em

Gengibre: 5 situações em que NÃO deve consumi-lo.

Apesar de oferecer muitos benefícios para a saúde, há condições em que o consumo do gengibre deve ser evitado por causa dos efeitos colaterais.

Muito se tem falado dos benefícios do gengibre para a saúde, que de fato são reais, como para melhorar a pressão sanguínea, a digestão, o sistema imunológico e acelerar o metabolismo. Além disso, ele possui efeitos anti-inflamatórios.

No entanto, por ser uma raiz forte, seus efeitos podem gerar problemas para pessoas em determinadas condições. Veja quais são e fique atento:

1. Gestação

No início da gravidez o gengibre pode até ajudar no alívio das náuseas, mas ele deve ser evitado nos últimos meses pois há risco de inibir a absorção das vitaminas e minerais que o sangue envia para o bebê.

2. Pedra na vesícula

Quem sofre com pedras na vesícula (cálculo biliar) deve evitar o consumo de gengibre em grandes quantidades, pois ele pode estimular a produção de bílis, causando dores e movimentação das pedras.

3. Uso de medicamentos

Pelo efeito que causa na pressão arterial e no metabolismo, é recomendado que o gengibre seja evitado por quem toma medicação para pressão, para diabetes ou anticoagulantes. Não é comprovado que ele cause efeitos colaterais, mas é melhor prevenir e conversar com seu médico antes de consumir gengibre.

4. Baixo peso

Para quem está em processo de perda de peso o gengibre é um aliado, pois além de acelerar o metabolismo e ajudar na queima de gordura, ainda atua como inibidor de apetite. Porém, justamente por causar estes efeitos ele deve ser evitado por quem está abaixo do peso ideal ou fazendo dieta para engordar.

5. Problemas sanguíneos

Apesar de ajudar na circulação do sangue de pessoas obesas ou com doenças cardíacas, dilatando os vasos para permitir maior passagem de sangue, este efeito pode ser prejudicial a quem tem doenças que envolvam o desequilíbrio da produção de plaquetas. Nestas situações, as pessoas sofrem com sangramentos repentinos e a falta de coagulação do sangue, então o gengibre pode ser um vilão.

De qualquer maneira, consultar seu médico é sempre a melhor opção para ter certeza sobre o consumo do gengibre e de outros alimentos, evitando efeitos indesejados que prejudiquem a saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

Comentários

comentários

Os benefícios do óleo de lavanda para a saúde
Chocolate é bom para combater a tosse, diz médico