em

Sintomas, tratamentos e causas do ácido úrico alto

Esse ácido pode ser saudável ou prejudicial a sua saúde: tudo vai depender da quantidade dele no sangue.
acido urico alto
Créditos: Wikimedia Commons

O ácido úrico é um componente natural produzido pelo fígado para metabolizar proteínas. Se os níveis de ácido úrico estão normais, o ácido úrico pode atuar como antioxidante e como protetor do corpo, porém caso aconteça o contrário, muitas doenças podem ser ocasionadas. O nível de ácido úrico alto, portanto, pode ser bastante perigoso ao organismo.

3 Sintomas de ácido úrico alto

Quando uma pessoa apresenta altos níveis de ácido úrico no sangue, não é habitual haver sintomas. Isso, no entanto, depende de cada caso e de cada organismo. Mesmo que você não apresente os sintomas listados abaixo, é importante fazer um check-up completo de tempos em tempos para ver se está tudo bem com sua saúde.

1. Gota

Essa é provavelmente a principal preocupação quando se fala do ácido úrico alto. Nessa situação, o ácido úrico de solidifica, causando inflamações nas articulações, que também reduzem a sua temperatura.

A gota é mais comum em pessoas idosas, mas também pode atingir jovens, causando dores intensas que podem persistir por semanas e sumir e voltar a qualquer momento. Caso essa doença seja ignorada por muito tempo, o paciente pode vir a agravar o caso. O tamanho das articulações pode aumentar devido ao inchaço, causando dores e até deformações.

2. Insuficiência renal

Outro sintoma de ácido úrico alto nos rins é a inflamação crônica causada devido à obstrução dos túbulos renais. Os sintomas dessa doença inicialmente são o bloqueio desses túbulos, que não permitem que a urina seja excretada e obriga o corpo a reduzir a sua produção drasticamente.

3. Pedras no rim

sintomas de ácido úrico alto
Crédito: Freepik

As pedras no rim estão associadas à acidez da urina e à sua excreção. Esse problema é detectado ao se analisar o pH da urina. Quanto mais baixo, maior risco o paciente corre. Os sintomas dessa doença são dores intensas, que podem durar por horas.

As pedras podem sair naturalmente do corpo, caso sejam pequenas e se movimentem para serem expelidas. Em caso de uma pedra grande ou imóvel, deve-se retirar com cirurgia.

Causas

O ácido úrico alto pode ter várias causas. Elas podem estar associadas à genética, à dificuldade do rim em eliminar a urina ácida, ao estresse ou a uma alimentação com muita proteína.

Além disso, alguns medicamentos também podem estimular esse quadro, como alguns anti-inflamatórios e diuréticos. O ácido úrico alto também é muito associado ao consumo frequente de bebidas industrializadas doces. Dessa forma, o ácido úrico alto se relaciona também com o excesso de peso, com a hipertensão e com a diabetes.

Tratamentos

O tratamento mais utilizado pelos reumatologistas é a mudança da alimentação, já que o consumo de proteínas em excesso é uma das causas mais frequentes desse problema. Podem ser receitados também medicamentos como analgésicos, a fim de reduzir as dores, medicamentos que aumentam a eliminação do ácido úrico ou que cessem a sua produção.

No que diz respeito à alimentação, é importante que o paciente ingira muita água, pelo menos 1 litro e meio por dia, e evite a ingestão de alimentos industrializados. Carnes em geral, peixes e frutos do mar também devem ser evitados, pois podem conter purina em demasia.

Dieta para acido úrico alto

dieta para combater ácido úrico alto
Crédito: Pxhere

É imprescindível que o paciente busque um médico diante de qualquer sintoma. Somente assim é possível receber o tratamento correto. Procurar um nutricionista também é importante, a fim de obter uma dieta balanceada. Veja abaixo, contudo, quais alimentos são permitidos e quais não são se você tem ácido úrico alto:

Alimentos não permitidos

Estes alimentos podem aumentar a produção ou podem favorecer o acúmulo de ácido úrico e por isso devem ser evitados.

  • Alimentos que contenham muito sódio, como os produtos industrializados;
  • Óleos hidrogenados como o óleo de soja e de girassol, por exemplo;
  • Carne vermelha, vísceras, miúdos, frutos do mar;
  • Carboidratos refinados e ricos em açúcares;
  • Bebidas açucaradas industrializadas;
  • Ervilhas e lentilhas;
  • Bebida alcoólica;
  • Fritura.

Alimentos permitidos

Alguns alimentos podem ajudar a reduzir o ácido úrico alto de forma eficaz.

  • Frutas, legumes e verduras (são diuréticos e ricos em fibras que ajudam a reduzir o ácido úrico alto);
  • Alimentos ricos em fibras, como cereais integrais, sementes e oleaginosas.
  • Alimentos fontes de potássio, como banana, abacate, água de coco, entre outros.
  • Alimentos fontes de ômega-3, como sementes e oleaginosas.
  • Alimentos diuréticos que são, principalmente, frutas e verduras como laranja, limão, melancia, melão, mamão, pêra, maçã, abacaxi, pepino, tomate e vários outros.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
filé ao molho madeira
Receita de filé ao molho madeira: modo de preparo e acompanhamentos
unhas decoradas para a Copa
10 Modelos de unhas decoradas para a Copa para você arrasar na torcida