em

5 Grupos de alimentos para combater ácido úrico

A alimentação não precisa ser restrita, apenas balanceada com o que pode e o que não é bom comer. Veja as dicas.

alimentos para combater ácido úrico
Crédito: Pixnio

A maioria das pessoas só vai saber o que é ácido úrico quando descobre que tem algum problema relacionado a ele. Então, ao saber como ele funciona antes que desencadeie uma doença, fica muito mais fácil prevenir e se cuidar. Mas mesmo que você já tenha algum problema diagnosticado, vale a pena conhecer os alimentos para combater ácido úrico.

O ácido úrico é produzido pelo organismo, pois é uma substância necessária para o metabolismo das proteínas. Quem o produz é o fígado. Porém, quando esse ácido começa a ficar acumulado no corpo sem ser eliminado, causa sintomas e agravamentos como a gota, insuficiência renal e pedras nos rins.

Alimentos que normalizam o ácido úrico

alimentos para combater ácido úrico permitidos para comer
Crédito: Pixabay

As causas do excesso de ácido úrico são algumas. Pode ser pela dificuldade do rim em eliminá-lo, pode ser genético, pode ser o estresse ou o alto consumo de proteínas. Medicamentos também são parte das possíveis causas, bem como os alimentos industrializados. Então veja quais alimentos para combater ácido úrico pode entrar na sua dieta.

1. Frutas e verduras

As frutas e verduras podem ser apreciadas sem medo por quem quer evitar ou reduzir o ácido úrico. Suas vitaminas têm uma ação de limpeza do sangue, ajudando a eliminar os cristais de ácido que se formam perto das articulações e locais onde causam inflamação.

2. Pão, arroz, macarrão integrais

Esse alimentos na sua versão integral vão nutrir o corpo e não vão aumentar a acidez no sangue, o que é essencial para manter os baixos níveis de ácido úrico. Mas para que o corpo consiga metabolizá-los com facilidade é importante lembrar de tomar 3 litros de líquidos ao dia, de preferência água pura.

3. Leite e derivados

Nessa categoria deve considerar os queijos com pouca fermentação e todas as versões com baixo teor de gordura. Nesse caso não há problema em consumir de forma equilibrada.

4. Ovos

Os ovos também entram na lista dos alimentos para combater ácido úrico. Embora as gemas devam ser comidas com mais cautela por quem sofre de colesterol alto, eles são um alimento seguro para quem tem problema de ácido úrico.

5. Chás

Os chás são ótimos remédios naturais para baixar o ácido úrico. Determinados tipos em especial ajudam a reduzir a inflamação causada e são diuréticos, estimulando a eliminação do ácido pela urina.

Alimentos proibidos para ácido úrico

alimentos para combater ácido úrico proibidos para comer
Crédito: Pixabay

Agora que já sabe quais são os alimentos para combater ácido úrico que não vão prejudicar a saúde, também é bom saber quais pioram o quadro. Procure evitar esse tipo de comida ou equilibrar melhor as quantidades que consome.

1. Carnes e miúdos

Nesse grupo entram até as carnes brancas e magras, pois o problema é o excesso de proteína ou a dificuldade na sua metabolização. Então a dica não é parar de comer carne se você já costuma comer. Equilibre a quantidade com os alimentos que não prejudicam o ácido úrico e que tome bastante água ao longo do dia.

2. Peixes e mariscos

Da mesma forma que as carnes e miúdos, os peixes também são rica fonte de proteínas, exigindo que o fígado produza mais ácido úrico para metabolizá-las. Para piorar, assim como as outras carnes, eles contêm uma boa dose de purina, a substância que aumenta o ácido úrico.

3. Bebida alcoólica

Bebida alcoólica de todo tipo, mas em especial a cerveja, acaba deixando o sangue mais ácido, o que é o gatilho para a formação dos cristais de ácido úrico. O álcool também atrapalha o funcionamento do fígado e dos rins, outro fator desencadeante do ácido úrico alto.

4. Molhos prontos

Todo tipo de tempero pronto vai ter uma alta dose de purina na sua composição. Essa purina é responsável pelo aumento substancial do ácido úrico, então prefira os temperos caseiros. O mesmo vale para outras comidas prontas, em especial as congeladas e as guloseimas.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que ada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para ter melhores resultados é importante fazer uma dieta com nutricionista, beber muita água e praticar atividade física regularmente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

patês veganos

10 Receitas de patês veganos fáceis e deliciosos

dicas para organizar apartamentos pequenos

Como organizar apartamentos pequenos?