em

AmeiAmei

Infecção urinária: causas, sintomas e tratamento

Saiba de que forma essa doença afeta homens e mulheres.
infecção urinária tratamento sintomas
Crédito: Freepik

Infecção urinária é o quadro que ataca o sistema urinário – rins, bexiga, uretra e ureteres. Isso é causado pela presença anormal de micro-organismos nessa região. É normal haver bactérias no sistema urinário, mas o organismo trata de expelir elas. Quando elas se multiplicam muito, a defesa do corpo não dá conta. É assim que se inicia o problema.

Apesar de a infecção urinária ser mais comum entre as mulheres, homens também podem contrair a doença. Há quatro tipos dessa infecção, mas as mais comuns são as que atacam a bexiga e a uretra, mais conhecidas como cistite e uretrite. As causas e sintomas variam de homens para mulheres. Veja abaixo um pouco sobre cada caso.

Infecção urinária nos homens

infecção urinária nos homens
Crédito: Freepik

 

Essa infecção costuma atingir homens a partir dos 50 anos. A prevalência é em homens que praticam sexo anal com frequência e que não passaram pela circuncisão. Indivíduos que por algum motivo tem a saída da urina bloqueada ou usem sonda para urinar também têm altas chances de desenvolverem a doença.

Sintomas

Nem todo homem apresenta sintomas de infecção urinária, sendo diagnosticados apenas em exames de rotina. Mas há aqueles que apresentam, portanto esteja atento a qualquer um dos que aparecem na lista a seguir:

  • Vontade constante de urinar;
  • Ardência e dor ao urinar;
  • Incontinência urinária;
  • Urina com forte odor;
  • Febre baixa;
  • Urina com sangue;
  • Dor na virilha ou na região do fim das costas.

Tratamento e prevenção

O tratamento da infecção urinária aplicado aos homens é exatamente o mesmo aplicado às mulheres. Após dois dias de início do tratamento, os sintomas devem desaparecer. Há casos que esse tempo chega a uma semana. Em caso de prevalência por mais do que uma ou duas semanas, pode ser o caso de necessitar internação.

A prevenção reside em atos simples. Beber muita água e não segurar a urina por muito tempo é essencial. Homens não circuncidados não devem ter relações sexuais – principalmente a prática anal – com muita frequência sem camisinha.

Infecção urinária nas mulheres

infecção urinária nas mulheres
Crédito: Freepik

Entre 80 e 90% das mulheres pode contrair infecção urinária. Isso acontece, na maioria dos casos, quando as bactérias que vivem no intestino entram em contato com a flora vaginal. Mas resolver esse problema não é tão complicado. O problema pode ser tratado com antibióticos e remédios para melhorar a dor, caso a paciente esteja sentindo muito desconforto.

Sintomas

Se você não sabe detectar os sintomas, confira alguns sinais:

  • Ardência na hora de urinar;
  • Ir toda hora ao banheiro;
  • Xixi com a cor diferente ou com presença de sangue;
  • Dores e desconforto na região pélvica.

O mais importante a se fazer, assim que notar alguns desses indícios acima, é um exame de urina. Preste muita atenção: caso essa infecção tenha mais três ocorrências por ano, marque uma consulta com um médico para avaliar melhor e investigar mais a fundo a situação.

Tratamento e prevenção

O tratamento costuma ser rápido, à base de antibióticos. Em casos mais simples, tomar o medicamento por três dias resulta automaticamente em melhora. Se necessário, uma semana com o remédio e a infecção é eliminada. O mais importante, no entanto, é a prevenção para que a doença não seja contraída. Confira algumas dicas abaixo:

  • Não descuidar da higiene das partes íntimas;
  • Não segurar a vontade de urinar e acabar passando um longo período sem ir ao banheiro;
  • Beber bastante água. O ideal é que seja mais de dois litros diariamente;
  • Relaxe. O estresse afeta o estado geral do corpo e baixa a imunidade;
  • Após o sexo é importante urinar para ajudar a eliminar bactérias do canal da uretra.
Dica: Cuide da higiene e beba bastante água

Tanto homens quanto mulheres não podem descuidar da higiene de suas partes íntimas. Principalmente antes e depois do sexo. Beber bastante água todos os dias também pode ser uma forma eficaz de prevenir o problema.

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários
5 formas de usar bicarbonato de sódio para melhorar a saúde
Microbiologista renomado dá dicas infalíveis de higiene para a cozinha!!