em

7 Remédios caseiros para escarlatina: saiba o que é essa doença

Contagiosa, a escarlatina exige cuidados especiais que são muito importantes para promover a cura em pouco tempo

remédios caseiros para escarlatina
Crédito: Freepik

A escarlatina é uma doença contagiosa que se espalha especialmente em locais com grande fluxo de pessoas e pouca circulação de ar. Afeta principalmente as crianças e jovens de 5 a 15 anos de idade e, se não for tratada de forma adequada, com acompanhamento médico, pode evoluir para quadros mais graves de problemas cardíacos e renais. Os remédios caseiros para escarlatina existem, mas devem ser usados em combinação com o tratamento da medicina tradicional. Veja quais são.

Melhores remédios caseiros para escarlatina

os melhores remédios caseiros para escarlatina
Crédito: Wikimedia Commons

A transmissão da escarlatina ocorre pela bactéria Streptococcus pyogenes. Que pode estar no ar ou ser passada por contato com a saliva ou objetos contaminados. Por ser uma bactéria, o tratamento deve ser feito com antibióticos para evitar a baixa imunidade que pode gerar complicações.

Os remédios caseiros servem para aliviar os sintomas, mas mesmo assim deve-se procurar um médico ao perceber erupções avermelhadas e ásperas por toda a pele, palidez seguida de descamação da pele, vermelhidão em volta da boca e na língua, além de pontos avermelhados no céu da boca, febre alta e a faringite.

Depois de ir ao médico, fazer os exames necessários e começar o tratamento com antibióticos, pode falar com o médico para fazer uso de um desses remédios caseiros para escarlatina a fim de aliviar os sintomas até que a doença desapareça do organismo. Veja quais são os principais:

1. Gargarejo com água e sal ou vinagre

No caso de a doença desenvolver dor de garganta ou faringite, o gargarejo com água e sal ou água e vinagre ajuda bastante. Esses ingredientes são bactericidas naturais, ajudando a matar a bactéria como um reforço ao medicamento, além de aliviar o incômodo causado.

2. Vaselina na pele

Para que a pele afetada não fique muito seca e descamando, pode-se fazer a aplicação de vaselina em pasta ou líquida. Essa substância não costuma apresentar qualquer reação adversa, mas se tiver problemas com alergias é melhor aplicar primeiro em uma pequena região da pele para observar se vai ter qualquer reação estranha. A vaselina ajuda a manter a pele hidratada e a aliviar a sensação ruim que as manchas causam.

3. Hidratação da pele

Além de aplicar vaselina, ou se não tiver esse produto em casa, capriche nos banhos mornos com sabonete hidratante e aplique algum tipo de creme hidratante que contenha calamina em toda a pele após o banho. Vai ajudar a aliviar o desconforto durante o processo de cura, que costuma levar alguns dias.

4. Repouso

O repouso deve ser considerado um remédio caseiro para escarlatina, pois ajuda o corpo a não gastar mais energia do que o necessário, podendo concentrar seus esforços no combate à bactéria. A pessoa doente não deve ir para escola ou trabalho, evitando qualquer saída de casa para não contaminar outras pessoas e para não pegar sol, o que é ruim para a pele.

5. Alimentação pastosa e líquida

Como a escarlatina afeta a boca e garganta, a pessoa doente não vai conseguir comer alimentos duros ou crocantes, nem comida muito quente. Então, deve-se dar prioridade para alimentos pastosos e macios, além das sopas com muitos vegetais, ovos e peito de frango, tudo bem molinho ou batido, para fortalecer o sistema imunológico. Purês, caldos, cremes e sucos são bem-vindos, além de muita água para manter o corpo hidratado.

6. Banho de bicarbonato de sódio

Se estiver sentindo muita coceira na pele por causa das manchas avermelhadas, a dica é fazer um banho morno com bicarbonato de sódio. Ele não deve ser ingerido, apenas aplicado na pele. Antes de dar um banho com esse produto nas crianças, consulte o pediatra.

7. Chás antibióticos

Assim como é importante beber muita água, os chás também servem como remédios caseiros para escarlatina. Além de ajudarem a manter o corpo hidratado, também ajudam a tratar o problema como reforço à medicação. Para isso, prepare chás mornos que podem ser de cebola, canela, cravo, equinácea, orégano ou alho. Para as crianças, consulte o pediatra antes de dar qualquer chá, ainda que seja de plantas medicinais.

bálsamo branco

Bálsamo branco: para que serve e como tomar esse remédio natural

bardana

Bardana: saiba o que é e os benefícios dessa planta para a saúde