violeta genciana
Crédito: Freepik
em

Violeta genciana: saiba para que serve e como usar do jeito certo

Se você pensava que esse produto servia para pintar o cabelo, saiba que ele é um medicamento

A violeta genciana é um corante líquido roxo muito usado para pintar o cabelo dessa cor. Mas, não é feita para isso, e aliás, nem é indicada, pois contém álcool que resseca os fios. Na verdade, a violeta genciana é um medicamento de ação bactericida e bacteriostática. É fácil de encontrar em qualquer farmácia e é baratinha, custando de R$2 a R$5 em média. Veja para que serve, com usar e os cuidados a ter.

Usos recomendados da violeta genciana

para que serve a violeta genciana medicamento
Crédito: Drogaria Araújo

A violeta genciana é usada para pintar cabelo porque seu corante é bem forte. Inclusive, precisa ter cuidado ao usar na pele para determinados tratamentos, pois há o risco de ficar com manchas roxas permanentes. Veja para o que ela serve.

Tratamento de candidíase

O principal uso da violeta genciana é no tratamento de infecções causadas pelo fungo Candida albicans, o causador da candidíase, uma doença que pode afetar as mucosas do corpo. Ela é mais recomendada para uso na região íntima, pois ao redor da boca e do nariz pode deixar manchas roxas.

O motivo de usar esse produto é porque ele tem ação bacteriostática (que inibe o crescimento de bactérias), bactericida (que mata as bactérias e fungos) e antisséptica, ajudando a limpar a região afetada e acabar com a inflamação. A ação costuma ser rápida, aliviando coceira, vermelhidão e ardor causados pela candidíase.

Outros problemas de pele

Por conta das suas propriedades, a violeta genciana também pode ser usada para tratar impetigo (doença bacteriana de pele), infecções superficiais de pele, dermatites, lesões crônicas e irritativas, além de frieiras e micoses em pés e mãos. Mas, antes de aplicar em qualquer lesão, é importante que o médico identifique se pode usar a violeta em cada tipo de lesão.

Como usar?

Não precisa misturar com nada, apenas aplicar uma pequena quantidade nas regiões afetadas por fungos ou bactérias, externamente. Mas é bom fazer uso de luvas para evitar manchar as mãos. O produto pode ser usado uma vez ao dia, até 4 dias consecutivos. Depois deve fazer uma pausa para a pele se recuperar e não ficar irritada.

Contraindicações e cuidados a ter com a violeta genciana

Na bula da violeta genciana diz que ela não deve ser aplicada sobre lesões ulcerosas nem na face por causa do risco de manchas permanentes. Com certeza você não quer ficar com uma mancha roxa em seu rosto. Então, nesse caso, é melhor encontrar outra maneira de tratar a candidíase.

Além disso, o produto só deve ser usado por até 4 dias consecutivos. Mais do que isso, pode gerar efeitos colaterais, como coceira, vermelhidão e irritação da pele.

Nunca, sob hipótese alguma, esse produto pode ser ingerido. Seu uso é exclusivo na pele.

Como já mencionado, a violeta genciana é um corante roxo. Por isso, muitas pessoas usam para colorir o cabelo. Porém, é um corante bem forte e que contém álcool. Se aplicar produtos com álcool no cabelo, eles ressecam os fios, deixando o cabelo danificado, opaco e fraco. Então, é melhor usar somente para o que recomenda a bula do medicamento.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. Para obter os resultados desejados é importante manter um estilo de vida saudável.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
unhas de acrílico

Unhas de acrílico: vantagens, desvantagens e inspirações

receitas bolo de iogurte

11 Receitas de bolo de iogurte imperdíveis para o café da tarde