em

DIU de cobre: preço, vantagens e desvantagens

Pensando em alternativas para a pílula? Saiba mais sobre como funciona o DIU

diu de cobre
Crédito: Freepik

O DIU de cobre é um entre muitos métodos contraceptivos usados pelas mulheres. Ele é do tipo que não contém hormônios, então é recomendado para as mulheres que não se adaptam bem aos métodos hormonais. Saiba agora como ele funciona no corpo, vantagens, desvantagens, como ele é colocado e quanto tempo dura no organismo.

Veja também: métodos contraceptivos naturais

Como funciona?

como funciona o diu de cobre
Crédito: Unimed Fortaleza

O DIU de cobre é um Dispositivo Intra Uterino que tem o formato de um T com tamanho semelhante ao de um dedo. Ele é intra uterino porque é colocado no útero da mulher através da vagina e lá vai ficar cumprindo com sua função por um período que varia de 5 a 10 anos.

Como ele não contém hormônios, funciona de forma diferente. A haste do DIU é revestida por uma camada do mineral cobre. Esse mineral é liberado dentro do útero em quantidades mínimas por dia, tornando o ambiente infértil para os espermatozoides, mas sem causar danos à saúde da mulher.

Vantagens e desvantagens

Mesmo parecendo a solução perfeita para quem não quer tomar hormônios ou ficar lembrando do anticoncepcional todos os dias, ele tem também suas desvantagens. Por isso é importante ter uma boa conversa com o ginecologista antes de aderir a essa opção.

Vantagens

  • Não contém hormônios;
  • Fica por anos no organismo sem incomodar;
  • Não precisa lembrar de tomar anticoncepcional todos os dias;
  • Custa pouco;
  • Nenhum medicamento interfere na sua eficácia;
  • Retomada imediata da fertilidade após remover o DIU.

Desvantagens

  • Aumento do fluxo menstrual e dos sintomas da TPM;
  • Não previne contra Doenças Sexualmente Transmissíveis;
  • Meninas com menos de 14 anos ou virgens não podem usar;
  • Risco de movimentação interna do dispositivo.

DIU de cobre engorda?

Geralmente são os métodos hormonais que fazem algumas mulheres engordarem com mais facilidade, mesmo que a culpa não seja do anticoncepcional, e sim, das alterações hormonais que ocorrem no corpo e da predisposição de cada pessoa ao ganho de peso. Como esse DIU não tem hormônios, ele não interfere no peso.

Veja também: vantagens e desvantagens do DIU Mirena

Qual o preço?

Existe uma variação de preço conforme a farmácia que for comprar, mas, de modo geral, custa na média de R$ 70 a R$ 100. Pode parecer caro, mas lembre-se que é um investimento que vai durar, no mínimo, 5 anos.

Como é colocado?

A colocação é feita pelo ginecologista, no consultório mesmo. O médico sabe exatamente em que parte do útero o DIU deve ficar encaixado e precisa de um local apropriado para fazer esse procedimento, utilizando suas ferramentas de trabalho e boa iluminação, por isso não é possível e nem seguro fazer por conta própria.

A colocação é bem rápida, como um exame papa-nicolau normal, depois a mulher já sai do consultório para fazer suas atividades normais.

Algumas podem sentir certo desconforto nos primeiros dias, o que é normal na fase de adaptação. Mas se sentir um desconforto que achar estranho ou perceber algum sangramento que não deveria acontecer, volte ao ginecologista para que ele veja o que pode ser.

Confira os detalhes da colocação do DIU assistindo ao vídeo:

diu mirena

DIU Mirena: preço, vantagens e efeitos colaterais

hipertireoidismo

O que é hipertireoidismo, os sintomas e tratamentos