Alimentos que precisam estar na dieta depois dos 30
Crédito: Freepik
em

11 Alimentos que precisam estar na dieta depois dos 30

Nessa faixa de idade é preciso começar a dar um reforço para que o corpo se mantenha plenamente saudável e cheio de energia

Publicidade

Conforme os anos passam, o corpo vai tendo diferentes necessidades no que diz respeito aos cuidados com a saúde, o bem-estar e a qualidade de vida. Como você já deve saber, uma alimentação balanceada é um dos pontos principais para se manter sempre bem e saudável.

Quando chega aos 30 anos, nem todo mundo percebe que o corpo está mudando e já não tem mais a mesma resistência dos 20 e poucos. Mas o metabolismo vai ficando mais lento, fica mais difícil emagrecer ou manter o peso, a pele vai ficando flácida e surgem as primeiras rugas.

Então, se você está ou logo vai entrar nessa faixa etária, veja o que não pode faltar na dieta de quem já fez 30 e quer continuar com muita vitalidade.

1. Leite e derivados

Uma das principais razões para consumir os laticínios é o fornecimento de cálcio que fortalece os ossos e dentes. Além desse, outros benefícios do leite são o potássio, que junto com sódio ajuda na regulação da água no corpo; as proteínas, essenciais para a manutenção de todos os órgãos e tecidos; as vitaminas A, B, C, D e K.

Publicidade

2. Soja e grão-de-bico

A soja e o grão-de-bico são leguminosas também é rica em cálcio, além de zinco, um nutriente importante para o bom funcionamento do sistema reprodutor dos homens e das mulheres, para o equilíbrio do sistema endócrino, para a cicatrização e produção de novas células e prevenção de doenças cardiovasculares.

Veja como fazer leite de soja em casa

3. Tofu

Se for uma pessoa vegetariana ou se gosta de tofu mesmo não sendo vegetariano, pode e deve incluir esse ingrediente na dieta a partir dos 30 anos. O tofu fornece cálcio, proteínas e outros nutrientes contidos da soja, afinal, ela é a matéria-prima do tofu.

Publicidade

4. Sementes de linhaça, chia, gergelim, abóbora

Se você ainda não tira proveito das sementes para incluir nas suas receitas mais variadas, não sabe o que está perdendo. As sementes são ricas em diversos nutrientes que dão suporte à saúde a partir dos 30 anos, mas o que mais se destacam são as fibras, ótimas para manter a saúde intestinal, e as gorduras saudáveis (lipídios) que são macronutrientes essenciais para o funcionamento do organismo como um todo.

5. Peixes e carnes magras

Quando se fala em carne, todo mundo lembra que elas são uma riquíssima fonte de proteínas de alto valor biológico, ou seja, que contêm aminoácidos em uma concentração mais equilibrada do que nos vegetais e, assim, nutrem o corpo com mais eficiência. As proteínas são lembradas por atuarem na força muscular, mas a verdade é que elas trabalham no bom funcionamento do corpo inteiro.

Veja também: Peixes que deve evitar comer

Publicidade

6. Ovos

Os ovos são fonte de uma combinação muito importante de nutrientes, além de muito versáteis para incluir na dieta e nunca enjoar de comer. Se estiver pensando em engravidar na fase dos 30 anos, comer ovos vai ajudar nos níveis de ácido fólico, essencial na formação do bebê. Além disso, o ovo tem nutrientes importantes para manter o cabelo e a pele fortes, os olhos saudáveis, a força dos ossos e os processos metabólicos em bom funcionamento.

7. Folhas verde-escuras

Com uma grande variedade de nutrientes, as folhas verde-escuras de destacam pela riqueza de antioxidantes que previnem o envelhecimento e a morte das células, que começa a acontecer com mais frequência a partir dos 30 anos.

8. Chá verde

O chá verde é uma boa opção para quem chegou aos 30 e está notando uma queda na energia. Se você quer começar o dia com mais disposição e energia, ou precisa de uma dose extra lá no meio da tarde para continuar as atividades, o chá verde é uma ótima opção, além de ser rico em antioxidantes.

Publicidade

9. Especiarias (canela, gengibre, pimenta, cúrcuma)

As especiarias, além de deixar as comidas mais coloridas e saborosas, também atuam fornecendo doses de energia para o organismo, aumentando sua disposição e o seu rendimento. Prefira consumi-las até por volta das 18 horas, pois seu corpo vai precisar descansar bem à noite, e elas podem dificultar o relaxamento.

10. Oleaginosas

Nozes, macadâmias e castanhas. Essas oleaginosas são fonte de lipídios, que são as gorduras saudáveis que o corpo necessita para realizar processos vitais. Eles fornecem energia para o corpo e são usados sempre quando o estoque de carboidratos está em baixa. Além disso, ajudam no processo de absorção de vitaminas e na produção hormonal.

11. Frutas

Pode incluir as frutas na sua dieta a partir dos 30 anos, mas com cuidado para não exagerar. As frutas são necessárias porque fornecem uma combinação de vitaminas, minerais, fibras e água, além de lipídios em muitas delas. Mas também são ricas em frutose, um açúcar que, mesmo sendo natural, eleva os níveis de glicose no sangue. Dê preferência para as cítricas, e coma algumas todos os dias.

Publicidade

Neuropatia periférica: causas, sintomas e tratamento

receitas de Quiabo assado

Quiabo assado: 7 receitas para almoços, jantares e petiscos