em

Artrite: tudo o que você precisa saber

Tem sintomas ou quer apenas se familiarizar com o assunto para se prevenir? Leia abaixo tudo sobre a doença.

A artrite é uma doença que atinge milhões de pessoas, de todas as idades, mas em especial mulheres no período da menopausa e idosos. Isso acontece porque a artrite é basicamente uma inflamação nas articulações do corpo.

As articulações são as partes que ficam entre um osso e outro, fazendo a sua ligação e permitindo o movimento. Se um osso encosta no outro, causa atrito e inflamação, por isso, nas articulações existem as cartilagens, um material protetor que evita o atrito e absorve o impacto.

Mas alguns fatores, como a idade ou a menopausa, fazem o corpo reduzir a produção do material das articulações, gerando seu desgaste natural, então as inflamações aparecem.

Além do desgaste natural por causa da menopausa ou da idade, a artrite também pode acontecer por causa do excesso de pressão sobre as articulações, que é causada pela obesidade ou por carregar muito peso em um longo período de tempo.

Em todos os casos, a artrite causa principalmente dor, vermelhidão, inchaço e dificuldade de movimento. Conheça os tipos de artrite.

Tipos de artrite, suas causas e sintomas

Além dos fatores já mencionados, a artrite pode acontecer por causa de outras doenças, traumas ou pela dificuldade de um organismo em absorver os nutrientes necessários para a formação de novo material nas articulações.

1. Artrite séptica

A artrite séptica acontece quando existe uma infecção no organismo, causada por vírus, fungo ou bactéria. Neste caso, pessoas de qualquer idade e estilo de vida podem desenvolver.

2. Espondilite Anquilosante

Esse tipo de artrite, em 90% dos casos, afeta homens jovens com o marcador genético HLA B27. Apenas 7 a 10% das pessoas o possuem, sendo que estas correm risco de desenvolver a Espondilite, que pode comprometer as articulações da coluna.

3. Artrite Psoríaca

Como o nome já sugere, este tipo de artrite pode se desenvolver em pessoas que sofrem com a doença de pele psoríase, mas não necessariamente quem tem uma doença terá a outra.

4. Artrite Piogênica

Esse tipo aparece quando o organismo está infectado pelas bactérias Staphylococcus aureus ou Nisseria gonorrhoeae, que atacam as articulações principalmente dos ombros, joelhos e coxofemorais.

5. Artrite Degenerativa

Trata-se de uma artrite crônica que corrompe a cartilagem existente na articulação, causando o aumento dos ossos. Ocorre principalmente nos joelhos, coluna e extremidades do fêmur.

6. Osteoartrite

Também é uma variação crônica, mas que degenera a cartilagem dificultando a movimentação. O paciente pode demorar a perceber porque no início a dor não acontece o tempo todo, apenas após esforço. É o mesmo que osteoartrose.

7. Artrite Gotosa

Esta variação de artrite está relacionada com a doença Gota, que acontece quando a pessoa tem excesso de ácido úrico no sangue. Esse ácido então se desloca e acumula nas articulações, cristalizando, inchando e causando muita dor.

8. Artrite Reumatoide

Por fim, este tipo de artrite é o mais comum e acontece por problema no sistema imunológico, atacando não só a cartilagem, mas os tecidos e revestimento da articulação. Causa dor, inchaço, vermelhidão, rigidez e perda das funções articulares no local afetado.

O sintoma geral de todos os tipos de artrite é a dor no local, podendo ser intensa e contínua ou momentânea e com grande espaço de tempo entre cada crise, conforme a gravidade e causa do problema.

Pode ser desencadeada uma artrite com dor intensa e contínua no caso de uma infecção de vírus ou bactéria; um trauma que vai levar um tempo para curar e então levar à artrite, como quebra de osso, torsão, estiramento ou rompimento de músculo, tendão ou ligamento.

Os demais sintomas que merecem ser reforçados, são vermelhidão e aumento da temperatura no local, dificuldade para movimentar, rigidez e inchaço.

Como é feito o diagnóstico e o tratamento?

O diagnóstico de qualquer tipo de artrite só pode ser feito por um médico. Se não souber a qual especialista ir, procure por um clínico geral que ele irá encaminhar ao especialista, normalmente o reumatologista, conforme os sintomas.

Após uma consulta e exames, o diagnóstico será feito e os tratamentos vão variar de acordo com o tipo de artrite, o estágio e as condições do paciente, podendo ser medicação, terapias, repouso, mudança de hábitos de vida e até cirurgia, seja para alívio da dor ou recuperação das articulações.

Como prevenir?

Mesmo que a artrite não dependa exclusivamente de uma ação específica, podendo ocorrer a longo prazo, por fatores genéticos ou por causa de outra doença, o melhor que se pode fazer é ter bons hábitos de vida:

  • Tenha uma alimentação de qualidade, evitando excessos, açúcares e gorduras industrializadas;
  • Beba água ao longo do dia;
  • Evite fumar e ingerir bebida alcoólica;
  • Pratique exercícios físicos ao menos 3 vezes por semana;
  • Mantenha a postura, seja de pé, sentado ou deitado;
  • Evite ficar muitas horas na mesma posição, levantando para fazer alongamentos;
  • Cuide do seu peso;
  • Alongue-se todo os dias antes de iniciar qualquer atividade.
  • Se perceber algum sintoma, procure um médico o quanto antes, pois o diagnóstico precoce aumenta as chances de um tratamento mais eficaz.
Dica: Consuma alimentos anti-inflamatórios

Seja para quem deseja levar uma vida saudável, procurando prevenir a artrite, ou para quem precisa conviver com a doença da melhor maneira possível, alguns alimentos são anti-inflamatórios e vão ajudar. Confira no vídeo:

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

7 motivos pelos quais os idosos sentem dores
Gota: o que você sabe sobre este tipo de artrite?