Crédito: Freepik
em

10 Plantas para equilibrar os hormônios

Saiba como regular funções básicas do seu corpo com remédios totalmente naturais

Os hormônios comandam diversas funções do organismo e são essenciais para a vida, de um modo que qualquer distúrbio hormonal reflete em várias funções corpóreas. Por isso, confira 10 plantas para equilibrar os hormônios e torne a sua vida mais saudável e até mesmo com maior bem-estar, já que esses componentes também são responsáveis pelo estresse e pelo bom humor.

Melhores plantas para equilibrar os hormônios

Melhores plantas para equilibrar os hormônios
Crédito: Freepik

Seja em excesso ou seja em falta, hormônios irão afetar negativamente o corpo se não estiverem regulados. Isso envolve desde o cortisol, que é responsável pelo estresse, até ao estrogênio, que é um hormônio fundamental para o organismo da mulher que desencadeia diversas consequências para seu corpo. Sendo assim, conheça plantas para equilibrar os hormônios que agem de maneira poderosa para tornar o seu corpo mais saudável.

1. Ashwagandha

De nome complicado e muito conhecida na Índia para fins de tratamentos naturais, a ashwagandha é bastante útil graças à sua influência sobre o sistema endócrino. Por norma, estabiliza a tireoide e as glândulas suprarrenais, através do seu extrato. Esta planta favorece também a circulação, impede o envelhecimento precoce e atenua situações de estresse.

Além disso, pode ainda ser utilizada em tratamentos de problemas de impotência sexual, daí ser um excelente afrodisíaco. Acentua também o fluxo sanguíneo no sistema reprodutor da mulher.

2. Suma

É conhecida como o ginseng brasileiro e o seu extrato beneficia a parte endócrina, dá vigor sexual e promove a imunidade. Além disso é uma erva tonificante, que é excelente para o combate de gripes e resfriados.

Pergunte ao seu médico se pode usá-la quando está em momentos de calor, típicos da menopausa, pois ela auxilia a equilibrar esses hormônios e, por conseguinte, combater esses sintomas.

3. Linhaça

Rica em fibras e equilibra as funções do intestino, é boa para equilibrar os picos hormonais da TPM ou atenuar os desconfortos da menopausa. Possui também ômega-3, ômega-6, minerais, antioxidantes e vitaminas. A linhaça é também um fitoestrógeno e atua para controlar o possível excesso de estrogênio no corpo.

4. Epimedium

Os médicos chineses recorrem muito a essa erva nos tratamentos de doença cardíaca coronária, osteoporose, dor nas articulações, hipertensão, impotência e perda de memória. Essa planta melhora a libido em ambos os sexos e é utilizada para aliviar os incômodos sintomas da menopausa.

5. Saw palmetto

É usada para curar hiperplasia prostática benigna, combate o estresse e ajuda quem sofre de queda de cabelo. Além disso, garante um reforço na imunidade, confere maior quantidade de esperma e alivia a fadiga crônica. O mais importante é que essa planta combate inflamações na próstata, ao regular a taxa de estrogênio liberada.

6. Maca

Melhora o desempenho do sistema endócrino (hormônio e glândulas) e alivia mulheres em menopausa ou menstruadas. Além disso, aumenta a libido quer em homens como em mulheres. Ajuda também em casos de infertilidade e imobiliza o estresse. A sua farinha é a forma mais popular de a consumir.

7. Erva-de-São-Cristóvão

Muito associada à menopausa, essa planta diminui a liberação dos hormônios que causam os desconfortos decorrentes dessa fase da vida. Ela promove o equilíbrio hormonal e é excelente também para atenuar os sintomas da TPM, além de ser anti-inflamatória e hipotensora. Desse modo, pessoas com pressão baixa devem evitar esse componente.

8. Dong quai

É excelente para a saúde feminina, sobretudo a nível de sistema ginecológico. Evita desregramento dos períodos menstruais e alivia as cólicas. A sua composição promove a qualidade do sangue e o sistema nervoso sai igualmente beneficiado por esta planta.

Também possui propriedades relaxantes e auxilia no controle de ciclos menstruais irregulares, além de regular os hormônios durante a TPM. Para os homens, ela também é importante, pois atua diretamente em uma das glândulas hormonais principais do corpo masculino: o testículo. Assim, ela aumenta a fertilidade e contribui para a qualidade dos espermatozoides.

9. Vitex

Também conhecido como agnocasto, é famoso por suas funções que estabilizam a produção de hormônios, regulando o ciclo menstrual. Além disso, esta erva é indicada para mulheres que estão na menopausa ou menstruadas, já que alivia os sintomas de ambas as situações.

Vale destacar que essa planta é excelente para aumentar a quantidade de progesterona no corpo, o que contribui diretamente para mulheres que não conseguem engravidar por conta da carência desse hormônio.

10. Tribulus terrestris

É tido como um afrodisíaco, já que é um vasodilatador, por conta da presença de protodioscina em sua composição, que estimula o óxido nítrico para a dilatação dos vasos. Complicações em nível de espermatozoides e demais dificuldades reprodutoras masculinas são tratadas por médicos chineses e indianos com recurso a esta erva. Vale ressaltar que você só pode ingerir essa erva após consultar um médico.

As plantas presentes nesse artigo só devem ser ingeridas e adicionadas à dieta sob recomendação médica. Cada organismo é único e deve ser conhecido detalhadamente antes de qualquer receita de medicamentos naturais ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0

Comentários

quais sintomas da labirintite

7 Sintomas de labirintite

sintomas de fibromialgia

10 Sintomas de fibromialgia