tipos de hipertensão
Crédito: Pxhere
em

Conheça os tipos de hipertensão

A pressão alta é uma doença silenciosa, que só apresenta sintomas quando já está em fase avançada

A hipertensão, também chamada de pressão alta, é uma doença considerada crônica e um problema de saúde pública, devido ao alto número de pessoas que atinge, combinado ao baixo número de controle adequado. Uma pesquisa realizada em 2017 pela VIGITEL e divulgada pelo Ministério da Saúde apontou que o número de hipertensos autorreferidos nas capitais e no Distrito Federal aumentou de 22,6% em 2006 para 24,3% em 2017. Mesmo com tantos diagnósticos, muitas pessoas ainda não compreendem o perigo que essa doença oferece à saúde e sequer sabem quais são os tipos de hipertensão. Essas informações são o primeiro passo para aprender a prevenir e a tratar o problema com eficiência.

Que tipos de hipertensão existem?

os tipos de hipertensão perigosos
Crédito: Freepik

De modo geral, a pressão alta acontece devido à força que o sangue precisa fazer para passar pelas artérias e circular pelo corpo. Uma certa pressão é normal, pois sem ela o sangue não chegaria em todos os sistemas do corpo.

Porém, essa pressão precisa ser equilibrada, ou seja, nem muito alta nem muito baixa. Do contrário, todo o organismo sofre as consequências, pois se o sangue não chegar com a pressão adequada a cada órgão, eles não conseguirão funcionar corretamente. Cada parte do corpo depende dos nutrientes e do oxigênio que o sangue carrega e distribui constantemente.

Nos tipos de hipertensão, o que os diferencia não é a força da pressão sanguínea, e sim, a causa:

1. Primária

No tipo primário a doença não tem uma causa específica. Pode acontecer tanto por alguma predisposição genética combinada com um estilo de vida não saudável ou mesmo por causa de uma combinação de fatores, como ter acima de 50 anos, levar um estilo de vida sedentário, alimentar-se sem qualidade, fumar e viver sob estresse constante.

2. Secundária

Entre os tipos de hipertensão, esse ocorre em decorrência de outro problema de saúde diagnosticado, como o diabetes, problemas de rins ou Síndrome de Cushing, doença caracterizada pelo excesso de liberação do hormônio cortisol.

Classificação da hipertensão

A única forma de ter o diagnóstico de hipertensão é aferindo a pressão. O ideal é que esse exame simples e rápido seja feito por um profissional de saúde para garantir o diagnóstico correto. Também deve ser feito seguindo as orientações médicas para que o resultado seja o correto, sem alterações. A classificação da hipertensão é feita da seguinte forma:

  • Pressão ótima: a pressão considerada ótima, que deve ser mantida do jeito que está, é a 12×8. O ideal é aproveitar para adotar um estilo de vida mais saudável, caso não tenha, para prevenir que a pressão comece a subir;
  • Pressão normal: quando uma sequência de medições da pressão apontam que a média é 13×8,5 ainda é considerado normal. Mas a pessoa precisa adotar melhores hábitos de vida para que não aumente;
  • Pressão limítrofe: o limite que se pode chegar da pressão é 13 a 13,9 por 8,5 a 8,9. Nesses casos também é muito importante adotar um estilo de vida mais saudável imediatamente para não precisar começar a tomar medicação controlada;
  • Hipertensão estágio 1: já é considerada hipertensa uma pessoa cuja pressão arterial média é de 14 a 15,9 por 9 a 9,9. Nesse caso, para se manter com a hipertensão em estágio leve ou mesmo para conseguir reduzir, o que é possível em alguns casos, já é preciso utilizar um tipo de medicamento, além de adotar uma vida saudável;
  • Hipertensão estágio 2: esse é o tipo de hipertensão moderada, que fica entre 16 a 17,9 por 10 a 10,9. Nesse caso, além de uma alimentação mais restritiva e a prática de atividade física diária, já podem ser necessários até dois tipos de medicamentos para controlar;
  • Hipertensão estágio 3: esse é o tipo mais grave entre os tipos de hipertensão. Marca números perigosos a partir de 18×11. Dois ou mais medicamentos são necessários para manter o controle, além de um estilo de vida bem rigoroso.

Se estiver na dúvida sobre como anda a sua pressão arterial, vá a uma farmácia ou unidade de saúde para aferir. Faça isso logo pela manhã, antes de tomar café, de fumar, de tomar qualquer remédio ou fazer atividade física. O corpo deve estar “zerado”. Também deverá estar de bexiga vazia e não usar roupas apertadas.

principais benefícios do leite

10 Benefícios do leite para a saúde

óleo de rícino faz o cabelo crescer

Óleo de rícino faz o cabelo crescer em quanto tempo?