em

AmeiAmei FofoFofo Meu Deus!Meu Deus! EstranhoEstranho

Mitos e verdades sobre a caspa

Muitas informações acabam se perdendo, dando lugar a diversos mitos, que não têm nenhuma comprovação científica. A caspa é mais um desses casos

Não é só da saúde dos fios que devemos cuidar. De nada adianta cremes e outros tratamentos se o couro cabeludo não for devidamente tratado. Muitos são os problemas que podem aparecer nele e, quando não damos a devida atenção, os mesmos podem se desenvolver para algo mais grave.

O problema mais comum é a dermatite seborreica ou, como é popularmente conhecida, a caspa. Todos conhecemos os sintomas: coceira, irritação e descamação da pele do couro cabeludo. A caspa nada mais é do que o couro cabeludo renovando suas células, mas em ritmo acelerado. E, devido a essa aceleração, ocorre uma inflamação. A caspa é o nome dado a essa inflamação.

É um problema de pele que não em cura, e pode aumentar em algumas situações como o clima seco do inverno, o estresse, lavar a cabeça com água muito quente, alguma disfunção hormonal, excesso de álcool ou de comida gordurosa.

A caspa não é contagiosa e afeta homens e mulheres de todas as idades. A doença nada mais é do que uma troca acelerada da pele na área do couro cabeludo.

Confira agora os mitos que se originaram:

Mitos

1. Usar o mesmo pente que uma pessoa com caspa, ao contrário do que se acredita, não fará com que você “pegue” a caspa. Não é uma doença contagiosa;

2. A caspa não provoca calvície. Isso porque as células que inflamam são da pele e não do cabelo. Mas, se a caspa não for tratada, ela pode acelerar a queda do cabelo.;

3. Lavar o cabelo todos os dias não provoca caspa. Inclusive o tratamento para combater essa inflamação é consiste em lavar a cabeça todos os dias, para retirar a pele que descamou, fazendo com que o xampú de tratamento consiga agir melhor;

4. O uso de chapéus e bonés não causa caspa. Mas pode piorar o quadro de quem já a tem, pois eles impedem que o couro cabeludo respire.

Verdades

1. Banho quente e demorado pode provocar caspa. Água quente torna a pele do couro cabeludo mais oleosa, o que facilita o crescimento de fungos associados à caspa;

2. O nervosismo pode causar caspa. Como já dito acima, fatores como nervosismo, estresse e clima muito seco podem ser facilitadores para o aparecimento da caspa;

3. Xampus anticaspa de supermercado funcionam, mas apenas nos casos em que a caspa é leve.

Tratamentos para combater a caspa

Existem diversas receitas e métodos para combater a caspa. Confira duas delas a seguir:

Receita com suco de limão

Se as caspas estão te incomodando, você pode fazer a seguinte receita para acabar com elas:

Ingredientes

  • Limão: 4 colheres de sopa, apenas o suco
  • Vinagre de maça: 4 colheres de sopa

Como usar?

1. Misture os dois ingredientes e massageie o couro cabeludo com essa mistura;

2. Deixa agir por 5 minutos, lavando os cabelos normalmente a seguir.

Dica: de preferência, use um xampu neutro para essa limpeza.

Essa receita é mais indicada para ser usada à noite, pois o limão, quando exposto ao sol, pode causar queimaduras na pele.

Receita com maçã e alecrim

Se os pontinhos brancos não deixam você em paz, conheça essa receita para dizer adeus a eles:

Ingredientes: 

  • Água: 1/2 litro
  • Alecrim: 3 colheres de sopa
  • Vinagre de maçã: 1 colheres de sopa

Como usar?

1. Ferva a água e adicione o alecrim, desligando o fogo logo em seguida;

2. Misture o vinagre;

3. Coe e espere esfriar;

4. Após o banho, coloque a mistura no couro cabeludo, massageando levemente durante 5 minutos. Não é preciso retirar.

Importante: as dicas do site não substituem uma consulta ao médico!

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

10 mitos da alimentação
Vantagens da dieta vegetariana