em

Você sabe o que faz um otorrinolaringologista e quando procurá-lo?

O nome da especialidade é comprido porque esse médico trata de três partes do nosso corpo. Veja quais são.
otorrinolaringologista
Designed by Freepik

Basta uma mudança no clima que muita gente começa a sentir a garganta arranhando, o nariz entupido ou dor de ouvido, e ir parar na salinha de espera do otorrinolaringologista.

Mas, fora essa situação, você sabe quando ir ao otorrino? Continue lendo se quer saber quem é esse profissional, as principais doenças que ele trata, os sintomas e quando é hora de fazer uma consulta.

O que é o otorrinolaringologista?

O otorrinolaringologista (otorrino) é o médico especialista em cuidados do ouvido (oto), nariz (rino) e garganta (laringo).

Existe uma grande variedade de doenças, condições e distúrbios que envolvem estas áreas do corpo, e podem ocorrer desde a infância até a terceira idade.

Mas como alguns sintomas tendem a se confundir com um simples resfriado ou problema ocasional que são tratados em casa, acontece de ficarmos na dúvida sobre em qual médico ir quando a situação se agrava.

Neste caso o ideal é procurar um clínico geral, o médico da família, um pediatra (para crianças) ou geriatra (para idosos). Depois de uma avaliação, e caso julgue necessário, esse profissional irá indicar um otorrino.

Quando está na hora de consultar?

Agora você já sabe que o otorrino trata de ouvidos, nariz e garganta, mas quais são os sintomas ou problemas de saúde mais comuns que o levariam a consultá-lo?

Selecionamos por partes para facilitar que você reconheça sintomas que ocorrem naquele local (ouvido, nariz ou garganta) e as doenças mais conhecidas que afetam cada parte.

Doenças e sintomas relacionados ao ouvido

  • Dor de ouvido;
  • Malformação do canal auditivo;
  • Perfuração do tímpano;
  • Problemas de equilíbrio e tontura;
  • Obstrução do ouvido;
  • Redução ou perda da audição;
  • Zumbido no ouvido.

Doenças e sintomas relacionados ao nariz

  • Adenoide;
  • Alergias;
  • Congestão nasal intensa;
  • Desvio de septo;
  • Excesso de coriza e secreção nasal;
  • Obstruções nasais;
  • Problemas de olfato;
  • Rinite;
  • Sangramento do nariz;
  • Sinusite.

Doenças e sintomas relacionados à garganta e à boca

  • Alterações das pregas vocais;
  • Aumento das amígdalas;
  • Dificuldade para engolir;
  • Estomatites;
  • Falha ou ausência de voz;
  • Faringite;
  • Lesões na boca ou na língua;
  • Nódulos na garganta ou nas cordas vocais;
  • Ronco e apneia do sono;
  • Rouquidão;
  • Tumor de garganta, de laringe ou da cavidade oral.

Outras ocasiões em que é recomendado consultar um otorrino são no caso de:

  • Paralisia facial;
  • Dor de cabeça frequente;
  • Traumas ou deformidades na face;
  • Tumores de cabeça ou pescoço;
  • Cirurgias estéticas na face.

Muitas pessoas não sabem qual o médico consultar diante de um problema, e você? Consulte aqui

Exames otorrinolaringologia

Da mesma forma que a lista de doenças e sintomas é longa na otorrinolaringologia, os exames também são bem variados.

Na consulta, o médico vai utilizar aparelhos para examinar tanto o ouvido quanto o nariz e a garganta. Se necessário ele vai solicitar exames como:

Audiometria tonal e vocal

Esse exame é imprescindível para diagnosticar e acompanhar problemas de audição. Ele avalia a função auditiva através de limiares auditivos com mínima intensidade de estímulos para identificar o quanto a pessoa consegue perceber e qual o seu grau de perda auditiva.

Audiometria Infantil

Com o mesmo objetivo da audiometria mencionada acima, esta é adaptada para crianças. Ao comando de um fonoaudiólogo, são utilizadas técnicas lúdicas para detectar o tipo e o grau da perda auditiva.

Vídeo endoscopia nasal e laríngea

Esse exame é feito em poucos minutos, em pessoas de todas as idades, e muito importante para detectar problemas da deglutição, ronco e apneia do sono, alterações da voz, além de adenoide e laringe nas crianças. É feito pelo nariz, passando uma micro câmera por estas áreas.

Potenciais evocados auditivos (ERA)

É um exame que permite avaliar a condição dos impulsos nervosos ao longo das vias auditivas. Ele detecta se existe perda de audição, permitindo sua classificação por tipo e grau, caso exista.

Exames de vertigem e equilíbrio

São feitos diferentes testes em consultório com o paciente em posições que normalmente causam desequilíbrio ou vertigem. Se necessário, outros exames como audiometria e potenciais auditivos, complementam o diagnóstico.

Timpanometria

É um exame para detectar doenças no ouvido médio. O médico olha pela orelha do paciente e observa se existe canal livre até o tímpano. Depois coloca um dispositivo que muda a pressão do ar no ouvido para testar a mobilidade do tímpano.

Dica: Os alimentos influenciam na tontura?

Como a tontura e a vertigem são problemas bastante comuns, há quem fique na dúvida se determinados alimentos podem fazer piorar os sintomas. Veja o que diz o médico:

As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
Comentários
como transformar roupa básica em roupa de festa
Ideias para transformar roupa básica em traje de luxo para festa
dermatologista
Dermatologista: conheça 10 doenças que ele trata