probióticos e prebióticos
Crédito: Freepik
em

Probióticos e prebióticos: qual a diferença?

Conheça os alimentos que não podem faltar na alimentação de uma pessoa saudável

Os probióticos e prebióticos são estudados há muitos anos, mas faz pouco tempo que começaram a se popularizar no Brasil. Conforme as pessoas se conscientizam sobre a importância de uma alimentação saudável, buscam conhecer as melhores fontes de nutrientes essenciais para a manutenção da saúde e é aí que esses nomes “bióticos” entram em cena.

O que são probióticos?

comida probiotica tipos
Crédito: Freepik

Os probióticos são alimentos que contêm micro-organismos vivos benéficos para a saúde. Esses micro-organismos são vários tipos de bactérias, leveduras e lactobacilos que se criam e se proliferam nesses alimentos por meio do processo de fermentação.

Além de estarem nos alimentos, eles também fazem parte da microbiota intestinal humana desde o nascimento. Essa microbiota é composta por cerca de 10 trilhões de micro-organismos e serve para que o sistema intestinal funcione corretamente, contribuindo com a boa saúde do corpo inteiro.

Como esses micro-organismos são naturalmente eliminados, aos poucos, a cada uma ou duas semanas, é necessário manter uma alimentação com probióticos para fazer a reposição. Então, deve-se consultar um nutricionista para saber a quantidade adequada para adicionar à rotina, pois cada pessoa tem uma necessidade particular.

Esses alimentos são, por exemplo, queijos fermentados, leites fermentados, kefir, kombucha, shoyu, chucrute e iogurte natural.

O que são prebióticos?

comida prebiotica tipos
Crédito: Freepik

Os prebióticos atuam em conjunto com os probióticos. Eles são alimentos ricos em fibras que não são digeridas pelo organismo humano, pois o corpo não produz enzimas para essa digestão. Então elas passam intactas pelo suco gástrico e vão direto para o intestino.

Essas fibras são encontradas em alimentos como aveia, centeio, linhaça, cevada, cebola, alho, leguminosas, maçã, banana, pão fermentado, tomate, aspargo, algas, mel, cacau e chicória. Também é possível consumir, com indicação médica, os suplementos alimentares com prebióticos.

Diferença entre probióticos e prebióticos

Como você viu, as fibras dos alimentos prebióticos vão direto para o intestino e lá são digeridas pelos micro-organismos da microbiota intestinal. Logo, elas são a refeição que mantém os micro-organismos saudáveis e em plena atividade para o benefício da sua saúde.

Portanto, a diferença entre probióticos e prebióticos é que os “pro” são os micro-organismos vivos que compõem a sua microbiota intestinal e os “pre” são o alimento deles. Por isso é importante consumir os dois tipos, pois eles trabalham em conjuto. Seus prebióticos vão estar muito mais saudáveis e fortalecidos se estiverem sendo alimentados por prebióticos.

Uma das formas de consumir os dois juntos é conversando com seu nutricionista para que ele recomende os alimentos simbióticos, ou seja, que reúnem essas duas propriedades no mesmo alimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

bolo gelado de coco

9 Receitas de bolo gelado de coco para sobremesa

cortes de cabelo médio

Modelos e dicas para cortes de cabelo médio