em

Casar faz bem para a saúde: mito ou verdade?

Segundo estudo, casar faz bem para a saúde da mulher e do homem

Casar faz bem para a saúde
Crédito: Freepik

Já foi comprovado que o casamento engorda, mas será que casar faz bem para a saúde? De acordo com um estudo, sim. Muitas pessoas defendem os benefícios de ser solteiro, mas não compreendem os da vida de casado.

Não se está falando de casamento sologâmico, essa versão moderna de casar-se consigo, mas aquele à moda antiga, quando se une a outra pessoa com o objetivo de passarem o resto da vida juntos.

Saiba que existem, sim, muitos benefícios no casamento, indo além do senso comum. Exemplos simples são ter alguém presente para compartir os momentos, dividir as preocupações e até as contas da casa. Além disso, sonhar, planejar e conquistar juntos é uma das coisas mais gratificantes em sociedade.

Porém a ciência afirma que pode ir bem além disso, mostrando que o casamento faz bem não somente para o coração, mas também para a saúde física. Foi o que provaram estudos realizados nos Estados Unidos.

Por que casar faz bem para a saúde?

Casar faz bem para a saúde por que
Crédito: Freepik

Sim, casar é excelente para a sua saúde – claro que em situações naturais, com relacionamentos saudáveis e equilibrados. Isso é o que afirma um estudo realizado pela Universidade Carnegie Mellon, sediada nos Estados Unidos. Também a revista científica da Universidade de Harvard trata sobre o tema. Veja de que forma o casamento é bom para a saúde, de forma geral.

1. Reduz o estresse

Um estudo foi realizado com 572 pessoas, de ambos os sexos, com idade entre 21 e 55 anos, casadas, separadas, casadas pela segunda vez, viúvas e solteiras. O método era coletar a saliva pela manhã e pela tarde, em dias alternados, e ver como estava a quantidade de cortisol. Esse é o hormônio do estresse, quanto maior, maiores as chances de se estar sofrendo do mal.

Foi apontado que em pessoas casadas, a quantidade de cortisol na saliva reduziu muito mais rapidamente, da manhã para a tarde, do que naquelas que não estavam casadas. Isso faz uma grande diferença, protegendo o organismo a nível celular. Desse modo, as pessoas em um casamento tinham menores chances de contrair doenças mais graves.

2. Faz bem para o sistema cardiovascular

Já para a revista especializada em saúde de Harvard, o casamento faz bem para o coração, imunidade, saúde mental e, ainda por cima, provê um estilo de vida mais saudável. Um dos motivos é a redução da carga de estresse, que reduz a quantidade de cortisol, consequentemente, a chance de ter inflamações em artérias e afins.

Além disso, um estudo realizado com 25 mil pessoas no Reino Unido comprovou que os casados tinham uma saúde cardiovascular melhor. Para ele, tinham em média “14% mais chances de sobreviver e puderam deixar o hospital dois dias antes do que as pessoas solteiras que tiveram um ataque cardíaco”.

3. Aumenta a imunidade

Novamente a redução do cortisol permite que seu corpo possa focar em combater doenças do que somente proteger as células de ataques dos radicais livres. Isso por consequência, leva a um aumento da imunidade, porque o esforço não está tão direcionado. Como resultado, é mais difícil que doenças oportunistas se instalem tão facilmente.

E foi exatamente o que a revista apontou, afirmando que as pessoas felizes têm uma imunidade mais fortalecida. Para os autores, “altos níveis de cortisol podem prejudicar a função imunológica” e a felicidade é o oposto do estresse, fazendo com que as quantidades desse hormônio acabem se normalizando.

4. Melhora a saúde mental

De acordo com a revista de saúde de Harvard, “apoios sociais deficientes têm sido fortemente associados a taxas mais altas de depressão, solidão e isolamento social, que por sua vez têm sido associados a resultados de saúde mais desfavoráveis”.

Quando se está em um casamento saudável, a troca de ideias, frustrações e alegrias ocorridas durante o dia é um alento para pessoas com ou sem tendência a doenças associadas à mente, como a depressão.

5. Influencia um estilo de vida saudável

Para a revista, a tendência de que os casados corram menos riscos é maior, preservando assim a integridade física da pessoa. Além disso, com o casamento, os cuidados com consultas médicas mais periódicas, bem como a obediência aos tratamentos, acabam sendo maiores.

Outro ponto observado pela equipe de pesquisa de Harvard, é que aqueles que estão casados se alimentam de forma mais consciente, em geral, se comparados a pessoas solteiras. Também o estilo de vida é mais saudável, resultando assim em melhores condições em geral.

Casar faz bem para a saúde sempre?

Casar faz bem para a saúde sempre
Crédito: Freepik

Esse é um ponto delicado que se deve sempre questionar. Será que todo casamento é realmente saudável? Há algumas décadas que a visão sobre o casamento tem se modificado. Antes, era visto como uma instituição imutável, na qual se era obrigado a passar o resto da vida com aquela pessoa que “Deus uniu”.

A partir daí, muitos abusos, maltratos e subjugações aconteceram. Em escala mais leve, acontecia também de pessoas estarem juntas não por amor, mas por convenção social. Na realidade, pode-se observar o mesmo ainda nos dias de hoje, mas por motivos diferentes. Será que esses relacionamentos realmente são bons para a saúde?

É importante que mulheres e homens saibam que existem diversas opções para se viver e que o casamento deve ser um troca saudável e prazerosa, não uma exigência social. Quando –  independente de discussões eventuais – o casal se dá bem e se ama de verdade, vai, sim, fazer muito bem.

Porém muitos são os casos de relacionamentos abusivos, no qual um dos parceiros pode acabar sendo oprimido e ferido – física e emocionalmente –  pelo outro. Nesse caso, o ideal é se afastar e reconstruir a vida da melhor forma. Se você passa por isso ou conhece alguém que sofra de violência doméstica, procure ajuda.

Existem diversas formas de atendimento à mulher que sofre com abusos e violência, além do excelente serviço prestado pelo Centro de Valorização da Vida (CVV), que atende tanto via chat online, quanto por ligação telefônica. O CVV vai te ouvir de forma anônima e te ajudar, seja para desabafar, para encontrar caminhos ou até mesmo pedir socorro.

estresse dos donos contagia os caes

Estresse dos donos contagia os cães, diz estudo

filtro de barro brasileiro

Filtro de barro brasileiro é o mais eficiente do mundo