em

4 Remédios caseiros para candidíase

Descubra quais são os tipos dessa doença e quais os remédios caseiros que ajudam a tratá-la.
remédios para candidíase
Designed by Freepik

A candidíase, ao contrário do que muita gente pensa, não é uma doença sexualmente transmissível. Ela é causada por qualquer um dos fungos do tipo cândida e pode afetar diferentes partes do corpo. O tipo mais comum é a candidíase vaginal, mas a doença também afeta homens. Veja quais são os tipos existentes e os melhores remédios caseiros para candidíase.

Melhores remédios caseiros para candidíase

Mesmo que nenhum remédio caseiro substitua a consulta ao médico, eles são uma forma segura de aliviar os sintomas parcial ou totalmente enquanto não chegar o dia da consulta. Mesmo que, após o uso dos remédios caseiros para candidíase, o quadro melhore, é importante ir ao médico para fazer exames e garantir que o fungo foi realmente combatido. Veja o que pode usar em casa:

1. Iogurte natural

como usar iogurte como remédios caseiros para candidíase
Crédito: Freepik

O iogurte ajuda a fortalecer o sistema imunológico e, assim, a combater o fungo que está em grande quantidade no organismo.

2. Chá de uva-ursina

chá de uva-ursina como remédios tratar candidíase homens
Crédito: Freepik

Essa planta ajuda a reduzir a reprodução do fungo e pode ser usado por homens e por mulheres. Basta utilizar 1 xícara de água quente e 2 colheres de chá de folhas de uva-ursina, fazer uma infusão e beber 3 vezes ao dia.

3. Chá de poejo

tomar chá poejo para candidíase boca
Crédito: Freepik

O chá de poejo é recomendado para o tipo de cândida que provoca o sapinho, pois a planta ajuda no combate e na cicatrização desse tipo de lesão. Para fazer a infusão coloque algumas folhas ou flores da planta em uma xícara com água fervente. Depois de 15 minutos descansando, coe e aplique nas lesões com a ajuda de um algodão.

4. Evitar açúcares

evitar açúcar tratar candidíase
Crédito: Freepik

Outro tipo de remédio natural está na redução do consumo de açúcar, em especial o tipo industrializado, pois os fungos da cândida se reproduzem em maior quantidade quando o organismo está com o pH desregulado.

Além dessa recomendação, é bom aumentar o consumo de água com limão e salsinha, para equilibrar o pH e fortalecer o sistema imunológico.

Tipos de candidíase

Agora que conhece os remédios caseiros para candidíase, é bom saber também que, basicamente, existem 6 tipos mais comuns da doença, cada uma causada por uma variação do fungo cândida e que afeta uma parte diferente do corpo. Veja quais são:

Candidíase oral

Esse tipo da doença ocorre na boca, deixando lesões brancas com aspecto cremoso na língua, na parte interna das bochechas e no céu da boca. Seu nome popular é sapinho, podendo ocorrer em pessoas de todas as idades, inclusive bebês, e em quem tem o sistema imunológico comprometido.

Os sintomas são de ardência onde há as lesões, sensação de ter um algodão na boca, redução do paladar e pode haver dificuldade para engolir, caso o vírus se alastre para o esôfago.

Candidíase vaginal

Esse tipo ataca 3 a cada 4 mulheres em idade fértil, mas também ocorre em mulheres na menopausa. As mulheres mais vulneráveis ao fungo são aquelas com diabetes, que estejam fazendo tratamento com antibióticos, que sofrem com alterações hormonais frequentes, que têm predisposição genética ou que estejam com o sistema imunológico fraco.

Os sintomas são de muita coceira na parte externa e interna da vagina, ardência, queimação e corrimento espesso e esbranquiçado. Os sintomas costumam ficar mais intensos na TPM ou logo após o sexo, onde há aumento da proliferação do fungo.

Candidíase peniana

Embora muito menos frequente nos homens do que a vaginal nas mulheres, esse tipo de doença ocorre por falta de higiene na região íntima ou uso de fralda geriátrica, que reduz a ventilação nessa região.

Os sintomas são parecidos com a vaginal, causando vermelhidão, coceira, inchaço e dor no pênis, com o surgimento de placas brancas semelhantes às do sapinho.

Candidíase do esôfago

Desenvolver esse tipo de doença é um sinal claro de que a pessoa está com o sistema imunológico comprometido. Ela causa dor para engolir, do no peito e atrás do osso que fica no centro do tórax. É preciso fazer uma endoscopia para um diagnóstico e tratamento.

Candidíase na pele

Esse tipo também é chamado pelos médicos de intertrigo candidíasico e tem a característica do surgimento de placas vermelhas na pele, podendo haver dor e coceira. As placas são mais comuns nas dobras das pernas e braços, axilas, embaixo dos seios ou da bolsa escrotal, causando inflamação.

Essas são as áreas mais afetadas porque as dobras do corpo acumulam calor e umidade, ambiente propício para a proliferação do fungo.

Candidíase disseminada

Por fim, esse tipo que é o mais preocupante entre todos. Ela acontece quando o fungo se multiplica demais, sem controle, afetando órgãos como olhos, coração, rins e fígado, os ossos, além do sistema nervoso. Por essa razão que é tão grave e, nesse caso, apenas o tratamento médico é recomendado.

As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico, mesmo fazendo uso dos remédios caseiros para candidíase. Lembre-se que cada organismo pode reagir de forma diferente ao mencionado e, para obter efeitos melhores, é importante cuidar da sua higiene íntima, ter uma alimentação natural e balanceada, além de hábitos de vida saudáveis.

Redigido por Priscilla Riscarolli

Graduada em Comunicação Social, decidiu trocar as campanhas publicitárias pela produção de conteúdo para inspirar as pessoas a enriquecerem suas vidas com mais informação, bem-estar e criatividade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
limpar piso encardido
Como limpar piso encardido para ficar brilhando
remédios caseiros para piolhos
4 Remédios caseiros para piolhos e como prevenir a infestação