em

AmeiAmei

Óleo de rícino emagrece e ajuda a reduzir medidas: sim ou não?

Você pode até detestar o sabor, mas tem um ótimo motivo para gostar dele a partir de agora.

óleo de rícino emagrece ou não
Crédito: Pxhere

Dietas malucas, receitas inusitadas e exercícios físicos existem aos montes para quem quer perder peso. Alguns produtos presentes na despensa para certas funções ajudam a eliminar gordurinhas, como é o caso do óleo de rícino. Sim, o óleo de rícino emagrece e traz inúmeros outros benefícios à saúde.

Óleo de rícino emagrece ou engorda?

Talvez a palavra “óleo” te dê a falsa impressão que o produto ajude a ganhar peso em vez de eliminar, mas não se engane. Também chamado de óleo de mamona, ele é obtido das sementes da planta Ricinus communis e contém entre 70% e 80% dos triglicerídeos do ácido ricinoleico, sendo o restante ácido linoleico, oleico e palmítico.

O ácido ricinoleico apresenta propriedades antibacterianas, analgésicas e anti-inflamatórias. Dessa forma, compressas com óleo de rícino são utilizadas para reduzir inflamações, melhorar a assimilação intestinal e estimular as regiões onde há gordura localizada.

Além disso, o óleo de rícino emagrece porque tem ação laxante e elimina as gorduras e toxinas do corpo. Ele também ajuda a diminuir os sintomas do período menstrual, como o inchaço e cólicas. Mas atenção: o uso do óleo de rícino deve ser feito com responsabilidade e nunca em excesso, caso contrário pode provocar problemas.

O ideal é consultar um médico e receber orientação profissional para perder peso. Vale lembrar, inclusive, que o produto não faz milagres e que deve ser combinado com uma dieta regrada e exercícios físicos para um emagrecimento saudável.

Como tomar óleo de rícino para emagrecer

Existem duas formas de usar o óleo para diminuir as medidas:

  • Tópico: compressas de óleo de rícino nas regiões de gordura localizada podem ser feitas, mas o ideal é aplicar uma colher de sopa por vez e massagear para ativar a circulação e permitir que a pele absorva melhor o óleo;
  • Oral: o óleo de rícino não é tóxico como o fruto da mamona e pode ser ingerido, porém com parcimônia! Uma colher de sopa por dia é o máximo, caso contrário pode provocar diarreia e desidratação.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Conheça cinco funções do óleo de rícino que você não sabia:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

chá de folha de abacate

Chá de folha de abacate: os benefícios e como preparar

óleo de rícino para acne

Como usar óleo de rícino para acne e para outros problema de pele