em

AmeiAmei HahahaHahaha Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho

5 benefícios do vinho tinto para a saúde e a quantidade ideal de consumo

Apesar de ser uma bebida alcoólica, ela proporciona diversos benefícios, quando consumida com moderação

benefícios do vinho tinto
Crédito: Freepik

O vinho é amado em todas as partes do mundo, sendo o resultado da fermentação de vários tipos de uva, sendo o vinho tinto oriundo de uvas com coloração rubra, como a Cabernet Sauvignon, Merlot, Malbec, Carménère, Pinot Noir e muitas outras. Mas você conhece quais são os benefícios do vinho tinto para a saúde?

Em sua composição, de acordo com a revista científica Unilago, estão a “água, etanol, açúcares, minerais (potássio, fósforo, magnésio, cálcio, sódio, silício, ferro, manganês, zinco, cobre, níquel, molibdênio, cromo, cobalto), vitaminas (ácido pantotênico, nicotinamida, vitamina B2, B6, biotina, ácido fólico), ácidos orgânicos (lático, tartárico, acético, málico entre outros), aminas bioativas (histamina, betafeniletilamina, tiramina), e traços de proteínas”

Para os autores, o vinho é comprovadamente bom para a saúde, se for associado com uma boa alimentação e hábitos de vida. Porém, seu consumo excessivo, além de fazer mal, vicia. Veja quais são os benefícios do vinho tinto para a saúde.

Quais são os benefícios do vinho tinto?

Contendo altos teores de Resveratrol, substância que tem se revelado um potente antioxidante, o vinho tinto não só ajuda na perda de peso, mas também proporciona uma ampla gama de benefícios.

Devido à sua grande capacidade de proteção às células, ele ajuda a prevenir casos de câncer, doenças cardiovasculares e até mesmo o Alzheimer, entre outros males. Veja quais são os principais benefícios do seu consumo inteligente.

1. Previne a artrite

benefícios do vinho tinto
Crédito: Pixabay

O consumo de um copo de vinho tinto, cinco vezes por semana, pode ajudar a prevenir o aparecimento da artrite reumatoide. Ela é a causa de inflamações nas articulações do corpo, resultando em muita dor.

Neste mesmo artigo há um estudo realizado na Suécia, com 2750 pessoas avaliadas, respondendo hábitos de consumo de vinho. Aliado a fatores genéticos e externos, eles concluíram que aqueles que bebiam moderadamente, diminuíram em 50% as chances de ter a doença.

2. Reduz as chances de diabetes

Também entra na lista dos benefícios do vinho tinto o fato de que, se consumido moderadamente, principalmente suas versões com mais tanino e menos açúcar, como o oriunda da uva Cabernet Sauvignon, pode ajudar a reduzir as chances de desenvolver diabetes tipo 2.

Isso acontece porque ele ajuda a melhorar a “sensibilidade das células periféricas à insulina, sendo interessante nos pacientes com diabetes tipo 2 (não insulino-dependente)”, reforça o mesmo artigo. Ou seja, faz com que a sua insulina passe a “funcionar melhor”.

3. Melhora a saúde do cérebro

Se consumido em quantidade adequada, pode ajudar a melhorar a saúde do seu cérebro, porém se consumido em excesso, pode causar torpor e dependência.

Poucas taças por semana podem reduzir as chances de desenvolver Alzheimer, por causa dos polifenóis presentes na bebida. Eles ajudam a evitar o envelhecimento precoce dos neurônios, sendo o vinho tinto o que tem maior quantidade de polifenóis.

Dentre os benefícios do vinho tinto também está o fator de que ajuda a melhorar a circulação do sangue no cérebro, reduzindo as chances de AVC e outras doenças correlatas. Ajuda também a amenizar problemas como ansiedade ou depressão.

4. Melhora a digestão

O consumo de vinho, com moderação, ajuda também a manter a saúde do seu sistema digestivo, estando assim ligado a uma redução dos casos de úlcera péptica.

Além disso, ajuda a manter o sistema gastrointestinal mais saudável por alguns motivos, como o “alívio do estresse, inibição da histamina, ação antimicrobiana contra o Helicobacter pylori, bactéria implicada na gênese da úlcera duodenal”, afirma o estudo da Unilago.

5. Emagrece

benefícios do vinho tinto
Crédito: Pixabay

O que há tempos já se acreditava, agora está cientificamente comprovado: há relação entre o consumo de vinho tinto e a perda de peso. Este foi o resultado de estudos científicos, onde foram observadas 20 mil mulheres. O acompanhamento ocorreu por 13 anos.

Na pesquisa, os cientistas comprovaram os benefícios do vinho tinto no controle do excesso de peso. Todas as voluntárias que, durante esse período, beberam dois copos de vinho por dia, não tiveram problemas com obesidade.

Segundo o estudo do Diário de Bioquímica Nutricional, também citado no artigo acima relacionado, as experiências em ratos de laboratório mostraram que os animais que haviam consumido extrato da uva tinta ficavam menos propensos a armazenar gordura no fígado, além de terem diminuído seus índices de glicemia.

Qual a quantidade diária ideal de vinho tinto?

Apesar dos benefícios do vinho tinto serem muitos, cuidado, ele não deve ser consumido de forma irresponsável. Para que seu uso possa contribuir com a perda de peso, alguns pontos devem ser observados.

O vinho tinto deve ser consumido como aperitivo, sem acompanhamentos, para evitar o aumento de peso. Lembre-se de que se você bebe uma taça de vinho para acompanhar almoço ou jantar, só estará consumindo mais calorias.

Não se deve consumir vinho tinto muito tarde da noite, pois isso pode prejudicar seu sono. Por mais que dê uma certa sonolência, ele te atrapalha a chegar no sono profundo.

Finalmente, não vá beber uma garrafa inteira de vinho achando que isso lhe fará bem. O que você conseguirá é uma enorme e desagradável ressaca. Portanto, beba com moderação e responsabilidade!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

geladeira solidária

Geladeira solidária: iniciativa ajuda quem não tem o que comer

Menino de 10 anos oferece recompensa para devolverem seu celular 

Menino de 10 anos oferece recompensa para devolverem seu celular