do consumo.

Tem uma textura firme e carnuda, além de um aroma frutado e sabor agradável. É mais difícil de combinar com outros pratos e mais comum na culinária europeia. Fica delicioso quando salteado ou usado como recheio de massas e omeletes.

Como saber se o cogumelo é comestível ou venenoso?

A principal dica é nunca colher cogumelos em áreas que não sejam específicas de criação para consumo humano. A chance de pegar um alimento venenoso ou alucinógeno é grande, portanto se ver um cogumelo na rua, nada de pegar.

Não existem diferenças físicas confiáveis entre os cogumelos comestíveis, venenosos e alucinógenos, portanto distinguir com base no “olhômetro” não é uma boa ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

Comentários

comentários

ideias saudáveis de lanches para crianças
11 Ideias e receitas de lanches para crianças
café da manhã vegano
7 Receitas para um café da manhã vegano delicioso