óleo de abacate
Crédito: Pixabay
em

Para que serve e como fazer óleo de abacate

Descubra os benefícios que esse óleo oferece à saúde, veja como utilizar e como fazer em casa.

Cada vez mais o abacate está presente na mesa dos brasileiros. Mesmo que sempre tivesse sido uma fruta muito comum, ele ganhou mais popularidade agora que é amplamente divulgado como um alimento rico em gorduras saudáveis e ótimo para dietas de emagrecimento. Uma das suas formas de consumo é o óleo de abacate.

Chamado de Azeite das Américas, esse óleo tem tantas utilidades quanto benefícios para a saúde. Justamente porque a fruta é gordurosa, é possível extrair esse óleo da polpa e você vai ver agora como fazer isso em casa. Vai ver também quais são os benefícios e formas de uso, bem como as contraindicações.

Benefícios do óleo de abacate

benefícios óleo de abacate para saúde
Crédito: Pixabay

A gordura do óleo de abacate e da fruta in natura é saudável porque é do tipo monoinsaturada. É também óleo rico em vitaminas e minerais, e por isso faz bem para diversas partes do corpo. Confira seus principais benefícios.

1. Faz bem para a pele

Para que a pele se mantenha sempre firme e elástica, é preciso estimular a formação de colágeno. As vitaminas que participam dessa formação, junto com outros nutrientes, são do tipo A, D e E, e todas elas estão presentes no óleo de abacate.

Além disso, ao serem absorvidas pelo organismo, vão atuar como antioxidantes, ajudando as células do corpo, incluindo da pele, a se restaurarem e promoverem mais saúde, rejuvenescimento e bom aspecto para a aparência. A vitamina A contribui com a hidratação da pele e as vitaminas D e E ajudam a combater as rugas.

2. Faz bem para os cabelos

Assim como age na pele, o óleo de abacate também oferece seus benefícios para a saúde dos cabelos. Ele é usado, com recomendação médica, para o tratamento da psoríase, reduzindo seus sintomas.

Por ser altamente hidratante, também vai ajudar a manter o couro cabeludo hidratado e incentivar o crescimento de novos fios. Para esse efeito ele deve ser aplicado diretamente no couro cabeludo. Mas pessoas com cabelos oleosos devem aplicar uma pequena quantidade e ir observando a reação dos fios, que vão ficar ainda mais oleosos.

3. Alivia sintomas de artrite

A artrite é a inflamação nas articulações do corpo, tão comum nas pessoas idosas, mas que pode ocorrer em pessoas mais jovens também. Essa inflamação resulta em dor constante, inchaço e vai dificultando a movimentação da região afetada.

Como possui propriedade anti-inflamatória, o óleo de abacate vai contribuir com a redução da inflamação e, consequentemente, com o alívio dos sintomas tão incômodos. Mas vale ressaltar que sua aplicação ou ingestão para essa finalidade não substitui a consulta médica, apenas deve servir como coadjuvante do tratamento médico, se assim recomendado pelo profissional.

4. Fortalece o sistema imunológico

Ter um sistema imunológico fortalecido é essencial para manter todos os tipos de doenças distantes. É o sistema imunológico que vai entrar em ação quando algum tipo de bactéria, fungo ou vírus tentar deixar você doente.

Então, antes que eles possam atacar, os seus anticorpos atacam eles e impedem o desenvolvimento da doença.

Nesse sentido, o óleo de abacate contribui porque suas vitaminas, antioxidantes e ácidos graxos aumentam a produção dos anticorpos.

5. Melhora a saúde da visão

Problemas de visão também ficam mais comuns na terceira idade, já que o corpo vai apresentando falhas no seu funcionamento conforme o passar dos anos.

Sendo assim, as vitaminas A e E, além da substância chamada luteína, presentes no óleo de abacate, vai agir fortalecendo todo o sistema ocular e prevenindo o surgimento de doenças que ocorrem pela degeneração desse sistema.

6. Melhora a saúde bucal

O óleo de abacate possui propriedades bactericidas e anti-inflamatórias. Então, além de ajudar a prevenir problemas bucais, por eliminar as bactérias por meio do bochecho, também ajuda a tratar problemas já instalados que causam inflamação.

7. Contribui com o controle do colesterol

Quando se diz que uma pessoa está com colesterol alto, quer dizer que há um excesso do tipo de colesterol ruim, chamado de LDL, acumulado nas paredes das suas artérias. Quando isso acontece, cria-se uma obstrução nas artérias, dificultando a passagem do sangue, o que prejudica o funcionamento do corpo todo.

Então, por ser rica fonte de ácidos graxos e de beta-sitosterol, o óleo de abacate vai ajudar para que o corpo não absorva tanto desse tipo de colesterol ruim e vai incentivar que o tipo de colesterol bom, o HDL, cumpra com seu papel de limpeza das artérias.

8. Contribui com o equilíbrio da pressão arterial

Os principais fatores em estudo que apontam o óleo de abacate como regulador da pressão arterial, impedindo que fique alta, são dois. Um deles é que uma dieta com consumo regular do óleo influencia na composição dos lipídios (gorduras) do coração.

O outro é que ele pode alterar os níveis de ácidos graxos nos rins, e assim também altera a resposta desses órgãos para os hormônios que regulam a pressão.

9. Aumenta a absorção de nutrientes lipossolúveis

Os nutrientes lipossolúveis são aqueles que necessitam ser consumidos junto com uma quantidade de gordura saudável, como a presente no óleo de abacate, para serem absorvidos pelo organismo.

Alguns exemplos são os carotenoides, importantes para a manutenção do organismo e a prevenção de doenças. Esses carotenoides estão em vegetais coloridos, por isso pode usar o óleo de abacate para temperá-los quando for comer salada de cenoura, tomate, pimentão e os vegetais verde-escuros também.

Óleo de abacate emagrece?

Pode-se dizer que o óleo de abacate é um bom aliado para quem está fazendo uma dieta de emagrecimento com acompanhamento médico. São alguns fatores que atuam para esse benefício.

O primeiro deles é que a gordura do óleo faz com que a digestão dos alimentos seja mais lenta. Logo, a pessoa vai se sentir saciada por mais tempo, evitando comer o que não deve e fora de hora.

Além disso, ele também ajuda a manter o controle dos níveis de cortisol, que é o hormônio liberado nos momentos de estresse e que muitas vezes fazem as pessoas comerem descontroladamente.

Não só por essa razão que o excesso de liberação de cortisol é ruim. Esse hormônio também deixa o metabolismo mais lendo, aumenta a retenção de líquidos e dificulta o emagrecimento por causa disso.

Tem ainda o fator de que o óleo contribui no controle da glicemia, que é açúcar no sangue. Quando há picos de açúcar, fora de controle, a tendência é o aumento do apetite, o que também atrapalha o emagrecimento.

Pode ser usado para cozinhar?

usar óleo de abacate para cozinha
Crédito: Pxhere

Sim, o óleo de abacate pode e deve ser usado para cozinhar. Inclusive, ele tem um grande benefício sobre a maioria dos óleos considerados mais saudáveis. Ele pode ser usado para cozinhar todo tipo de alimento, pois não perde suas propriedades ao ser colocado sob altas temperaturas, como por exemplo acontece com o azeite de oliva extravirgem.

Então pode usar o óleo para cozinhar, fritar, assar, e claro, para temperar as saladas. Apenas deve ter cuidado com a quantidade, pois mesmo sendo rico em gorduras boas, continua sendo bastante calórico e mesmo as gorduras boas podem prejudicar o funcionamento do organismo quando consumidas em excesso.

Como usar?

O óleo de abacate pode ser usado puro e é a mesma substância para usar na comida, aplicar na pele ou nos cabelos.

Mas você também pode misturá-lo em cremes de hidratação para pele, cabelos e unhas caso não queira usá-lo puro. Pode ainda misturá-lo com meio abacate e aplicar tanto na pele quanto nos cabelos, servindo como máscara hidratante e nutritiva.

Para o preparo dos alimentos, como você viu no tópico anterior, pode usá-lo diretamente nas saladas, também em molhos caseiros para saladas ou substituir todos os outros tipos de óleos vegetais no preparo dos alimentos.

Como fazer óleo de abacate caseiro?

fazer óleo de abacate caseiro
Crédito: Pixabay

Fazer o óleo de abacate em casa é um benefício, pois você economiza e ainda utiliza um produto puro. Veja o que vai precisar:

Ingredientes

  • Abacates: 2 unidades;
  • Garfo: 1 unidade;
  • Prato: 1 unidade;
  • Pano de algodão: 1 unidade;
  • Forma de alumínio: 1 unidade;
  • Recipiente esterilizado para armazenar o óleo: 1 unidade, conforme o tamanho.

Modo de preparo

1. Comece cortando os abacates no meio e retirando o caroço. Vá retirando a polpa com um garfo ou colher e transferindo para o prato. Amasse bem com o garfo, fazendo quase virar um creme.

2. Espalhe esse creme em uma camada bem fina pela forma de alumínio. Se sobrar, use mais uma forma. Coloque a forma no sol logo de manhã e retire no fim da tarde. Escolha um dia bem seco e com sol forte.

3. A massa de abacate vai ter secado na forma e vai estar marrom. Então retire essa massa seca da forma e coloque sobre o pano de algodão, limpo. Coloque um recipiente embaixo do pano, faça uma trouxinha com o pano e torça para extrair o óleo. Já está pronto para usar. O que ficar no pano pode descartar. Torça bem para aproveitar ao máximo o óleo que extrair.

4. Caso não haja sol, você pode secar a polpa do abacate no forno, ligando em 50 °C apenas. Não pode ser mais quente porque senão o abacate vai assar. Deixe a forma com o abacate amassado no forno por cerca de 5 horas. Observe quando ele ficar seco e marrom para fazer o processo de extração já mencionado acima.

Essa quantidade de abacates deve render 25 ml de óleo, em média.

Contraindicações e efeitos colaterais

Os únicos cuidados com o óleo de abacate são que você deve consumir de forma moderada, pois mesmo sendo saudável ele é altamente calórico. Então, se comer demais pode acabar engordando.

E o outro cuidado é que antes de aplicar em uma grande região da pele ou dos cabelos, deve fazer o teste aplicando em uma pequena área e esperando uma meia hora para ver se não vai ter qualquer reação alérgica.

Preço e onde comprar

Caso não possa ou não queira fazer seu óleo em casa, é possível comprá-lo pronto na farmácia ou lojas de produtos naturais e terapêuticos. Ele pode vir em um vidrinho ou em forma de cápsulas. Um vidro tipo o de azeite, com 250 ml, fica em torno de R$40,00 mas depende muito da região onde comprar.

No caso das cápsulas existem embalagens com 60 ou 90 unidades de 1000 microgramas. O preço é ainda mais variável, podendo chegar ao mesmo preço do vidro. É preciso pesquisar no local mais próximo da sua casa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Loading…

0
oracoes para dormir

8 Poderosas orações para dormir tranquilo

pepino emagrece

Pepino emagrece: sim ou não?