Crédito: Freepik
em

Moda aos 40 anos: 5 peças que não podem faltar no seu guarda-roupa

Você pode gostar dessas dicas mesmo se tiver menos de quarenta anos ou mais de cinquenta. Sinta-se à vontade!

Publicidade

Já passou o tempo em que as mulheres se sentiam submissas às tendências de moda, seja por causa da idade, de serem casadas e mães de família ou porque só tinham acesso aos looks que passavam na TV e saíam nas revistas.

Hoje em dia, muitas mulheres com idade entre 40 e 50 anos estão empoderadas e têm um pensamento mais livre sobre se vestirem como quiserem, e não como a moda ou a sociedade esperam.

Portanto, a única regra é se sentir feliz com o que vê no espelho, e se vestir de modo a reforçar sua personalidade e seu estilo. Então, nossa missão aqui é unicamente dar ideias de peças interessantes e versáteis para diferentes gostos, pra você se inspirar e adaptar ao seu estilo de vida.

1. Calça jeans de corte reto

Crédito: Reprodução

As calças jeans são muito populares há décadas, e não faltam modelos para escolher e combinar. A dica do jeans de corte reto é porque essa peça é mais fácil de combinar com diversos modelos de camisas, blusinhas, casacos e jaquetas. Além do mais, tende a oferecer mais conforto do que as peças muito justas, principalmente no dia a dia das mulheres mais atarefadas.

Publicidade

2. Camisa de botão

Crédito: Reprodução

Você pode ter camisas de botão feitas dos mais variados tecidos, estampas e cortes. O fato é que essa é uma peça coringa para um look casual ou social, seja para combinar com jeans, peças de alfaiataria, saia curta ou longa, short, calça estilo capri (com as canelas à mostra) e até mesmo com legging. As camisas trazem um ar sofisticado ao look, mesmo quando quiser parecer despojada.

3. Blazer

Crédito: Reprodução

Um blazer com um corte bem assentado, um design leve, sem excesso de detalhes, e numa cor neutra, é tudo de bom. Essa peça é mais uma que vale a pena investir, pois pode ser usada tanto para criar looks despojados, com jeans e camiseta, quanto mais sérios, harmonizando um terninho. É uma peça que combina com toda mulher adulta, mas é especialmente útil no guarda-roupas de uma mulher na casa dos quarenta.

4. Meia-fina (meia-calça) cor da pele

Crédito: Reprodução

Depois que você passar a usar uma meia-fina no tom certinho da sua pele, não vai mais querer largar essa peça, ao menos quando o clima estiver apropriado. Sabe quando já está começando a esfriar, mas você quer usar um short, uma saia ou uma calça de corte canelado?

Publicidade

A meia-fina vai ajudar a manter o corpo aquecido e ainda vai deixar a sua pele mais lisa e bonita, disfarçando pelos que começaram a crescer, algumas varicoses, celulites, estrias e qualquer outra marca que você não esteja com vontade de expor. Mas atenção, a meia deve ser bem fina e no tom exato da sua pele, quase imperceptível.

5. Vestidinho básico

Crédito: Reprodução

A menos que você se recuse a usar vestidos, com certeza vale a pena investir em um ou mais vestidinhos básicos para criar looks interessantes e que servem para várias ocasiões.

O vestido mais confortável é o longo, que pode ser mais esvoaçante ou reto, e que seja de um tecido que permita seus movimentos com conforto. Se for escolher uma peça só, opte por uma cor mais neutra que você consiga combinar com facilidade e usar mais.

Publicidade

O vestidinho pode ser usado sozinho, com uma blusinha estilo baby look por baixo (se for um vestido de alcinha e decote V), pode usar com jaqueta jeans, blazer, sapatilha, tênis, bota, rasteirinha, sandália, enfim. Divirta-se!

Veja também: 5 modelos de vestidos que nunca saem de moda

Cicatrizantes caseiros

Cicatrizantes caseiros para cortes e feridas

Batom vermelho Juliette

7 Dicas para passar batom vermelho sem errar