em

Semente de sucupira: tipos e benefícios

Confira os incríveis benefícios que a semente dessa planta pode trazer para sua saúde
semente de sucupira
Crédito: Wikimedia Commons

A sucupira é uma planta tipicamente brasileira que infelizmente ainda não é largamente utilizada, sendo bem regionalizada. O que poucos sabem é que a semente de sucupira possui uma série de benefícios muito importantes para o bom funcionamento do organismo. Você os conhece?

Tipos

A sucupira possui dois tipos de semente: a branca e a preta. Confira qual é a mais recomendada para o uso cotidiano.

Branca

A sucupira-branca provém de árvores de porte médio com tronco liso, branco-amarelado e flores rosadas ou lilases, cujo fruto contém uma só semente.

O seu nome científico é Pterodon emarginatus, sendo nativa da região do cerrado e da Mata Atlântica, presente nos estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Tocantins, São Paulo, Goiás, Piauí e Mato Grosso do Sul.

Esse tipo de semente de sucupira é o mais recomendável para uso, pois já existem diversos estudos científicos que comprovam seus benefícios, ao contrário da sucupira preta.

Preta

Esse tipo de sucupira possui o nome científico de Bowdichia virgilioides, sendo bastante comum de ser encontrado nos estados de São Paulo, Pará, Goiás, Tocantins, Mato Grosso, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

Embora sejam constatados que a sucupira preta possui benefícios muito parecidos com a branca, ainda não foram comprovadas em nenhum estudo as vantagens que esse tipo de semente de sucupira pode trazer para a saúde.

Benefícios da semente de sucupira

Embora tenha sido testada apenas em animais, seus extrato e óleos são defendidos pela medicina natural, que propaga diversas propriedades dessa semente. Confira quais são elas.

Previne a gota

Essa propriedade advém do fato que a semente branca possui um alto potencial para a diminuição do ácido úrico, fator responsável pelo surgimento da gota. Desse modo, ela é um importante instrumento para o combate dessa doença.

Ajuda a combater o câncer

Estudos afirmam que alguns compostos dessas sementes podem ter uma propriedade que ajuda no combate ao câncer, atuando na morte de células cancerosas.

Uma pesquisa recente indicou que o óxido de etileno, obtido do extrato de semente de sucupira, pode impedir o crescimento e a proliferação de células cancerosas em animais a partir de sua propriedade citotóxica. Por isso, há indícios de que o chá dessa planta seja um tratamento auxiliar para esse problema.

Mesmo assim, é importante que se consulte um médico antes de começar qualquer tratamento natural. E nunca abandonar os remédios receitados pelo especialista.

Possui efeito analgésico

semente de sucupira para que serve
Crédito: Unsplash

Seu poder analgésico é muito forte, e, por isso, é muito útil para esportistas, ainda mais combinado com o seu alto potencial anti-inflamatório. Por isso ela vem sendo amplamente utilizada no mundo dos esportes, para prevenir e tratar lesões.

Estudos em animais indicam que os flavonóides encontrados no chá de sucupira têm o poder de diminuir a produção de prostaglandinas, substâncias capazes de transmitir e aumentar a dor, o que justifica seu poder analgésico.

Protege o trato digestório

O chá de sucupira é um ótimo remédio para proteger o trato gastrointestinal, principalmente para a prevenção de úlceras e gastrite.

Foi feita uma pesquisa que afirma que o consumo de óleo de sucupira ajuda a reduzir a presença de exsudato enquanto aumentava os neutrófilos, células que agem em defesa do nosso corpo.

O chá da sucupira pode, então, ajudar as células dos tecidos do sistema digestivo a reparar determinados danos. É útil também para a regulação do pH e da flora bacteriana da região.

Cuidados a ter

Embora a sucupira possua valiosos benefícios para o organismo, essa semente pode gerar alguns efeitos colaterais para quem a consome. Tenha atenção para as condições em que a semente de sucupira é ingerida.

  • A sucupira não deve ser consumida por gestantes;
  • Crianças como menos de 12 anos de idade não podem consumir esse chá;
  • Pode gerar toxicidade crônica, se consumida em quantidades excessivas.

Desse modo, é importante consultar um médico antes de iniciar esse tratamento, pois, por ser um profissional, indicará a quantidade exata que pode ser utilizada para o seu bem-estar.

Conheça mais sobre o óleo de sucupira no vídeo!

Redigido por Angela Oliveira

Mãe de três, esposa em treinamento há mais de duas décadas, nerd assumida e karateca por paixão. Ama escrever e procura sempre as melhores informações para compartilhar e deixar seu dia a dia mais leve, simples e gostoso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Loading…

0
Comentários

comentários

melhores posturas de yoga para dores na coluna
6 posturas de yoga para dores na coluna
óleo de linhaça
7 Benefícios do óleo de linhaça para a saúde e beleza