em

Comer carne de porco faz mal à saude?

Existem doenças que podem ser transmitidas ao corpo humano pela carne de porco mal preparada

carne de porco faz mal
Crédito: Freepik

Apesar de a quantidade de pessoas vegetarianas e veganas têm aumentado exponencialmente, ainda há muita gente que come carne. Por ser um alimento perecível, o cuidado no preparo e nas formas de armazenamento são essenciais. Alguns tipos de carne são ainda mais perigosos. Veja em que sentido a carne de porco faz mal à saúde e como prepará-la do jeito certo.

Carne de porco faz mal: sim ou não?

carne de porco faz mal mesmo ou não
Crédito: Freepik

Sim, a carne de porco faz mal à saúde quando é preparada do jeito errado. Ou seja, quando não é cozida o suficiente para ser consumida sem risco.

Quando ocorre de ingerir uma carne de porco mal cozida, vai ingerir também parasitas comuns desse tipo de carne, embora dependa da sua procedência.

Ao ingerir esses parasitas, quando chegam ao estômago vivos, vão depositar ovos que eclodem com vermes causadores de graves danos no organismo. Esses parasitas são Taenia Solium, causadora da cisticercose, a Trichinella spiralis, causadora da triquinose, a E. Coli, a Salmonella, a E. Pylori e tantas outras.

Cada tipo de doença afeta o sistema gastrointestinal e, se os parasitas forem para a corrente sanguínea, podem chegar ao cérebro e serem fatais.

Cuidados a ter

Por causa dessa doença grave, comer carne de porco em qualquer lugar não é recomendado. Se for grande apreciador, opte por preparar a carne de porco em casa, tomando bastante cuidado.

Prefira utilizar suco de limão e um pouco de alecrim para temperar a carne, pois o ácido do limão vai eliminar fungos e bactérias.

Deixe ferver bem a carne quando a cozinhar. Após desligar o fogo, aguarde três minutos antes de cortá-la em pedaços.

Se seguir esses passos irá remover os parasitas que se encontram na carne de porco. Sem esquecer do fundamental, que é lavar muito bem as mãos antes de preparar a carne.

Benefícios da carne de porco

carne de porco benefícios à saúde
Crédito: Freepik

Ainda que precise ter cuidados especiais no preparo antes de comer, ela é uma carne que tem seus benefícios nutricionais. Por exemplo, na parte do lombo tem menos calorias do que em uma coxa de frango ou um filé mignon.

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco), em uma porção com 100 gramas de lombo de porco assado consome-se 210 kcal, 35.7 gramas de proteínas, 103 miligramas de colesterol e zero carboidratos. Possui vitaminas do complexo B, fósforo, selênio, potássio, zinco e ferro.

É uma boa opção para recuperar a musculatura do exercício físico ou de uma torção, atua como antioxidante, protegendo as células do ataque de radicais livres. Um bife de lombo de porco fornece uma ótima quantidade de niacina, nutriente que ajuda a queimar calorias.

Escolhendo o corte certo de carne, com menos gordura, e preparado de forma segura, é uma ótima carne para incluir no cardápio semanal.

Como preparar carne de porco corretamente?

A carne de porco segura para consumo precisa, antes de tudo, ser de qualidade. Só consuma a carne que você conhece a procedência e que esteja com ótimo aspecto. O segundo passo é mantê-la bem refrigerada e, se não for consumir no mesmo dia, deve congelar.

Se for consumir no mesmo dia, mesmo assim mantenha a carne refrigerada antes de temperar ou enquanto deixa marinar com tempero.

Prefira usar temperos com limão ou vinagre para que eles ajudem a matar as bactérias e outros micro-organismos potencialmente nocivos à saúde.

Na hora de preparar a carne, seja frita, cozida, assada ou grelhada, deixe cozinhar muito bem, acima de 160ºC, até ficar bem passada, para garantir a eliminação dos organismos nocivos. Coma assim que preparar.

Se sobrar, armazene em um recipiente de vidro com tampa na parte de cima da geladeira e consuma em até 2 dias.

Comer carne de porco na gravidez faz mal?

carne de porco faz mal para gestante
Crédito: Freepik

O risco de comer carne de porco durante a gestação fica por conta dos mesmos motivos já mencionados, que são as doenças parasitárias. Claro que o risco é maior nas gestantes, porque colocam em risco também a vida do bebê. Durante a gestação o corpo da mulher está trabalhando em dobro, logo, não teria a mesma agilidade no combate dos invasores.

Para evitar esse risco, os cuidados com a escolha da carne, o armazenamento e o preparo devem ser como já mencionado, nunca comendo carne de porco fora de casa. Se quiser mesmo evitar o risco, não coma esse tipo de carne.

Carne de frango é mais saudável que a de porco?

Quando se está falando de cortes magros, como peito de frango e lombo de porco, as duas carnes possuem valor nutricional parecido. O frango tem um pouco mais de proteínas, porém tem um pouco mais de colesterol.

A carne suína demora mais para digerir do que a de frango, então não é a mais recomendada para comer antes de atividades físicas de qualquer tipo. Sendo assim, cada carne tem seus aspectos positivos e negativos, sem diferenças drásticas. Escolha pelo corte e pela sua vontade no momento.

23 Comments

Leave a Reply
  1. Eu estava na rua uma mulher evangélica me perguntou vc agredida que existem vida a pois a morte eu disse não eu que não existe vida a pois casamento namaria das vezes a mulher morem e o homem com tinua vindo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

grávida pode comer carne de porco não

Grávida pode comer carne de porco: sim ou não?

furar dedo com agulha não salva vítima de AVC

Furar dedo com agulha não salva vítima de AVC