cuidados com plantas de folhas grandes
Crédito: Freepik
em

Plantas com folhas grandes: quais cuidados ter?

Veja como deixar suas plantas sempre saudáveis com esses cuidados específicos

Se você tem plantas com folhas grandes em casa, sabe o quão lindas elas podem ficar. Mas para isso, é importante ter alguns cuidados essenciais. Senão, ela pode sofrer fraturas, riscos ou até mesmo ficar com as pontinhas queimadas. Veja como cuidar bem delas e ter suas plantinhas sempre saudáveis.

1. Luminosidade adequada

Toda planta precisa estar acomodada em um local com a luminosidade adequada à sua necessidade. Porém, isso é muito mais importante para plantas com folhas grandes, já que elas tendem a se danificar mais facilmente. Além de não ser bom para a saúde da planta, ela também tende a ficar com a aparência menos bonita quando sofre por excesso ou falta de sol.

2. Espaço suficiente

Se ela tem as folhas mais compridas, é importante que tenha espaço suficiente no local. Nunca deixe-a em local com muita movimentação de pessoas, como corredores, por exemplo. Isso porque vão acabar esbarrando nas folhas, provocando quebras e queimaduras. Outro ponto importante é não encostar as folhas na parede, deixando o vaso afastado da mesma.

3. Limpeza correta

Muitas dessas plantas acabam acumulando poeira nas folhas, o que consequentemente as deixa com menos brilho e maiores chances de desenvolver doenças. Por isso você deve fazer a limpeza semanal, com um pano de microfibra novo e úmido. Faça movimentos de dentro para a ponta da folha, com delicadeza, em um horário sem sol.

4. Umidade nas folhas

Muitas espécies de plantas com folhagens grandes adoram umidade e se desenvolvem bem assim. Então, sempre que puder, borrife água em suas plantinhas. Claro que sempre respeitando as características de cada uma. Por exemplo, uma bromélia tem folhas longas, mas não precisa de tanta umidade. Nesse caso, use sempre o bom senso.

5. Adubação periódica

Para garantir que as folhas fiquem grandes, com cores vivas e saudáveis, é fundamental que você faça a adubação periodicamente. Novamente, você deve, primeiro de tudo, verificar a necessidade de adubo da espécie cultivada, para então realizar o procedimento. Mas em geral, alguns adubos caseiros são sempre bem-vindos, como a farinha de casca de ovo ou a borra de café.

6. Transplante anual

Vai chegar a época em que o vaso não estará mais adequado ao tamanho da sua folhagem. Então, é chegada a hora de fazer o transplante. Normalmente, isso acontece uma vez ao ano, mas pode ser que algumas espécies parem de crescer em menos tempo. O importante é ver se as raízes estão bem acomodadas ou se já começam a aparecer sobre a terra. Se estiver assim, é sinal que já passou da hora de ir para um vaso maior.

Gostou das dicas? Então compartilhe em suas redes sociais e aproveite para marcar alguém que possa precisar dessas informações!

como fazer mingau de fubá

5 Receitas de mingau de fubá fáceis e reconfortantes

Mulher pede para alguém apagar enteado da foto com seus outros filhos

Mulher pede para alguém apagar enteado da foto com seus outros filhos