dor na vagina
Crédito: Freepik
em

Dor na vagina é sinal de doença?

Qualquer mudança observada na vagina merece atenção médica, pois essa é uma área muito sensível da mulher

Publicidade

Nem sempre a dor na vagina é um sinal de doença. Mas, se vier acompanhada de outros sintomas, o melhor a fazer é ir ao ginecologista para ter a certeza do que se trata e, se for necessário, começar um tratamento. Veja quais são as principais causas de dor na vagina.

Gravidez

Quando a gestante está por volta do terceiro trimestre de gestação, pode acontecer de sentir um desconforto na vagina. Isso acontece porque o bebê está grande e começa a pressionar a região pélvica. Se a dor for persistente e muito incômoda, e se tiverem outros sintomas, é importante informar ao obstetra para avaliar a condição geral da mãe.

Roupa muito apertada

Quando a mulher usa calças e shorts muito apertados e de tecidos sintéticos, ela cria um ambiente quente e úmido na vagina, favorável ao desenvolvimento de fungos e bactérias que podem dar origem a uma infecção urinária ou vaginal. Os sintomas variam conforme o tipo de infecção e, nesse caso, a mulher deve ir ao ginecologista para saber qual tipo de infecção está desenvolvendo e começar um tratamento antes que o problema se agrave.

Veja quais são os sintomas de vaginose bacteriana e de candidíase

Publicidade

Alergias

Muitas mulheres têm alergia a certos tecidos das calcinhas, ao látex do preservativo, ao sabonete, absorvente, papel higiênico e até mesmo ao sêmen. Ao notar sintomas como dor, coceira, vermelhidão e inchaço na vagina, o ginecologista deve ser consultado e é importante se lembrar do que usou de diferente em contato com a vagina que possa ser a causa da alergia.

Infecções Sexualmente Transmissíveis

Nem toda IST vai causar dor na vagina, mas é bem comum acontecer, junto com outros sintomas desagradáveis. Essas infecções são causadas por vírus, fungos ou bactérias que são transmitidas no ato sexual sem preservativo. Podem surgir irritação na vagina, verrugas, feridas, mau cheiro, corrimento, caroços, ardência e dor. O ginecologista deve ser consultado para fazer exames, diagnosticar o problema e começar o tratamento o quanto antes.

Veja também: o que é clamídia – uma infecção sexualmente transmissível 

Publicidade

Cistos

O cisto no ovário pode alterar a anatomia da vagina e causar dor. Existem também os tipos cisto de Bartholin e o cisto de Skene, que são cistos formados em glândulas que estão localizadas na vagina. Os cistos são como bolsas cheias de líquidos, e podem levar a sangramentos fora do período menstrual, dor na hora do sexo, atraso na menstruação, e dor na vagina. O tratamento vai depender de cada caso, e pode ser desde o uso de anticoncepcional até cirurgia de remoção do cisto.

Vaginismo

O vaginismo é quando a mulher sente muita dor na hora do sexo, com muita dificuldade para a penetração do pênis na vagina. Essa condição pode acontecer depois ou durante alguma doença genital ou devido a um trauma psicológico, como abuso sexual, parto traumático ou uma cirurgia. Existem tratamentos e terapias para o vaginismo, e o primeiro passo para resolver é conversar com o ginecologista sobre os sintomas.

Problemas psicológicos em crianças

Problemas psicológicos em crianças: sintomas e como ajudar

ageísmo

Você já sofreu com o ageísmo? Conheça essa forma de discriminação contra idosos