ervas daninhas indicam sobre a terra
Crédito: Freepik
em

O que essas 5 ervas daninhas indicam sobre a terra

Ao invés de arrancá-las, procure saber o que elas estão informando sobre a qualidade do seu solo

Publicidade

As ervas daninhas são aquelas plantas que crescem naturalmente no solo, sem que você as plante. Elas geralmente são removidas, pois consomem os nutrientes que você quer que suas plantas consumam.

Mas, as ervas daninhas não são inúteis. Também chamadas de plantas indicadoras, elas ajudam no desenvolvimento de certas plantas e servem de termômetro para as qualidades e deficiências do seu solo.

Quando você sabe quais são as condições de solo que certas ervas daninhas preferem para crescer, consegue descobrir se há algum nutriente faltando ou sobrando na terra onde tem o seu jardim ou a sua horta. Com isso, é possível deixar o solo mais adequado para cultivo do que você quiser. Veja esses exemplos.

1. Trevos

Crédito: Freepik

Os trevos são bonitinhos e também servem para comer. Então, quando for removê-los, se o seu solo for orgânico (sem pesticidas e outros químicos), você pode aproveitar para incluir os trevos nas suas refeições.

Publicidade

Quando você percebe trevos crescendo na terra do seu quintal ou horta, significa que o pH do solo está baixo, em torno de 4,0 a 4,5, e que está faltando cálcio. Se você tem plantas que precisam de mais cálcio e elas não estão se desenvolvendo bem, acaba de descobrir o motivo.

2. Erva-lanceta

Crédito: Reprodução

Essa erva daninha, também chamada de arnica e macela miúdo, é bonita, produzindo pequenas flores amarelas no topo de seus galhos finos. Quando existem essas plantas crescendo espontaneamente no seu jardim, é sinal de que o solo está com pH em torno de 4,5, o que pode ser baixo para boa parte das plantas, então você pode enriquecê-lo para torná-lo mais equilibrado.

3. Tagetes

Crédito: Reprodução

Muita gente planta tagetes porque são lindas flores, que servem de protetoras para plantas mais sensíveis que pegam pragas com frequência. Quando a tagetes cresce no seu quintal, pode ser sinal de presença de nematoides, que são vermes. A própria planta os mata com substâncias que suas raízes liberam, então não remova as tagetes do seu jardim.

Publicidade

4. Tanchagem

Crédito: Reprodução

A tanchagem é uma planta muito usada para fazer chás, devido suas propriedades de cicatrização e fortalecimento da imunidade. Essa erva cresce em solos pobres, compactados e com baixa quantidade de cálcio.

5. Dente-de-leão

Crédito: Reprodução

Essa é uma das plantas mais comuns que nascem espontaneamente em todo tipo de quintal, terreno abandonado ou mesmo pelas beiras das calçadas. Quando você tem dentes-de-leão na sua casa, sem tê-los plantados, quer dizer que o solo está equilibrado mais para ácido, entre 5 e 6,8. Ele cresce bem em solos com boa drenagem e profundos.

o que é lipedema

Conheça a diferença entre excesso de peso e lipedema

como usar Óleo de krill

Óleo de krill: uma rica fonte de ômega-3 para a saúde