em

Médicos encontram bola de cabelo de 1,3 kg em estômago de jovem

A britânica tinha o hábito de chupar os cabelos para se acalmar

Crédito: Freepik

Todo mundo tem suas manias, mas algumas podem não ser assim tão inofensivas. Por exemplo, roer as unhas pode acabar terminando em perfurações internas ou até mesmo feridas nas pontas dos dedos que nunca cicatrizam. A mania de lavar as mãos acaba eliminando a oleosidade natural da pele e complicando casos de alergia, descamação ou ressecamento.

Outra mania bem conhecida é a de arrancar pelos e cabelos, que tem inclusive nome próprio: tricotilomania. É uma desordem de cunho psicológico, onde a pessoa acaba retirando fios de cabelo ou pelos da sobrancelha e outras partes do corpo. Algumas inclusive, têm o costume de colocar na boca, mastigar e engolir, o que dá-se o nome de tricofagia.

E foi exatamente esse o motivo para que a segunda maior bola de cabelo do mundo fosse encontrada no estômago de Jasmin Percival, na Inglaterra. Conheça a sua história.

Entenda como essa bola de cabelo se formou

Médicos encontram bola de cabelo de 13kg em estômago de jovem como
Crédito: Reprodução

Jasmin, moradora de Londres, foi salva por uma equipe médica dedicada depois de sentir fortes dores abdominais. Ela tem 23 anos e sinta desconforto abdominal desde os 14, piorando com o tempo. Nesse meio tempo, foi diagnosticada com síndrome do intestino irritável e outras doenças, mas ninguém desconfiava que a causa de tudo era simplesmente cabelo.

Como os tratamentos não faziam mais efeito, a equipe médica decidiu fazer uma cirurgia invasiva, com caráter investigatório, para descobrir o que estava acontecendo. E foi quando teve uma grande surpresa ao abrir o estômago de Jasmin: lá encontraram a segunda maior bola de cabelo dentro de estômago do mundo.

Uma massa de 1,3 kg moldada como um novelo de lã, entrelaçada com substâncias não reconhecíveis ocupava a região impedindo a mulher até de se alimentar. Ela chegou ao ponto de ficar extremamente magra, por não ter mais como se alimentar. Em sua última crise de dor, sua mãe a levou para a emergência e não saiu até que encontrassem a solução.

Quando a massa de cabelo foi retirada do seu estômago, os problemas acabaram, porém, se ela voltar a engolir os cabelos, certamente estará com problemas sérios. Por isso, ela decidiu por um fim nisso e está fazendo tratamento médico e psicológico, além de prender o cabelo bem alto, para que não consiga arrancar ou morder as pontas.

Veja também: deficiência de vitamina B12 provoca sinais de demência em mulher de 61 anos

casados há 50 morrem com 5 minutos de diferença

Idosos casados há 50 anos morrem com cinco minutos de diferença

sinais que seu cachorro está doente

10 sinais que seu cachorro está doente e você precisa tomar providências