Castração de animais
Crédito: Freepik
em

Castração de animais: saiba por que é importante e como funciona

Optar por castrar seu pet é oferecer mais qualidade de vida a ele e mais tranquilidade para a convivência entre vocês

Publicidade

Castrar cães e gatos é importante porque evita a reprodução descontrolada e tantos filhotes abandonados por aí. Além do mais, a castração de animais previne algumas doenças, ajudando os pets a terem mais qualidade de vida. Então, se você ainda castrou seu cão ou gato, veja mais sobre a importância desse procedimento e como ele é feito.

Castração de animais é solução simples e eficaz

Já listamos que um dos motivos para fazer a castração de animais é evitar que eles se reproduzam e tenham filhotes inesperados, que podem acabar nas ruas ou em abrigos lotados.

Também tem o motivo da prevenção de doenças, por exemplo, tumores de mama nas fêmeas e de próstata nos machos. Portanto, há ótimos motivos para você optar pela castração do seu pet.

Se o problema é o medo de que seu pet possa ter efeitos colaterais, é bom você saber que a castração de animais é um procedimento simples, rápido e exige sim alguns cuidados pós-operatórios, mas nada muito complicado.

Publicidade

Mudanças de comportamento

Depois que a castração é feita e o animal se adapta, o comportamento dele pode mudar um pouco, já que a produção hormonal vai ser diferente.

Então, um dos principais cuidados que os tutores devem ter é com a alimentação e os exercícios do pet, já que existe maior risco de ele engordar e sofrer com a obesidade.

Entre as mudanças de comportamento, é comum notar que os pets ficam mais tranquilos e com menos necessidade de demarcar território, mas a castração não prejudica os demais instintos, como os reflexos para se defender.

Publicidade

Como é feita a castração de animais?

O primeiro passo é levar seu pet ao veterinário. Será feita uma avaliação da saúde dele e alguns exames para garantir que ele esteja apto a passar pelo procedimento.

O preparo para a cirurgia consiste em o pet fazer jejum de 12 horas para evitar que vomite ou regurgite enquanto estiver desacordado.

Para o momento da cirurgia, o pet recebe anestesia geral e é mantido no soro, e por isso pode não ter apetite naquele dia após a operação.

Publicidade

Nas fêmeas, a castração consiste em remover o útero e os ovários, portanto, é uma cirurgia um pouco mais invasiva, com uma incisão no abdômen, por onde os órgãos são removidos, depois são feitos pontos.

Nos machos, os testículos são removidos. São feitas pequenas incisões e removidos um testículo de cada vez. Com uns 3 pontinhos a incisão é fechada e está terminado. A pele do saco escrotal pode ser mantida vazia ou removida.

Veja também: Como resgatar cachorro abandonado passo a passo

Publicidade

Cuidados depois da cirurgia

Terminada a cirurgia, o pet poderá ter que ficar algumas horas em observação na clínica ou hospital até se recuperar da anestesia e apresentar um quadro estável de saúde.

Depois, em casa, é importante manter o pet tranquilo, sem correr nem pular, pelo menos nos 3 primeiros dias para evitar que os pontos abram.

Se o seu pet começar a lamber ou coçar o local dos pontos, é recomendado colocar um colar elisabetano nele, mesmo que vá incomodar um pouco. Proteger os pontos é essencial para prevenir infecções e cirurgias de emergência.

Publicidade

Veja também: Cachorro marcando território em casa: por que acontece e como evitar?

Como descongelar frango

Como descongelar frango sem estragar a carne: 4 formas

Como higienizar alimentos e embalagens

Como higienizar alimentos e embalagens passo a passo